Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

56 890 artigos · 198 756 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Foto que mostra 0,001% de todas as galáxias existentes no universo... Sim, parecem borrões no meio do nada, mas quem se importa?

Cquote1.png Eu destruirei o universo! Cquote2.png
Algum vilão do Dragon Ball sobre o universo
Cquote1.png Pode destruir, vai sobrar algo mesmo... Cquote2.png
Goku sobre afirmação acima

O universo é a combinação de coisas chatas como física e astronomia. Mesmo assim, de tão imenso que é, ele mal perceberia que seu cachorro foi atropelado pela sua mãe ou então que você descobriu um novo site pornográfico. Também recebeu alguns apelidos como escuridão sem fim e inspirado nele, foram criados filmes de nerds como Perdidos no Espaço e Star Wars.

Por milhares de anos, o homem indagava o que havia sobre sua cabeça e nessa busca ele descobriu coisas tão inexplicáveis quanto você. Entre elas são galáxias com nomes estranhos, nebulosas com formatos estranhos, e acima de tudo, teorias sobre como o universo ficou tão estranho. Mas com certeza, o cúmulo da loucura foi prever como o universo acabaria ou como ele nasceu... As pessoas que pensam nisso são chamadas de físicos, astrônomos e cientistas, ou então podem ser chamados de loucos e desempregados... No fundo não há diferença.

O universo não foi feito para os fracos, e só os corajosos podem explorá-lo e depois terem crises existenciais frequentemente.

Leia o artigo para ver o universo de uma maneira mais complicada!


Eventos recentes


Neste dia...



Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: