Onechanbara

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Virtualgame.jpg Onechanbara é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Sonic corre através de algum loop.


Onechanbara
Onechanbara-logo.jpg
Logo da série, nada machista
Gênero mais comum Hack and slash enjoativo
Desenvolvedor atual Tamsoft
Publicador atual D3
Plataforma de origem PS2
Primeiro lançamento Zombie Zone (2004)
Último lançamento Onechanbara Z2: Chaos (2015)

Onechanbara (japonês: お姉チャンバラ, português: Prostitutas Cachaceiras) é uma série de jogos desconhecidos do gênero trash/survival horror/slash and run produzido pela desconhecida D3. Primeiramente lançado para o PlayStation 2, o título manteve-se desconhecido em meio a milhares de títulos para este console. Devido ao (in)sucesso da série, ele ganhou continuações para o Xbox 360, Wii, celulares e outros lugares propícios à pornografia.

O título da série faz um trocadilho no Japão, uma vez que a expressão "one-chan" em japonês significa "lolita" ou "menina sensual de 18 anos", enquanto a palavra "Chanbara" significa "Mulheres que cortam para os dois lados".

Jogo[editar]

Aya e sua rotina.

Com jogos com a característica de história podre de ruim, os títulos da série giram em torno de Aya, uma prostituta que usa um biquini e deve andar em cemitérios e esquartejar hordas de zumbis, enquanto toma banho com o sangue de sua vítimas, até zerar o jogo e poder comprar novos tipos de biquinis. O Game Shark sempre é necessário para a opção de lutar sem calcinha.

Jogabilidade[editar]

A série Onechambara basicamente resume-se em uma garota solitária que enfrenta uma legião de mortos-vivos sedentos por carne humana feminina fresca, o sangue das vítimas cobre a tela, as espadas, as personagems e os cenários num verdadeiro cenário apocaliptico.

Série[editar]

v d e h
Oneechambara logo.png