Monique Amin

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Monique Amim Popper
Monique-amimnota-1.jpg
Pablo Vittar versão mulher.
Nascimento 17 de maio de 1988
Bandeira do Brasil Brasil
Ocupação Subcelebridade
Olhos pretos feito carvão
Cabelo atualmente morena

Monique Amin é uma periguete que ganhou alguma mera fama ao participar do Big Brother Brasil 12 e ser estuprada pelo cu ao vivo pelo negão Kid Bengala Daniel Echaniz, virando manchete nas páginas policiais.

Antes do BBB[editar]

Monique nasceu num casebre velho em algum lugar na fronteira do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, porque até hoje ela não se decidiu se é uma gaúcha ou uma catarinense, se bem que como é uma baita loira burra seria difícil de pôr o cérebro para funcionar mesmo. Sua família era pobre, então ela só usava roupas curtíssimas porque não tinha dinheiro pra comprar roupas com mais pano, por conta disso ficou vista erroneamente pelos outros como periguete, puta, vagabunda... Se bem que ela era (e ainda é) tudo isso mesmo, mas não por conta das roupas e sim pelas atitudes.

Com 17 anos ela fugiu para Portugal com o seu namorado da época que era dez anos mais velho, sendo que se conheciam há uns três anos, o que enfatiza que o cara era um pedófilo e ela era tonta demais para sacar. Como o cara era um pé rapado tão pobretão quanto ela, eles foram como imigrantes ilegais num barco e quando chegaram lá foram morar numa praia que encontraram no caminho. Para conseguir dinheiro ela teve de se prostituir e roubar, sendo detida por policiais, ela tentou dar para os fardados na esperança de ser solta, mas como na época ela era muito gorda eles nem quiseram saber e a deportaram de volta para o buraco que ela veio imediatamente.

Desesperada porque não sabia mais o que fazer da vida, resolveu correr, e pelo visto correu muito porque emagreceu, não a ponto de ficar magra, mas sim a ponto de virar uma gordelícia. Como era fã do Gaymio, foi ver um jogo no estádio e fez topless para chamar a atenção, assim conseguiu chamar a atenção de um raro jogador hétero do time e passou a dar a perereca para ele. Como ela adorava ser o centro das atenções, pediu ao jogador para ajudá-la a entrar no BBB e assim conseguir ser famosa, o boboca conseguiu ajudar a piranha e ela entrou na décima segunda edição do reality vergonhoso.

No BBB[editar]

O filme pornô que ela protagonizou.

No programa, Monique chegou já toda putona. No primeiro dia já andou toda rebolando a raba para tudo que é canto, apesar de meio gordinha sempre dava um jeito de mostrar os peitos e a bunda para a macharada, mas mesmo assim era ofuscada por outras gostosas da edição como a milf Fabiana Teixeira, a planta Kelly Medeiros, a loira ainda mais burra Renata Dávila e a vilã Laisa Portela.

O destino dela seria ser ofuscada e logo eliminada, até que após uma certa festa no reality a doidinha bebeu todas, mas bebeu tanto que ficou tonta e apagou na cama. Por conta disso um outro participante, um negão feioso que só levava toco, viu a moça caída na cama e tratou de comer o rabo dela por debaixo do edredom e como ela estava apagadona e o pau dele nem era muito grande, ela não sentiu nada. Para o azar do estuprador safado, as câmeras do programa tem raio-x, infravermelho e essas porras que veem o que ocorrem no escuro e por debaixo dos panos e ele foi expulso do programa, preso, estuprado e evaporado. Com a repercussão que deu, Boninho ficou com receio dela processar a Rede Globo e deixou a moça o máximo de tempo na casa e tratou de burlar várias provas para lhe dar prêmios que a comprassem, o que funcionou.

Após isso, ela tratou de se envolver com o galã gostosão Jonas Sulzbach, mas só transaram uma vez porque ele não é lá muito chegado em mulher. Ela chegou a ir longe no jogo, mas não conseguiu ficar entre os finalistas. Como não ganhou o prêmio, tratou de conseguir alguma grana na Revista Sexy, onde fez lipo e tirou várias fotos com tudo escancarado, mostrando o que só Jonas e Daniel aproveitaram.

Em A Fazenda 9[editar]

Dessa vez ela está acordada!

5 anos depois de sair do outro reality, essa subcelebridade veio entrar no reality rural da Record. Como já estava totalmente esquecida, foi difícil para o público relembrar dela, ainda mais que antes de entrar no programa ela fez várias cirurgias plásticas visando ser uma das gostosonas da edição, para a sua desgraça ela falhou miseravelmente. Monique estava magra como queria, porém ficou muito repuxada e plastificada, o seu rosto ficou parecido com o do Pablo Vittar e por um momento o público achou que era o próprio ali, sua voz ficou anabolizada de tanta bomba pra cavalo que tomou, seu quadril encolheu e até seu cabelo parecido falso e artificial. Novamente outras mulheres bem mais boazudas salvaram a cota de beleza da edição, sendo elas Flávia Viana, Ana Paula Minerato e Monick Camargo.

Na edição a trouxa novamente ficou no grupo dos vilões, ganhando ainda mais rejeição do que na última vez. Durante o jogo ela deu algumas vezes para Marcos Harter, achando que o público compraria o casal, o que obviamente não rolou. Ela ainda tratou de brigar e discutir com todas as gostosas por inveja, o que gerou mais raiva ao público. Foi eliminada na primeira roça que enfrentou, perdendo para sua xará mais linda, gostosa e simpática.

Atualmente voltou ao efeito sanfona que sempre vive e está a cair novamente no anonimato, para a alegria geral da nação.

Jogadora de futebol cosplay.gif

Monique Amin é uma Maria Chuteira!

Clique aqui para conhecer outras.