País Basco

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Euskal Herria
Reino Euriquista da Vascônia
País Vasco
Bandeira do País Basco
Brasão de Armas do País Basco
Bandeira Brasão
Lema: ETA nóis!
Hino nacional: Eusko Abendaren Ereserkia (Hino da Panelinha Basca)


Capital Bilbao
Cidade mais populosa Madrid
Língua basco e Portunhol
Religião oficial Marxismo
Governo Guerrilha Democrática
 - Rei Romário
Heróis Nacionais Bixente Lizarazu
Área  
 - Total 1 Centímetro km² 
 - Água (%) 100
Analfabetismo 102 
População 3,150,000 pessoas muito brabas 
PIB per Capita Maior que o seu 
IDH 999.999 
Moeda 25 Cêntimos
Fuso horário Fuso do Acre
Clima Gelado
Website governamental Fora do ar

Cquote1.svg Eu prendo e arrebento Cquote2.svg
Eurico Miranda sobre País Basco

Os Países Bascos, ou País Basco, ou ainda País Vasco (dá no mesmo, afinal, ninguém se importa com a nacionalidade deles) são uma província separatista da Espanha.

História[editar]

Pré-História[editar]

Vasco da Grama, a tua grama assim se fez

A pré-história no País Basco foi bastante tranquila até que os Homo Bascus primitivos enfrentaram seu maior desafio, o Homo Lusitanus (os Portugueses primitivos). Os Lusitanos eram divididos entre Portugueses (Vascaínos) e favelados Espanhóis (Flamenguistas só pra contrariar).

Os vascaínos queriam influenciar a mente dos Bascos e fizeram-nos torcer para o Vasco (sim caro leitor, o futebol já existia, aquela história de que veio da Inglaterra é coisa da Wikipédia). Então os Bascos, cansados de ouvir piadas, expulsaram os Lusitanos de seu território, mas já era tarde demais pois os Bascos já estavam com o vírus do Vasco.

Domínio Romano OWNED[editar]

Os Romanos (Palmeirenses) também brincaram um pouco no País Basco, mas como os Bascos já estavam com o vírus do Vasco não foram contaminados com a Gripe Suína. Depois de muito tempo aturando os Romanos, os Bascos foram "salvos" pelos povos bárbaros.

Os Bárbaros vem aí, olê olê olá[editar]

Os Bárbaros, que não gostavam de futebol, se divertiram um pouco no país Basco mas foi só por pouco tempo, depois disso os espanhóis dominaram a região que é deles até hoje.

Independência ou Morte[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Euskadi Ta Askatasuna

Nos dias atuais os Bascos mantém suas tradições e costumes "livremente", mas falta algo, a liberdade. Eles ainda estão presos àquele país que gosta de maltratar touros, então os Bascos criaram o ETA, um grupo terrorista que luta pela independência do país.

O ETA até já cometeu um atentado em Madrid, mas em 2010 o ETA anunciou ter amarelado o fim das operações terroristas, para tristeza de seu entusiasta Osama Bin Laden.

Política[editar]

Eurico I, Imperador e Defensor perpétuo dos Países Vascos

Poucos sabem, porém, que os Países Bascos na verdade se chamam Países Vascos. A população dos Países Vascos é composta inteiramente de vascaínos fanhos.

Compreende-se portanto a tendência separatista dos países Vascos. Ora, o Vasco é português, enquanto a Espanha é espanhola!

Economia[editar]

A moeda dos Países Vascos é o bicho. Dado a crise econômica que impera no glorioso time da cruz de Malta, poucos bichos tem circulado.

Em contrapartida, muitas bixas andam livres pelos Países Vascos.

Os Países Vascos não tem Bancos, nem mão francesa. Apenas o Imperador circula moeda no país. A população é obrigada a vestir camisas brancas com listras pretas, cuja única vantagem é permitir dirigir sem usar cinto de segurança.

Cultura[editar]

São Januário das Lorotas é o principal santo protetor dos Países Vascos.


Bandeira da União Europeia.png
Europa
v d e h

Países: Albânia | Alemanha | Andorra | Armênia | Áustria | Azerbaijão | Bélgica | Bielorrússia | Bósnia e Herzegovina | Bulgária | Cazaquistão | Chipre | Croácia | Dinamarca | Eslováquia | Eslovênia | Espanha | Estônia | Finlândia | França | Geórgia | Grécia | Hungria | Irlanda | Islândia | Itália | Letônia | Liechtenstein | Lituânia | Luxemburgo | Macedônia do Norte | Malta | Moldávia | Mônaco | Montenegro | Noruega | Países Baixos | Polônia | Portugal | Reino Unido (Escócia - Inglaterra - Irlanda do Norte - País de Gales) | Romênia | Rússia | San Marino | Sérvia | Suécia | Suíça | Tchéquia | Turquia | Ucrânia | Vaticano

Territórios: Abecásia | Açores | Akrotiri e Dhekelia | Åland | Chipre do Norte | Crimeia | Gibraltar | Ilhas Canárias | Ilhas do Canal | Ilhas Faroé | Ilha da Madeira | Ilha de Man | Jan Mayen | Kosovo | Ossétia do Sul | País Basco | República de Artsaque | Svalbard | Transnístria