Oco

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Cquote1.svg Eu Quero Ver o Oco! Cquote2.svg
Raimundos sobre Oco
Cquote1.svg Vou deixar o oco nesse rabo! Cquote2.svg
Paulo Guina sobre Oco

Discionario em png.PNG O Descionário possui um verbete sobre Oco

Oco é algo que não tem nada dentro, pelo menos até que se prove o contrário. Se você ver algo oco, não vá querendo se enfiar, nem mesmo o seu precioso dedo, pois nunca sabe se está totalmente oco mesmo ou se pode haver alguma coisa nociva como um bichinho peçonhento ou algum tipo de bactéria que cause doenças ou outras coisas perigosas.

Oco sendo preenchido[editar]

Patty após ouvir de seu urso, tudo que ele viu no oco barril.

A Patty daquele seriado que poucos conhecem, ao deixar cair seu urso(não daquele tipo de urso), no barril do Chaves que parecia estar oco, não quis retirar o ursinho de pelúcia pois poderia haver algum bicho dentro daquele oco que era o interior do barril. Ninguém sabe porque a Patty enfiou o ursinho lá dentro, alguns dizem ser mentirinha dela que deixou cair, mas ela deixou a missão pro pobre urso de descobrir as delícias do oco o que havia dentro do barril, pois ela não queria explorar, nem mesmo com uma lanterna e como sua curiosidade era muita, ela convenceu o intrépido urso a ir para aquele oco desconhecido.

Essa segunda hipótese parece bem mais plausível, uma vez que não teria como ela deixar cair um urso que era dos grandinhos e peludos felpudos dentro do barril, se o barril é mais alto do que a cintura dela, sem que fosse um buraco no chão ou ao menos uma espécie de cano da altura dos joelhinhos dela. A danada enfiou o urso lá de propósito mesmo. O Chves explicou que o único bicho que costumava entrar naquele oco, era ele, quando precisava recuperar suas forças após levar uma surra horrenda do Seu Madruga, que consiste naquele cascudinho ou ele entra no oco pra pensar, coisa que segundo o próprio Chaves, sim, ele pensa, embora alguns dizem que ele não parece pensar e tem igual ao Quico, um oco na caixa craniana, talvez apenas quando se trata de comida, pois também, segundo o próprio Chaves, o estômago dele vive com um grande oco, pois nem sempre encontra alguém que lhe dê comida ou dinheiro para que compre, o que é verdade em alguns episódios, embora o Don Ramon tente resolver sempre que pode, mas ele mesmo algumas vezes está com um oco na barriga de jabá.

O barril, não se sabe, mas a barriga do Chaves se não está oca por falta de comida, é porque o Mestre Linguiça deu a ele vermicida, após o Chaves dizer que ainda estava com um oco de quilômetros a ser estreado no estômago, após comer uma bandeja de panquecas, essas coisas fazem pensar se o Chaves passa mesmo fome ou esse oco quilométrico que ele tem na barriga é apenas imaginário.

Eco[editar]

Constatando mais uma vez que a Patty do Chaves tinha razão.
Perceba que o que parece oco pode não o ser totalmente.

Dizem que alguns ocos provocam ecos, mas em geral esse ocos que provocam ecos, não podem ser vistos, pois se tratam de canions muito grandes e só se poderia notar o oco de uma boa altura. Ocos de qualquer outra coisa que não seja tão enorme, como o exemplo do barril do Chaves, podem ser vistos e feitos mesmo como quando alguém precisa ou apenas à toa, porque quer, cavar um buraco no chão. Seres especialistas em fazer ocos, são as formigas por exemplo e após fazer os ocos, elas transformam em túneis de deixar qualquer estação de metrô que é um enorme oco, no chinelo, pois as formigas também sabem aproveitar ocos já feitos pra fazer mais ocos ainda, e isso com qualquer material, desde os mais nojentos até os mais acéticos.

Por conta da ressonância, os ocos também fazem não ecos, mas ruídos estranhos, como um exemplo novamente, a barriga do Chaves, mas isso ninguém escutou em nenhum episódio, embora ele diga que ronca, não pela boca, mas pela barriga. Quem tem oco na barriga e faz um barulho da porra, é o Ash aquele moleque mala que não cresce nem se desenvolve, do Pokémon, tu já deve ter visto ao menos alguns episódios ou jogado alguma coisa assim. As pokébolas são ocos, embora pequenas, elas abrigam bichinhos ou bichonas bichões enormes, isso desafia a física, assim como gênios da lâmpada, mas basta pensar que há uma espécie de outra dimensão nesses ocos.

Ver também, se quiser[editar]