Mothra, a borboleta gigante

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Era quente na cama, mas nunca acasalaria com ela sem proteção. Cquote2.png
Godzilla sobre Mothra
Cquote1.png É MARIPOSA!!! MARIPOSA, PORRA!!! Cquote2.png
Otaku old school sobre o título do artigo

Mothra, A Borboleta Gigante[editar]

Natural de Plutão, veio ainda muito jovem para o planeta Terra numa lata de cerveja choca, cheia de esperanças e sonhos, esperava por grandes oportunidades para dar uma vida melhor aos seus avós, que lhe acolheram tão calorosamente em seu sítio no Acre.

Mothra, a maior lepidoptera do mundo.

O difícil inicio[editar]

Sem experiência e conseguindo emprego apenas como doméstica, Mothra decide mudar-se para a terra das oportunidades São Paulo para tentar algo melhor, bem como se afastar de seu tio de meia-idade Bathra, com medo de ceder aos constantes assédios sexuais do mesmo.

Passando fome, sem um teto e já desesperada, em uma de suas caminhadas por São Paulo acaba caindo na famosa Av. Augusta, onde lê num cartaz de poste: “Você, menina de 18 a 25 anos, atenda a executivos ganhando no mínimo mil reais por semana”

O privê da alameda Franca, nos Jardins, foi sua escolha. não sabia fazer nada, nem tinha experiência ou segundo grau completo. Para sobreviver, teria que pagar para ver - e ganhar os tais mil reais pelo que fizesse. O preconceito foi embora e ela disse: “Vou ter que ser isso”. E, confessou tempos depois: fantasiei muito com a possibilidade de ter vários homens e comecei a gostar da ideia. Afinal, só tinha "brincado" 4 vezes com meu tio, de modo bem mecânico, e nunca tinha visto um filme pornô na minha vida. Ia ser a chance de descobrir até onde o sexo podia me levar.

Como mulher da vida, Mothra exibe suas curvas em seu auge para a revista Brasileirinhas.

A paixão surge com um cliente[editar]

Mothra na sua forma humana!

Mothra, já atuando como profissional do sexo a 5 anos, conhece Godzilla que estava curtindo mais uma de suas longas noitadas. Completamente alcoolizado, Godzilla quando a vê a pega no colo como ninguém nunca tinha feito e disserta: Hoje tua borboletinha vai ser minha muié! A paixão comparece no coração de Mothra, onde mantém este romance profissional x cliente fiel por cerca de 2 meses, quando ela subitamente após mais uma bela e molhada trepada dispara: God... não desceu...

Godzilla completamente enfurecido fala esbravejando: Ráááá, pegadinha do Mallandro?? Golpe do baú pra cima de mim não!!

Mothra acaba por perder seu emprego na boate por estar grávida, passou por uma grave crise de depressão depois da decepção com Godzilla, precisou que criar seu filho como mãe solteira e jurou vingança contra o escamoso.


Mothra cria o bastardo, mais um filho pardo sem pai.

Muito tempo mais tarde, o seu tio Batra veio atras dela, para abusar dela, no entanto, ela pede ajuda para prender o godzilla, em troca dos seus serviços. Conseguindo por o godzilla a dormir, eles o levaram para o oceano(se bem que ele vive nele, paciencia), mas ele acorda e manda o Batra para a Ponte Que Partiu; caindo na agua junto dele.

King Ghidora[editar]

Apos O sujeito acima chegar á terra, Godzilla pede ajuda a Mothra para o enviar de volta ao espaço. Ela aceitou, desde que aceita-se pagar a pensão do seu filho Leo(SIM, ele nem saiu do ovo e já deram um nome). GOdzilla aceitou, e juntos, mais Rodan, expulsaram o o dragão elétrico da terra. O escamoso acabou por cuidar do seu filhote larval, e, mesmo assim, houve várias discussões entre eles.

Vida hoje[editar]

Acusada de ser a causadora do tsunami no Oceano Índico ao bater fortemente suas asas do outro lado do mundo, encontra-se atualmente refugiada no Irã, onde apoia: Plutão é um planeta sim senhor!