Mosul

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Mosul é a cidade do Iraque onde estão escondidas as armas de destruição em massa que George W. Bush tanto procura. Infelizmente nenhum americano conseguiu ainda descobrir onde fica tal cidade, dado que o GPS não consegue identificar lugares que não estão na Terra.

História[editar]

A cidade é toda repleta desses monumentos em formato de pinto.

Mosul foi fundada, segundo o Velho Testamento, por Jonas. Embora seus motivos não tenham ficado tão claros assim.

Foi durante muitos séculos a capital da Pártia, até o dia que o comércio de leite de camela entrou em falência devido ao leite de burra produzido pelos astecas.

Tudo parecia na paz até que um dia um clone do Stalin chamado Saddam Hussein usou Mosul como base de extermínio de curdos. Mas como os curdos fugiram para o Irã, Kuwait e Moçambique Ocidental, não restou outra alternativa ao Iraque a não ser declarar guerra a estes países. No entanto, após uma recessão econômica, a indústria de lacticínios mosulenses teve que reduzir a qualidade dos seus queijo e também preencher as famosas linguiça dos açougues locais com pedaços de coxa de camelo. Isso marcou o declínio de Mosul para como conhecemos hoje, pior que Bagdá.

Como capital do Estado Islâmico[editar]

Um dia comum no centro de Mossul. Foto de 2017 (Agência Desciclopédia)

Em 2014, como consequência da florida Primavera Árabe, Mossul foi anexada a nação do estaduislamiquense, se tornado a capital do poder executivo daquela nação (enquanto Raqa permaneceu como capital do legislativo e judiciário), no período em que ela existiu.

Como uma das primeiras medidas do governo provisório, foi municipalizar o turismo, o que fez com que alguns turistas de outros locais que não fossem moradores da própria cidade não pudessem mais pôr os pés por lá para ver aqueles monumentos exóticos, sob risco de perderem a cabeça (literalmente).

Enquanto capital do Iraque II, Mosul experimentou o que havia de melhor em anti-engenharia e dissolvedores de alvenarias, o que proporcionou a cidade uma evolução espetacular. Ao mesmo tempo, a cidade conseguiu reduzir a densidade populacional pela metade, o que proporcionou aos locais uma melhor qualidade de vida, com menos concorrência para a procura de bodes que pudessem prover a própria subsistência.

Geografia[editar]

Mosul localiza-se no norte Iraque às margens do famoso Rio Tigre, o principal responsável pela existência de mosquitos na cidade.

Economia[editar]

Uma vez descoberto petróleo houve muitos esforços das pessoas para se esconder essa riqueza, embora inúteis. Por isso na prática todos tem que se contentar apenas em exportar queijo de camelo iraquiano e caldo de pó de escorpiões.

População[editar]

A população local dizem que é de 100.000 mil, coisa difícil de acreditar. Mas levando isso em consideração, esta suposta população é formada por assírios, armênios, turcomanos e curdos, além de uma minoria de árabes e iraquianos.

Turismo[editar]

Mosul é conhecida por suas dezenas de mesquitas e minaretes em formatos indecentes de pintos. Pois é, se acha essas coisas desinteressantes, então esqueça de visitar esta cidade.

Ao seu redor até existem mosteiros cristãos onde vivem padres ninjas que plantam pera no jardim.