Nilo Peçanha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Nota: Este artigo fala de um antigo político aí. Para outros significados consulte: Nilo Peçanha (desambiguação).


Cquote1.svg Você quis dizer: Nilo Peçonha Cquote2.svg
Google sobre Nilo Peçanha
Cquote1.svg Você quis dizer: Primeiro presidente negro (mulato) do Brasil Cquote2.svg
Google sobre Nilo Peçanha
Cquote1.svg Você quis dizer: Presidente Paz e Amor Cquote2.svg
Google sobre Nilo Peçanha
Cquote1.svg Sujeitinho venenoso Cquote2.svg
Rui Barbosa sobre Nilo Peçonha
Cquote1.svg Não há antídoto Cquote2.svg
Vital Brasil sobre Nilo Peçonha

Nilo Peçonha, a língua mais ferina que já assumiu o poder

Nilo Peçanha é o nome falso que os livros de História dão para o presidente João Batista Borzeguins Augusto Danilo Peçonha, vulgo Nilo Peçonha, que governou o Brasil de 1909 a 1910, vice de Afonso Pena que assumiu quando o velho bateu as botas.

Nilo Peçonha, o venenoso, foi o maior maledicente, fofoqueiro e ofídico presidente que o Brasil já teve. Nilo atacava e falava horrores de quem quer que fosse.

A morte de Afonso Pena aconteceu em circunstâncias das mais estranhas. Estavam Nilo e Afonso jogando sua peladinha dominical no time dos oligarcas atrás do Palácio Monroe quando numa falta dura, Afonso chegou num carrinho em Peçanha que caiu em cima dele com a boca aberta. Tendo recebido sem querer uma mordida do vice-presidente, Afonso Pena não resistiu em morreu horas depois.

Venenoso, eu???

Peçonha dedicou-se então a sua grande paixão política que era discursar. Até o final do mandato em 1910 não houve um brasileiro em território nacional que não tivesse sido vítima das farpas e alfinetadas de Peçonha. Finalmente, Hermes da Fonseca foi eleito sobre o seu rival, o grande jurista Rui Barbosa, especialmente porque Peçonha resolveu falar poucas e boas sobre o tal do Rui Barbosa. Não houve propaganda que desse jeito, nem mesmo na Revista Cruzeiro e Barbosa foi derrotado e difamado por toda a vida.

Nilo morreu em 1918, enquando fazia um discurso no Senado metendo o pau no então presidente Venceslau Brás. Nilo mordeu sem querer sua língua e caiu ali mesmo, morto estrebuchando no meio do parlamento.

Pensamentos de Nilo Peçanha[editar]

Com a ajuda de um pai de santo a desciclopédia conseguiu uma conversa exclusiva com a alma dele, e conseguimos essas opiniões do ex-presidente sobre políticos de sua época e também do Brasil atual.

Cquote1.svg Afonso Pena? Não tenho nenhuma pena dele Cquote2.svg
Nilo Peçonha sobre Afonso Pena

Cquote1.svg Rui Barbosa? Você quis dizer Ruína Barbosa? Véio gagá pingaiado Cquote2.svg
Nilo Peçonha sobre Rui Barbosa

Cquote1.svg Lula? Um sem vergonha que cortou o dedo de propósito só para não trabalhar mais. O presidente dos trabalhadores que nunca trabalhou. Cquote2.svg
Nilo Peçonha sobre Lula

Cquote1.svg FHC? Um intelectualóide metido a besta, professor que nunca deu aula, vagabundo chupim inútil da USP. Sociologia? Isso lá é curso de homem? Homem que se preza planta café, faz direito, medicina, engenharia... Sociologia é coisa de emo... Cquote2.svg
Nilo Peçonha sobre FHC

Cquote1.svg Itamar Franco? Velho babão, ali só sobe o topete, pode ficar putinha que for sem calcinha do lado dele no Carnaval que esse véio babão não faz nada Cquote2.svg
Nilo Peçonha sobre Itamar Franco

Cquote1.svg Collor? Emozinho alagoano imbecil, que nem roubar direito sobe. Deveria ter tido aulas com aquele partido novo do tempo de vocês... PT não é. Bem que eu já dizia pro Deodoro da Fonseca: Deodoro, olhe lá que de Alagoas só vem bosta! Cquote2.svg
Nilo Peçonha sobre Fernando Collor

Cquote1.svg Que partido é esse? PSDB??!! Esse país tava sem oposição!!!!! Simplesmente não caiu a ficha desse tal de PSDB que eram eles que elegiam o Lula, porque eram tão incompetentes que não conseguiam votar contra o governo. E é tão simples!!! É só colocar NÃO na Urna !!! Espera aí... agora tem painel ? Corrijo? É só apertar NÃO no painel ! Cquote2.svg
Nilo Peçonha sobre PSDB

Cquote1.svg Evo Morales? Boliviano sem vergonha, cheirador de coca! Me admira o Brasil tolerar ele. Tinha era que invadir a merda da Bolívia e enfiar uma toba bem grande cu naquele índio. Quer dizer, mas nem invadir a bosta da Bolívia vale a pena. Cquote2.svg
Nilo Peçonha sobre Evo Morales

Precedido por
Afonso Pena
Ditador do Brasil
1909 - 1910
Sucedido por
Hermes da Fonseca