Moros

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Av-6054.gif "ΑΝΕΓΚΥΚΛΟΠΑΙΔΕΙΑ Η ΘΑΝΑΤΟΣ!!!"

Re, este artigo é grego! Ele come churrasco grego, joga tudo na janela do carro quando acaba e gosta de ganhar de Portugal na Eurocopa, além de estar endividado pra caralho.

Tomadinha do poder.jpg Moros tem PODER!
E te levará para qualquer lado da Força
NewBouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Moros.
Como Moros seria em Cavaleiros do Zodíaco.

Cquote1.png Você quis dizer: Morros Cquote2.png
Google sobre Moros
Cquote1.png Eu matei as filhas dele, porque ele não veio se vingar de mim? Cquote2.png
Kratos sobre Moros
Cquote1.png Ele não decide o destino de Dr.Destino, só Dr.Destino decide seu destino! Cquote2.png
Doutor Destino sobre Moros
Cquote1.png Mora aonde? Cquote2.png
Carla Perez sobre Moros
Cquote1.png Esse cara é perigoso, tenho que dar um jeito nele! Cquote2.png
Zeus sobre Moros
Cquote1.png Nosso pai! Cquote2.png
Moiras sobre Moros

Moros é deus da sorte e do destino na mitologia grega, filho de Nix e irmão de Tânato e Hipnos.

Na Mitologia[editar]

Moros, o fodão.

Moros além de ser o deus sorte e do destino, ele também era o deus da morte (peraí, e o Tânato?) e das criaturas do tártaro. O cara era um tremendo cegeta, e mesmo assim, era responsável pelo destino de TODOS, então caso um velhinho morresse ao atravessar a rua porque não o viu o carro, é porque Morros também não viu.

Para Moros, todos já tem o seu destino traçado, tanto os deuses quanto os mortais, então com ele não tinha conversa, todos se fodiam nas mãos do destino que Moros lhes impunha. Pra você ter uma noção do quanto o cara era fodão, os gregos o representavam como um cara com a terra aos seus pés e uma estrela e um cetro nas mãos, o que fazia com que as representações dos outros deuses gregos parecerem piadas.

Cquote1.png Chupa Olimpo! Cquote2.png
Moros sobre sua representação

Ele também tem outra representação, mas é tão escrota que nem vale a pena comentar. O fato é que Moros fode a vida de todo mundo e nem mesmo o todo foderoso rei dos deuses, Zeus, pode escapar dos poderes de Moros (o que torna esse mongol over Power). Quando se candidatou a governador do Olimpo, Moros escreveu as leis que ele iria impor em um livro que só podia ser consultado através dos Oráculos.

As belas e jovens filhas de Moros.

Entretanto, ele não conseguiu se candidatar e então decidiu se casar e constituir uma família pra não ficar na merda. Ele casou com Ananque e com ela teve três filhas chamadas de Moiras, que puxaram o papai delas.

Mito[editar]

Sendo um deus tão foda, é claro que ele teria que ter um mito foda em relação ao mesmo. O mito conta que Moros pegou (ui!) de Eros três flechas, e deu a elas o seu ki energia, e logo após, ele as escondeu no rabo mundo humano.

Ainda segundo o mesmo mito, quando as três flechas eram disparadas juntas faziam um reboot o tempo dar um replay desde o tempo de Dercy Gonçalves, o que fazia com que toda a história ocorrece novamente.

Claro, as flechas receberam um nome, e seus nomes eram flechas do destino (nossa, que nome mais original). A primeira flecha está no templo de Eros, a outra no templo de Moros e a última está escondida na casa do Pica-Pau. O mito sobre Moros ainda afirma que se as flechas forem disparadas separadamente pode fazer com que a memória de alguém volte na história.