Mato Castelhano

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg

Cquote1.png Porca miséria! Cquote2.png
Italiano que viu como é sua colônia
Cquote1.png Muita miséria, você quis dizer. Cquote2.png
Algum habitante não gostando do sentido irônico da frase

Mato Castelhano é uma cidade que foi fundada pelos mussolinianos, os italianos que fugiram da Itália para o Brasil se proteger da segunda guerra mundial que havia esquecido o Brasil quando começava as richas entre países mesquinhos.

Mato Castelhano foi uma das colônias com mais pobres que já foi vista naquela região abandonada: o lugar é tão pobre que nem estrada adequada aquele lugar tem e o prefeito tem 3 empregos para poder pagar os impostos.

História[editar]

O Mato Castelhano e sua cabaninha( ao fundo) onde o lenhador se suicidou.
Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Mato Castelhano.

Quando um grupo de italianos fundou a cidade, já estavam iniciando individados: a renda deles era negativa e sequer conseguiam cuidar do cachorro deles, como conseguiriam de uma cidade inteira?Enfim, como nunca se deve desafiar aqueles filhos da puta pessoas que deram gentilmente origem a Mato Castelhano, eles começaram explorando o lugar para ver se tinha algo de útil para eles tirarem o pão de cada dia. Enfim, acharam araucárias que eram tão numerosas que pareciam (apenas pareciam) que nunca iriam acabar.

Quando os italianos da colônia venderam toda a madeira, apenas sobrou mato e a casa de Castelhano, um dos italianos que foi responsável por transformar aquilo em um deserto. De tão agradecidos (agradecidos entre aspas!) que eles estavam por destruir a beleza natural daquele lugar, deram o nome da cidade de Mato Castelhano.

O lenhador acabou se suicidando, pois o nome fez ele se sentir culpado por ter matado todas aquelas árvores que estavam felizes antigamente. Ele pegou o machado e cortou sua própria cabeça, assim pendurando na parede de sua lareira... O fato atraiu turistas que até hoje dão de tudo (tudo mesmo) para ver a parede e a cabeça (ui!) do lenhador.

Turismo[editar]

O ecoturismo é destaque, pois é só jogar lixo na terra e assim nascem plantas! Olhe só! Que coisa boa para a região! Pena que a mente caipira não sabe que não resolve nada isso e que enterrar lixo é como fundar um aterro sanitário... Em outras palavras a cidade virou um aterro sanitário.