O Cavaleiro das Trevas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Escoteiro.jpg Este artigo foi tomado por fascistas!
Na Itália e na Alemanha, os Camisas Negras e Pardas amam o fascismo e exterminam você, seu comunista!
Night creature.JPG O Cavaleiro das Trevas surgiu das trevas!!

E à meia-noite vai levar a tua alma!

Puro osso.gif

Cquote1.png Você quis dizer: Batman fascista? Cquote2.png
Google sobre O Cavaleiro das Trevas
Cquote1.png Você sangra? Quero que você conheça o homem que derrotou você Cquote2.png
Batman sobre Superman
Cquote1.png Estou cansado disso. Vai todo mundo tomar no cu. Eu mesmo vou cuidar do crime sozinho e é melhor vocês não se meterem no meu caminho Cquote2.png
Batman sobre Superman, a Liga da Justiça, a polícia, o exército e os Cavaleiros do Zodíaco

Batman com osteoporose, artrite, artrose e reumatismo tentando ainda dar uma de super-herói.

O Cavaleiro das Trevas é uma história, ou melhor, um monte de histórias escritas e desenhadas por Franco Mil para a DC Comics em 1986 falando sobre o que aconteceria com o mundo com o Batman na fila do INSS. Porém, aqui Batman se torna um fascista que age por conta própria, enfrentando não apenas os bandidos violentamente, como também as forças armadas americanas e de brinde, ainda dá uma bela surra no Superman.

A história contada por algum desses caras feito o Walter Mercado ou a Mãe Dinah refletem um espírito impressionante de como se pode fazer dinheiro vendendo gibis com histórias alternativas pra um monte de nerds manés uma simples história em quadrinhos pode ser uma fabulosa criação impressionantemente impressionante até mesmo para quem não se impressiona nem com impressão nenhuma que tenha sido impressa ou imprimida. Também me ajudou a mostrar como qualquer zé como você consegue rir de qualquer coisa que se escreve nesse site, mesmo um monte de redundâncias que foram implementadas aí na frase anterior.

Pra muitos caras que perdem tempo impressionante nos quais poderiam estar comendo uma mulher no lugar disso, essa história, junto à Watchmen de Alão Murro e Maus de Art Spiegelman (de quem???) teriam feito com que histórias como as da Turma da Mônica se tornassem meras coisas de menininhos e menininhas que ainda chupavam chupeta chupada. Foram a origem de muitas viagens psicodélicas de autores que usavam LSD e maconha na hora de escrever histórias e que criaram coisas como Sandman ou o Homem-Animal (ou seja, Nill Caimão e Garantido Morre Só).

Sinopse[editar]

Spoiler5.JPG ATENÇÃO! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais SPOILERS!

Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que o assassino era o homem de um braço só, ou que a Hidra esteve infiltrada na S.H.I.E.L.D. desde a sua fundação.

Spoiler3.jpg
Cansado de babar ovo para os gringos, Batman resolve trabalhar sozinho e de brinde, ainda enfia o cacete no Superman (que agora não passava de um cãozinho dos EUA).

A história começa dez anos após o Batman bater ponto no INSS para virar um velhinho cansado e aposentado. Os heróis foram proibidos de agir, apenas o Superman permanecia agindo, como uma espécie de baba-ovo dos Esteites usado em caso de algum tipo de interferência, em especial interferência da União Soviética (nessa época isso ainda existia), causando uma possível crise a níveis nucleares (imitação de Watchmen pouca é bobagem).

Com o sumiço do Batman, Gotham City virou uma tremenda feira da fruta. A criminalidade estava tão séria, quanta violência na cidade, brother, é tanta criminalidade, como diria o Edson Gomes. A gangue dos "mutantes" (sempre esses filhos da gruta causando pro... epa, isso parece coisa da Marvel Comics...) estava sendo a maior promovedora dos ataques em Gotham. Com isso, Bruce Wayne decide voltar a agir como um herói, só que agora de maneira um pouco meio diferentona, chegando inclusive a mandar um monte de bandidos pro colo do capeta.

O retorno do Batman faz surgir um novo Robin, dessa vez uma menina (FINALMENTE, SANTA CONVERSÃO A MACHISSE, BATMAN!!!) pra ficar no lugar do outro Robin lá que morreu nas mãos do Coringa, que inclusive foge do Asilo Arkhan e dá uma de estrupador malvado sacana e pedófilo fazendo shows de circo pra comer criancinhas, a Mulher-Gato (que tava velha pra cacete) e até a Tia do Batman (essa é que tava velha mesmo). Já Harvey Dent, o Duas-Caras, que estava completamente curado e tinha virado um modelo de festinhas de Halloween, decide também voltar pra vagabundagem.

Após mandar os dois vilões pra Portugal de navio, Batman começa a mostrar-se perigoso demais para os planos do presidente dos Estados Unidos, que manda o Superboiola pra matar o Batman. Começa uma briga que inclui até o Arqueiro Verde (que tinha virado um homem de um braço só após chamar a Lois Lane de gostosa na frente do Clark Kent) soltando uma flecha de kriptonita no cu do Superazulão, deixando-o inerte aos golpes do Batman, que teve até que fingir que morreu pra não se foder nas mãos do governo. Aí vem a continuação pra próxima história, mas que eu nem quero escrever, porque puta que o pariu, a continuação sempre é uma merda, só ver Homem-Aranha 3, ops, isso é da Marvel Comics...


v d e h
O incompreensível mundo do Universo D.C.