Marien Carretero

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Melhor.gif CUIDADO: ESTE ARTIGO É SOBRE UMA FALSA GOSTOSA!

Marien Carretero usa e abusa de Photoshop, maquiagem e propaganda, faz lipo
com frequência, pode ter silicone na bunda e botox na cara.

Mesmo assim, você ainda acha que ela é gostosa!

Marien Carretero é mais uma atriz pornô bunda falante da TV brasileira.

Marien falando com sua bunda em um churrasco

Antes do BBB[editar]

Filha do Tião Carteiro (da dupla Tião Carreiro e Pardinho), Marien é uma caipira de bunda avantajada que desenrola carretéis e abre muitas portas. Sua bunda sempre foi a chave de sua personalidade. Aprendeu a dançar com Carlinhos de Jesus, mas como tem pouco talento, se sujeitou a dirigir carretas e a trabalhar na noite vendendo seu corpo por algumas notas. Numa dessas noites ela conhece Diego Alemão, que estava em uma boate gay fazendo strip. Depois de se comerem, Marien decide que quer ser igual ao Alemão: uma nazista BBB de sucesso no Projac. Ela fez um vídeo muito sensual e "caliente" para chamar a atenção de Boninho, e parece que conseguiu. Mas não foi assim tão fácil. Antes disso, ela passou por muitos testes com todos os diretores da Grobo.

Durante o BBB[editar]

Marien foi a participante mais chata que o BBB já teve em todas as suas edições. Ela não fez absolutamente nada na casa, era feia e mal acabada, só fazia chorar e fumar, foi rejeitada pelo galã de três mamilos "Elieser" e ficou em depressão na casa, como ninguém suportava mais a presença dela, que era infinitamente dispensável, na casa foi eliminada no seu primeiro paredão.

Depois do BBB[editar]

É uma típica BBB de bela bunda e pouca cuca. Depois de sair do programa, sua bunda se valorizou no Banco das Ações das Bundas Brasileiras. Mas é bem provável que em alguns meses ela seja esquecida e sua bunda se desvalorize novamente.

Filmes[editar]

  • Garganta Profunda
  • Se sua bunda falasse
  • Esqueceram um vibrador em mim (participação especial do Macaulay Culkin nóia)
  • Panicats Ricas
  • Entrando na bunda fria
  • A poderosa bundona
  • Perfume de Fuder
  • O massacre do vibrador elétrico (o mais aclamado pela crítica)