Nasu no Yoichi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nasu, em toda sua beleza e elegância.

Nasu no Yoichi (那須与一?)(1169-1232) morava no Japão, era japonês e era samurai.

Vida[editar]

Filho de seus pais, que eram também japoneses, Yoichi lutou pelo clã dos CT na Guerra Genpei. Ele também é famoso pelas suas ações na Batalha de Yakisoba em 1184. De acordo com o Heike Monogatari, a coletânea de contos de fada japoneses para o povo japonês, o inimigo, Taira, chegou com uma esquadra, com o navio principal com uma maçã cor-de-rosa em cima do maior mastro. Ele disse que aquela mação protegia toda a esquadra, e que ninguém conseguiria derrubar. Yoichi preparou seu arco e flecha, e derrubou. Foi acusado de cheater e banido posteriormente do servidor, mas esta parte ninguém fala.

Prosseguimento[editar]

Depois da Guerra Genpei, ele ficou desempregado. Afinal de contas, não tinha mais nenhuma guerra para ele trabalhar lutar. Após tentar trabalhar de pescador de baleias, fabricante de espadas de brinquedo e como supervisor em uma fábrica de linguiça de lula, arranja um bico como daimyō (tradução: caseiro) no Castelo do Conde Tottori, que nada mais era do que o Drácula japonês. Ninguém conhece ele porque os animes envolvendo poderes da natureza e veadagens afins fazem mais sucesso por lá. Continuando... Seis meses depois, ele perdeu seu cargo numa partida de jokenpo contra Senhor Miyagi. Um dia, enquanto foi fazer compras na cidade, Nasu se encontrou com Luciano Huck. Vendo as semelhanças nasais entre ambos, decidiram que poderiam lucrar com aquilo, já que achavam que um sujeito de sucesso precisava ter um nariz avantajado. Logo, o sucesso está na busca do nariz gigante. Então, resolveram formar um templo, o qual desde então passou de pai Nasu para filho Nasu. E então, você me pergunta o que tem a ver o templo com o Yoshi Yoichi. Bem, como é tudo de família, graças ao templo foi possível traçar a árvore ginecológica genealógica deles, e encontrar a certidão de nascimento do infeliz. Claro, fizeram isto antes da Segunda Guerra Mundial, porque algum americano meteu uma bomba lá só para tirar sarro.

Como o autor do artigo foi suficientemente preguiçoso para encontrar uma imagem dele, colocamos uma outra qualquer.

Morte[editar]

Pelos registros do próprio templo, diz-se que Yoichi morreu com sessenta e lá vai pedrada, em uma cerimônia feita em homenagem aos veteranos da Guerra Genpei. Diz-se que a dentadura de outro veterano caiu na maionese, e Yoichi acabou engolindo posteriormente. É claro, na hora ele só achou que tinha engolido um osso de peixe (porque haveria um peixe na maionese?). Depois, a dentadura acabou se alojando no reto, fazendo com que houvesse um congestionamento no sistema digestivo dele, resultando em uma bela explosão no final de tudo. Trágico, trágico...