Pântano

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
NovoWikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Pântano.
Você não é corajoso o suficiente para passar alguns minutos aqui.
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Você entrará em pânico caso for entrar num pântano depois de ler esse artigo?

Cquote1.png Eu tenho medo Cquote2.png
Regina Duarte sobre Pântano
Cquote1.png Eu também Cquote2.png
Você sobre Pântano
Cquote1.png Não há nada o que temer, os bichos de lá são bastante amigáveis Cquote2.png
Algum maluco 5 minutos antes de ser devorado por um jacaré sobre Pântano

Um pântano é uma região que passa um período do ano alagado. Nessa época, ele fica cheio de lixo, esgoto radioativo, tubarões, jacarés, sucuris, piranhas, etc. Já dá para se ter uma ideia de que este não é um bom local para visitar.

Quando a região seca, podem sumir todos os animais aquáticos, mas ainda assim lá não é um bom local para se visitar, pois na época de seca chegam outros seres, como onças, mafagafos, 웃s, entre outros seres altamente perigosos que podem acabar com sua vida em questão de segundos.

Criação[editar]

Um animal do pântano fazendo carinho com algum visitante. Adivinha onde o visitante está.

Os pântanos geralmente surgem depois que acontecem uma grande enchente. Primeiro, por alguma razão que não interessa, ocorre uma chuva que imunda tudo. Seguindo essa afirmação, pode-se dizer que São Paulo está em processo de transição para se tornar um pântano.

Devido ao grande acúmulo de lixo como camisinhas e outros, a água da enchente não tem por onde escorrer. Assim, o lugar vira praticamente um grande lago. Não bastando isso, esse ambiente estimula a proliferação de bactérias assassinas que expelem ácido sulfúrico. Elas são responsáveis por desgastar as coisas até que o futuro pântano tenha um aspecto medonho. Terminado esse processo, o local já pode ser considerado um verdadeiro pântano.

Fauna e flora[editar]

Com foi dito antes, nem queira saber que tipos de seres esquisitos vivem aqui. A maioria deles se resumem a monstros e bichos assassinos. Esses seres medonhos vivem nos pântanos porque nas cidades e nas áreas rurais mais habitadas, eles eram discriminados por causa da péssima aparência.

Então eles fugiram para os pântanos, onde não sofrem discriminação. Apesar de parecerem vítimas nessa história toda, as vítimas reais são os malucos que tem a burrice coragem de entrar num lugar desses, e desaparecem misteriosamente.

Mais isto é tudo mentira

Ver Também[editar]