Ninho

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Ninho poderia até ser leite em pó, mas como vaca não produz isso, e o nome foi dado para lembrar crias... Ou exatamente o que NÃO DAR para alimentar a pobre(ou rica) criancinha. Mas sim, ninho é de cria, em geral onde elas são chocadas e depois são cuidadas aí mesmo por um certo tempo. Não é bem uma moradia, mas é um pouco mais do que um berço, mas não chore que eu já vou piorar melhorar a explicação.

Construção do ninho[editar]

Tá olhando o que? Ninguém tava usando isso!

Antes de engravidar aquela periguete da tua ficante chegar a hora de por os ovos, bem antes na verdade, deve-se fazer o ninho. Disso quem entende bem são os pássaros. Bom a Giselda, ou seja as galinhas(e não venha de treta comigo de que a Giselda é uma pata, como já idiotamente aconteceu), então, as galinhas põe ovos, mas não capricham tanto antes, os pássaros em geral, são melhores nisso, fazendo ninhos de tudo que é tipo, até mesmo coloridões e com os mais variados materiais.

O problema da falta de ninhos.

Já citados os mais variados materiais você já deve imaginar, mas não cara, eles não chegam a pegar pentelhos humanos, nenhum pássaro chega a ter tamanho mal gosto, mas sim, muitos deles pegam cabelos, nem sei se escolhem os pós lavados, mas sim isso eles pegam mesmo, porém nem todos os pássaros fazem tal coisa, alguns são exigentes demais, ainda que possam achar os cabelos encontrados resistentes e grandões, mas eles preferem usar outras coisas, como galho... Bom, alguns galhos também ficam na cabeça, mas isso é outra piada velha história. Eles usam folhas, mas elas são apenas no acabamento, para deixar mais maciozinho, tanto para a bendita cloaca quanto para os ovos que se tornarão filhotes.

Ao sair catando coisa para os ninhos, seja o macho ou a fêmea pássaro de grande ou pequeno porte, de rapina ou o que seja, eles tem que pegar o que acharem melhor porque não irão querer ver os filhotinhos nascendo em qualquer buraco assim como fazem certos humanos. Nessa etapa os olhos aguçados dessa pestes se aguçam ainda mais, indo em busca dos mais resistentes materiais, que devem também ter uma certa flexibilidade. Eles precisam ainda, tomar cuidado para não pegar coisas tóxicas, pois aquela maravilha que parece ser muito boa pode até mesmo matar a mamãe e os filhotes, ou fazê-los defeituosos. Se isso acontecer, quem fez o ninho, seja o corno papai ou a fêmea, se sentirá culpado pela vida toda... Ainda que vá correndo fabricar outros filhotes, mas sim, ele se sente culpado.

Acabamento[editar]

Nem quero saber que cloaca fez esse ninho.
Uhmmm... É, aqui meu ninho estará seguro.

Habilmente os bicos e garras são usados para colocar aquele monte de galhinhos secos, folhas e restos de não sei o que no lugar em que os pássaros achem mais seguro. A maioria deles coloca os ninhos em locais já existentes, outros constroem os lugares antes, como os assalariados João de Barros, que fazem aquele iglu versão tropical. Os ninhos então são ajustados habilmente com as garras e biquinhos kawai, que os deixam espiralados para que a bunda cloaca da passarinha se encaixe confortavelmente e ponha os ovos, depois ela choca e em pouco tempo lá estão aquelas coisinhas feias os lindos filhotinhos.

Os ninhos, como já dito, têm o mesmo formato circular e são feitos mais ou mesmo da mesma forma, porém nem sempre com o mesmo tipo de material. Os Beija-Flores por exemplo não sei porque os ninhos deles parecem ser feitos de casquinhas esbranquiçadas, embora arredondados iguais aos outros, mas eles têm um aspecto bem diferente. Bom, os próprios beija-flor são por si só meio diferentes dos demais pássaros, pois são metidinhos a parar no ar, e nenhum outro pássaro consegue tal proeza. Tão logo eu descubra de que coisa eles fazem seus ninhos, eu reedito essa porcaria por hora é apenas isso amigão, só espero que o material que os beija-flor usam não seja nada nojento.

Ver também, mas cuidado com as bicadas[editar]

Se pensa que só no ar o ninho está seguro, se engana.