Não se pode tetudo na vida

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Não se pode tetudo)
Ir para navegação Ir para pesquisar
Infelizmente, não se pode tetudo o que se quer

Na vida não se pode tetudo, ou então não se pode tetudo na vida, ou apenas não se pode tetudo, às vezes também conhecida como tetudo não é possível, é uma frase de efeito com graves efeitos morais às pessoas do sexo masculino que possuem silicone natural feito de banha escorrida.

Conceitualmente[editar]

Enquanto os mamilos são polêmicos, as tetas grandes costumam ser problemáticas, principalmente para os homens com sobrepeso e pênis com nanismo profundo que sofrem de ginecomastia, popularmente conhecidos como "gordos tetudos e cabaços". Mas, de fato, a vida não suporta tanta teta por isso não é possível tetudo na vida. E é exatamente por a vida não suportar homens tetudos é que essa classe social dos homens com seios caídos sofrem bullying a vida toda, até de suas próprias mães sofrem zoação.

História[editar]

Devido ao fato de que a vida não está preparada para suportar, sem rir, esses homens com peitinhos, em 1879 o filósofo inglês Peyton Molly criou a frase "na vida nada se cria, nada se perde, nem se tetudo", pois ele próprio pertencia à classe dos tetudos masculinos, e precisava expressar sua tristeza com tamanha perseguição aos tetudinhos. Em 1917, o cientista e pensador italiano Masti T. Tudinni modificou a frase de Peyton Molly para a forma que conhecemos atualmente, e que agora virou uma das frases mais importantes que um tetudo poderia conhecer.

Ver também[editar]