Mar Frísio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Frauleinpre.jpg Desciclopëdia über alles in der welt!!!

Estä arrtigö é alemon! Issö querr düzerr que ele é parrte dö conspürraçon gerrmänica parra inwadir ö Frankreich por trrás öutrra wez. Non faça scheiße, öu te porremos de quatrro nö cörredorr polonës.


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Cquote1.png Você quis dizer: Mar Frígio Cquote2.png
Google sobre Mar Frísio
Cquote1.png Experimente também: Mar do Norte Cquote2.png
Sugestão do Google para Mar Frísio
Cquote1.png Tá afim de ficar molhadinha. Cquote2.png
Você cantando uma garota no mar Frísio.
Cquote1.png Não quero me afogar. Cquote2.png
Sua irmã sobre o mar frísio.
Cquote1.png Muito profundo... Cquote2.png
Eu sobre Mar Frísio.
Cquote1.png Não gosto muito... Cquote2.png
Baleia sobre Mar Frísio.

Mar Frísio é um punhado de água ao norte da Europa, ali na Holanda, Alemanha e Dinamarca, é um marzinho mundialmente conhecido pela incrível profundidade de 25 centímetros na época de seca, mas que com as chuvas consegue chegar até a sua canela e nas inundações até seu joelho.

Local[editar]

O belíssimo Mar Frísio.

O mar frísio é o que pode se chamar de um mar nascido com má formação, ele não parece com um mar, mar lembra imensidão, azul e tubarões brancos sanguinários, o mar frísio não possui nada disso, o que, naturalmente, o desqualificaria como mar, já que mares de verdade possuem plessiossauros e triângulos de bermudas.

O mar frísio é uma piada, já que separa o continente de ilhas e na época de seca é possível atravessá-lo a pé, molhando apenas os tornozelos, isso se você não arranjar um otário para carregá-lo no longuíssimo trajeto a ser percorrido. Apenas fica a pergunta no ar, por que nomear mar uma poça d'água.

Alguém nadando no Mar Frísio.

Um acréscimo, o mar Frísio acaba sendo patrimônio dos três países já citados, os liberais, os vikings e os teutônicos, isso por que nenhum dos países quis ficar com essa coisa só para si, afinal, qual a utilidade disso?

Patrimônio[editar]

Nem os próprios membros da comissão avaliadora da UNESCO sabem porque elegeram o mar Frísio como um patrimônio mundial, provavelmente haviam cheirado alguns cigatinhos, acabaram doidões e saíram tornando tudo patrimônio mundial, inclusive as partes íntimas da sua respeitável mãe.

Bem, após a cagada a própria UNESCO teve que justificar o porquê de terem posto algo como o Mar Frísio entre os patrimônios mundiais, na justificativa existe pura encheção de balão e motivos genéricos, só para não terem de assumir que eles não tem critérios muito rígidos.

Ver também[editar]