Monobola

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Evo.jpg Este artigo sem imagens será nacionalizado!
Este artigo possui poucas ou nenhuma imagem o ilustrando. Por favor considere adicionar novas imagens para deixá-lo mais interessante. Ou o Evo pode roubá-lo daqui!

Cquote1.png Experimente também: Ebola Cquote2.png
Sugestão do Google para Monobola
Cquote1.png Hitler has only got one ball... Cquote2.png
Soldados ingleses sobre A monobola de Hitler

Monobola é uma doença meio rara que dá apenas em homens, gays, transsexuais, transformistas, travestis, bichas, travecos, esmagadores de linguiça, mordedores de fronha, peidadores de farofa, escaladores de azulejo, bibas, cabeleireiro feminino, estilistas, políticos que moram com o primo e cria gato(carlota bolsonarete), parentes de Clodovil Hernandes e em homens também, sendo que consiste numa má formação dos testículos resultando numa unificação das bolas. Onde deveria existir duas bolas, existe apenas uma, e como sugere o nome, monobola. Também podem ocorrer acidentes e o homem perder um de seus testículos.

História da doença[editar]

O monobola portador de Monobola é chamado de monobola, dã... A doença deriva de uma má formação que teve suas origens no povo argentino, tendo seu primeiro caso evidenciado em 1987, num rapaz chamado Carlos Alberto p bronzeado.

O monobola só tem uma bola... e pode ser considerado aleijado, talvez impotente, por que como ele só tem uma bola, apenas 50% dos espermatozoides são lançados na vagina. Os monobolas são raros e podem ser considerados uma nova raça de pessoas que surgiu no mundo, mas, com reprodução duvidável, dizem os estudiosos que a raça não tem muito futuro. Ainda é desconhecida a monobola fêmea, e assim a reprodução fica difícil. Então invés de ser considerada uma doença o "monobolismo" pode ser considerado uma nova raça ou espécie, como os ETs.

Monobolas famosos[editar]

Alguns dos monobolas famosos são:

  • Carlota Bolsonarete: político, para suprir a falta de uma das bolas, se faz de Pitbull, mas na verdade mora com o primo sarado e cria gatos.
  • Wara Pardo: Argentino refugiado no Brasil, famoso por ser monodedo.
  • Lance Armstrong: Ciclista americano, teve câncer na bola, e sua bola migrou pelo seu corpo, espalhando o câncer para o cérebro e para o pâncreas. Ele tinha 5,4% de chances de sobrevivência, mas arrancou sua bola, e superou o câncer.
  • Adolf Hitler: Primeiro emo da história da humanidade, Hitler perdeu uma de suas bolas na guerra, quando tomou um tiro de bazooka no saco. Hitler, que sempre teve desejos homossexuais reprimidos, desencadeou toda sua viadagem com a perda da bola, e se tornou o grande emo que conhecemos.
  • Arnold Schwarzenegger: Perdeu uma das bolas pelo uso dos anabolizantes.
  • Napoleão Bonaparte: Durante a revolução francesa, tomou uma espadada no saco, e perdeu uma das bolas, além do pênis.
  • Tré Cool: Baterista da banda Green Day. Perdeu uma bola ao andar em um triciclo.
  • Bruce Lee: Nasceu com criptorquia, ou seja, sua bola não desceu para o saco escrotal. A bola subiu, se fundiu com o coração, onde a macheza e os hormônios masculinos tomou conta de seu espírito, e o tornou em um ser extremamente macho (foi assim que ele conseguiu matar o Chuck Norris).