Pai do mato

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Rambo.jpg Bem-vindo à selva!

Este artigo é sobre algo ou alguém localizado no meio do mato e vai te levar para o Lado Verde Escuro da Força. Se vandalizares, Rambo vai descarregar a metralhadora no meio da tua fuça!

Cquote1.png Você quis dizer: Mapinguari? Cquote2.png
Google sobre Pai do mato
Cquote1.png Ele é meu pai, mas eu sou melhor! Cquote2.png
Curupira sobre Pai do mato e seu próprio pai.
Cquote1.png Eu tinha medo, agora não tenho mais! Cquote2.png
Regina Duarte sobre Pai do mato.

Curupira, tirando sarro do Pai do Mato.


O Pai do mato é uma lenda proveniente das bandas de Goiás, que por falta de idéias, inventou um bicho escroto e incomum, nomeando-o por Pai do mato e dando-lhe a função de proteger a mata. Mas como já tem gente demais com esse cargo, provavelmente ele teve que se mudar da mata pra ver se conseguia outro emprego.

A Lenda[editar]

O Pai do mato é esposo da Mãe do mato e pai dos Filhos do mato e toda a família vivia, ou ainda vive no mato. Este é o desgraçado responsável por trazer ao mundo seres como o Curupira, a Caipora e outras entidades inventadas para proteger a floresta.

Dizem se tratar de um híbrido de homem com macaco e uma pitada do Mapinguari, já que ele é um bicho peludo, que tem nariz azul e usa uma barbixa estilo Raul Seixas. Provavelmente seja um fã dele. Foi também o responsável por ensinar o Curupira a montar porco do mato. Dizem que são raras as pessoas que conseguem vê-lo e não ficar louca.

Além de ser um ávido defensor da floresta, ele também defende os animais, claro que ele não faz isso de graça. Cobra imposto e até mesmo favores sexuais. Dizem que ele era o grande defensor da floresta amazônica, responsável por toda a extensão da mesma. Mas a partir do momento em que seus filhos cresceram e tomara um rumo na vida, ele perdeu seu emprego e logo teve que sair de onde morava, visto que a empresa pra qual ele prestava serviços estava falida.

Nos dias atuais, o Pai do mato se dedica exclusivamente a atividade de ensinar. É um professor, que ensina as futuras lendas defensoras da mata a se comportarem de forma certa, além de ensinar como se portarem quando forem vistas por algum ser humano normal.

Ver Também[editar]