Marmeleiro (Paraná)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Panorâmica. Se não está vendo os marmelos, é porque já foram colhidos, espere a próxima safra.

Marmeleiro, é uma cidade do meu Paranã (já avisei pra não corrigir) onde só tem pé de marmelo e uma única rua com uma ponte medonha que só passa um carro por vez que surgiu quando o Paraná começou a perder parte de suas florestas de marmelo, acontecimento horrível, mas real. Por esses tempos, os marmeleiros eram desprezados em relação às outras árvores, como se ele não significasse uma frutinha de gosto ruim, portanto a árvore deve ser muito importante. Pense: Se o frutinho tem gosto ruim e pouco nutriente, então é porque a árvore deve ser de muita importância. Essa calamidade não impediu que a cidade crescesse, mas quase a afunda em rios de marmelos podres e chorosos: Marmelos tristes são algo que pode dar um azar fora de proporções.

Superação[editar]

Marmelos da cidade tentando mostrar que não são tão ruins, usando uma fórmula bem conhecido.

A perda dos marmeleiros, ao menos em sua maior parte foi um desastre ambiental para a cidade, principalmente para os mosquitos que se alimentavam e punham aí suas larvas, nada que desmerecesse, o fato de nenhum pássaro gostar do fruto nem querer fazer ninho nas árvores grudentas, o que importa é a seiva, que os moradores tentaram descobrir para que mais servia além de existir, mas não acharam a solução do enigma, coisa que tornou os marmeleiros mais apreciados por serem misteriosos. Afinal os tais vilões que derrubavam, queimavam, ou usavam os marmeleiros como alívio para falta de mulher, não existiam e nem tinham mais a quem acusar.

Após muita discussão para que parrasse a derrubada dos marmeleiros e todos ficarem derrubados de tanto discutir, descobriram uma coisa incrível: Os marmeleiros não eram derrubados nem queimados por niguém, mas caíam sozinhos por serem árvores muito fracas, na verdade se descobriu que os marmeleiros nasciam alí para que a terra através deles voltasse a ser fértil, depois eles deviam ser mesmo queimados, mas como não o eram caíam sozinhos.

Indignados, os defensores dos marmeleiros tentaram convencer a população de que isso era uma mentira, mas havia sido feitos estudos aprofundados disso e as evidências não eram mais teorias, mesmo esses representantes do Greenpeace dos marmeleiros protestassem, ninguém quis mais perder tempo com isso, mas para que não ficassem muito tristes, ninguém se opôs a nomear a cidade como sendo pertencente aos marmeleiros, já que as desafortunadas arvorezinhas não tinham nada além de suas frutinhas de gosto discutível.

O restante[editar]

Marmeleiros queimando a si próprios para que seus frutos não se tornem um doce ruim pra carai.

Fora as pessoas, o restante da fauna do lugar não se manifestou, além das larvas que tentaram convencer os bichos a fazerem uma revolução, pois elas garantiam que po marmelo não era ruim, elas conseguiam crescer e virar moscas através deles sem problemas. A comunicação sobre o sumiço das árvores, entre os bichos, não acabaria tão cedo, portanto. Não ficaria assim, se não tinham culpados pouco importava, mas tinha que ser feito algo, mesmo que tivessem outrs árvores melhores de sobra. Quem se manifestou foram as moscas, que não têm paladar nenhum mesmo e se for algo melado pra elas tanto faz porra com açúcar ou pudim, elas começaram o zumbido em reclamação.

Alguns bichos comovidos decidiram ajudar, desde que não tivessem que se alimentar de marmelos. Aquele bando de moscas verdes e cheias de merda não esperavam apoio de ninguém e zumbiram felizes. Os bichos foram falar com os demais pássaros, mamíferos e quem mais quisesse ajudar na causa. O resultado foi que fizeram uma reza feroz, forte como a macumba mais bem feita e a ladainha mais medonha. Entraram nos ouvidos humanos e, eles sem saber porque, aceitaram, além de nomear a cidade como nomearam, incluir entre seus produtos, doces a base de marmelos... E acredite, existe quem consuma, porém essa vitória merecida, acredite, não deixou de ser uma marmelada ;)

Nota: Na verdade os marmelos não são ruins, apenas o doce é horrível, pois há frutas que não combinam com açúcar, preferindo manter uma dieta saudável.