Noise

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Essa eu sei, né gente: NARIZ em ingrêis! Cquote2.png
Carla Perez sobre Noise
Cquote1.png É nOise, manOl! Cquote2.png
Mano sobre Noise

Você após ouvir música noise

Se classifica como Música Noise tudo que nenhuma pessoa normal e fresca feliz possa considerar audível ou apreciável. Dentre os maiores fãs da música Noise, estão os morcegos e as betoneiras. Na espécie humana, as pessoas que gostam de noise são autistas a ponto de não conseguirem se agrupar, e geralmente ficam isoladas dentro de quartos, sendo classificadas genericamente como pessoas que gostam de noise.

História e Evolução[editar]

Luigi Russolo, na tentativa de parecer um artista menos medíocre, seguiu Marinetti e sua escola futurista. Sob os lemas "Vamos olhar para frente, e não para trás" e "Tudo é uma merda", ignorou os avanços na Música Erudita feitos nos últimos 400 anos, e se dedicou a um valor artístico muito maior: Criar instrumentos de percussão caseiros, iguais a aqueles vendidos por bolivianos na Praça da Sé.

Nos Estados Unidos, Boyd Rice, considerado por ele mesmo como um dos maiores e mais influentes artistas, apesar de não ter terminado o ensino médio e não conseguir fazer poesia que não seja "amor-dor", e Monte Cazzaza, que costumava se vestir de velha e andar com um gato morto, começaram a utilizar ruído de objetos aleatórios para parecerem importantes e pós-modernos.

A partir daí, foi mais ou menos uma competição para ver quem era o mais hardcore e mau. Temas e imagens de assuntos como Nazismo, Fascismo, Estupros e Destruição e Tortura eram freqüentemente adicionadas por músicos de baixa autoestima que precisavam obter a sensação de poder através de suas músicas.

Noise no Japão[editar]

Assim como acontece com todas as coisas bizarras do mundo, o Japão tem um papel de destaque no gênero. Masami Akita, um japonês pervertido obcecado por Bondage, começou a fazer gravações usando caixas de areia, rádios e bonequinhos voodoo da Christina Aguilera, embalando tudo em fotos pornográficas xerocadas. Seu sucesso no começo fez com que continuasse a produção, embora existam boatos de que todas as cópias de suas obras tenham sido secretamente compradas pela polícia japonesa, na esperança de parar a tempo com algum culto secreto escatológico.

Durante as posteriores décadas, Akita, influenciado pelo desejo de criar, e principalmente pela falta de dinheiro, começou a gravar dezenas de álbuns com títulos totalmente aleatórios, usando para compor apenas uma mesa de som que seu velho tio Joseph Ferdinand havia lhe deixado como herança, ohhhhhh deus o tenha.

Depois de alguns anos, Akita finalmente juntou dinheiro para realizar o seu sonho: comprar um notebook. Foi até a Santa Efigênia e comprou um PowerBook (style, falae?) roubado. Aproveitou e gravou o CD Sha Mo 3000, que, de tão ruim, só conseguiu ser vendido com um monte de brindes de colecionador juntos.

Com o notebook em mãos, fazer noise ficou mais fácil, bastando jogar a saída do gerador de números aleatórios para a entrada de freqüência da placa de som. Akita aproveitou esse fato para reforçar o seu estilo Zen de viver, e, durante os shows, usa o tempo ocioso para treinar Campo Minado no Windows. Dizem que ele consegue acabar o nível intermediário em menos de cinco minutos.

Porquê alguém escuta Noise?[editar]

As pessoas que gostam de Noise geralmente o fazem por serem pessimistas misantropos imbecis desiludidos que não tem amigos nem motivos para viver, embora dentre os fãs haja também pessoas com desvios psicológicos, surdos e Coalas vestidos de Renatus Cartesius.

A distribuição das pessoas que gostam de Noise é igual entre ambos os sexos, com 0% de homens e 0% de mulheres. O restante é constituído de seres associais (sim, essa palavra existe), amorfos e apáticos que repetem em uníssono o pensamento "Minha percepção da natureza da realidade é tão iluminada, que não me importo que não tenha nenhuma mulher chupando meu pinto".

Log aleatório de uma conversa entre pessoas que gostam de Noise[editar]

[geshilter] POSSO[
[XhosaXhosa] HEY GESFAGGUNIST2
[XhosaXhosa] GO BACK TO NAZI GAY LAND2
[SK88888888888] shut up douche bag2
[XhosaXhosa] whats that?2
[XhosaXhosa] you want to bone some skaters?2
[XhosaXhosa] BAM MARGERA LOOK OUT2
[SK88888888888] yes2
[geshilter] YES2
[SK88888888888] he's hot2
[XhosaXhosa] kind of2
[XhosaXhosa] not the pick of the litter2
[geshilter] CON DOM?2
[XhosaXhosa] DEATH IN JUNE?2
[geshilter] ERAP2
[XhosaXhosa] PARE ?2
[geshilter] RAP3
[Wrapped_In_Maggots] Cucumbered?2
[geshilter] micromachines2
[XhosaXhosa] cumberland?2
[Wrapped_In_Maggots] All Senzuri and no work makes jack a cucumber2
[XhosaXhosa] eeeewwww2
[XhosaXhosa] 998 rubs2
[XhosaXhosa] 999 rubs2
[Wrapped_In_Maggots] merzuri2
[geshilter] senzuri celeryman tokyo2
[geshilter] VEGANATARASH2
[XhosaXhosa] HANATARASH2
[shit] anyone heard of or have any recordings of racetraitor?2
[geshilter] try room CHICKS WITH DICKS2
[Wrapped_In_Maggots] Hey, it rhymes!!2
[XhosaXhosa] fuck, i try that room every minute2
[geshilter] this white power chick is getting to me2
[geshilter] maybe one day i'll stab her while she's on the toilet YAY2

Três Palavras que rimam com verniz[editar]

  • Chafariz
  • Coito
  • Punjabi

(Não sei o que essa secção significa, mas ok)

Ouvir também, se for maluco[editar]