Mulher de branco

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Dark-Art-Grim Reaper 01DesktopNexus.jpg Mulher de branco já morreu!

Não era corredor, mas esticou as canelas!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno


Dalhe negao thumb.jpg I M A G E N S|||F O R T E S

Neste artigo são exibidas imagens fortes. Caso você possua doenças cardíacas ou seja menor de 18 anos, idoso, gestante, fresco, patricinha ou emo, não leia este artigo.


NovoWikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Mulher de branco.
Foto tirada por um morador local

Cquote1.png Você quis dizer: Mulher da meia-noite Cquote2.png
Google sobre Mulher de branco

Cquote1.png Você quis dizer: Bela da Noite Cquote2.png
Google sobre Mulher de branco

Cquote1.png É tudo a mesma pessoa, o que importa? Pff... Cquote2.png
Você irritado com o google

Cquote1.png It's a bitch! Cquote2.png
Dean Winchester sobre mulher de branco

A mulher de branco é uma fantasma que veste branco (aahhh ¬¬). Provavelmente do Rio Grande do Sul ou do Acre, é uma assombração campestre com cabelos longos e vestido branco.

Diz a lenda que a tal mulher de branco morreu afogada em um lago depois de fugir de um rico fazendeiro produtor de laranjas, que também era muito tarado e pervertido. O dito cujo era louco para dar uma "lapada na rachada" da linda moça. Um belo dia de verão o fazendeiro produtor de laranjas, resolveu jogar seu charme pra conquistar a moça de cabelos longos. Neste dia, o destino da mulher de branco terminaria no fundo da lagoa profunda.

Na fuga, a mulher de branco pulou várias cercas e porteiras da fazenda, atravessando até por dentro de um laranjal, mas, por azar do destino, pulou dentro de uma grande lagoa que ficava no final da lavoura de laranjas, morrendo afogada ali mesmo.

Suposta mulher de branco, antes de virar a casaca...

Passado anos, um espírito vaga durante a noite, chupando todas as laranjas da fazenda e assombrando a redondeza e cidades vizinhas. Depois disto, aquela região nunca mais foi a mesma, sua produção caiu pela metade devido à visita fantasmagórica da mulher de branco nas lavouras.

Nisso, resultou que a mulher de branco chupou cerca de cem bambus hectares de laranja, mudando sua cor de branco para "a mulher de cor alaranjada".

Este artigo é um esboço.
Pare de escutar CPM 22 e ajude este pobre artigo.