Mystique

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mystique faliu!
Cows1.jpg Nem o Seu Creysson quita suas dívidas!

Outros que ficaram no vermelho.


Mystique foi uma produtora capenga de jogos eróticos ilegais que faziam a festa de muito punheteiro das antigas, mesmo tendo gráficos que parecem ter sido feitos no Paint por uma criança recém nascida.

História[editar]

A Mystique foi criada no início dos anos 80, através de uma parceria entre tarados da China, dos Estados Unidos e da Suécia.

Um típico jogo da Mystique.

Antes de focar-se no mercado dos videogames, a empresa chamava-se Caballero Home Video e trabalhava no cinema pornográfico americano, mas como era um negócio amador bem fundo de quintal, eles não tinham dinheiro para contratar uma atriz pornô decente e seus filmes só tinham puta baranga. Logo, nem o mais pervertido dos nerds conseguia sentir tesão por aquilo, e as baixas vendas de seus VHS (pergunte ao seu pai o que é isso) levou tudo ao fracasso.

Devido ao enorme sucesso que o Atari 2600 vinha fazendo naquela época, os então falidos produtores decidiram se reinventar e começar a fabricar jogos para o console, aproveitando roteiros já escritos de filmes que não chegaram a gravar. Apesar dos já citados gráficos horríveis, a Mystique conseguiu obter um relativo sucesso com a venda dos seus jogos.

Falência[editar]

Em 1983, alguém descobriu que a Mystique não pagava impostos para lançar seus games e ainda por cima mantinha um grupo de loiras suecas ninfomaníacas bissexuais como reféns para serem pixelizadas e utilizadas como modelos gráficas daquelas porcarias.

A empresa então vendeu seus direitos para uma tal de Playground e encerrou suas atividades para sempre.