Paial

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Paial é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Se você já ouviu falar dessa cidade, não tem, pelo menos, dois dentes na boca.

Sciences de la terre.svg.png


Paial é uma cidade do oeste catarinense que segundo os moradores é bem "Páia" ou seja, é fodinha ou deve ser que era muito chata. Provavelmente é o segundo significado porque se fosse legal você moraria aí... Ah sim! É mesmo, você mora em Paial! Ou acha que alguém normal ia ler o artigo de sua cidade? É claro que não!

Se não essa pessoa não é normal mesmo!

História

Cquote1.png NÃO! Eu não quero me vacinar no posto de saúde do Bairro Cidade! Cquote2.png

A cidade de Paial surgiu junto com Itá, agora veja se pode, Itá era um distrito de Caçador e então quando vários outros municípos começaram a se separar Itá foi obrigada a se separar pois não tinha mais conexão com Caçador e que também os distritos tem que ser coladinhos.

Com isso, Itá teve o seu prórpio caminho, queimando mendigos, construindo piscinas de águas termais e construindo uma usina hidrelétrica que afundou a sua cidade antiga embaixo da água mas, curiosamente, só a Igreja não afundou.

Aconteceu o mesmo com Paial, vendo que o distrito não tava mais para distrito e sim para âncora ela desmembrou ele da sua "jurisdição".

Então, mais desolado que Itá quando se separou de caçador e não sabia o seu próprio potencial ela teve que construir a prefeitura com o que tinha em mãos: Um sindicato de moradores. Todos choraram naquela noite, foi como um marido ter sido recauchutado pela mulher, ou que a mulher o trocou por um anão.

Seja como for, a cidade ficou isolada, não tinha porra nenhuma para fazer e eles tinham que andar 5km para poder chegar em Itá e poder comprar um pão, apesar deles terem carroças e esse é o meio de transporte mais usado pela cidade.

Seja como for, a única estrada que liga a cidade de Paial é uma estrada de chão batido e quem passar por lá tem que aguentar a imensa beleza (de segundo lugar já que Piratuba está em primeiro) de Itá e não poder parar.

Como o bairro, quer dizer, ex-distrito tem o tamanho de um bairro e só tem uma padaria (como já era de se esperar) aconteceu uma coisa horrível

Vendo que a cidade era tão desconhecida que nem a wikipédia reconhecia a bandeira da cidade houve um grande exôdo rural na cidade e todos se mudaram para FORA dela, apesar de eu já pensar que a cidade era a roça.

Destaque

A padaria do seu pereira parece ser um bom lugar para parar e tomar uma Seven Up (que nem se vende mais), andar de bicicleta até o final da rua e dar meia volta, ir a pé até Itá e voltar pois já começou a chover, ver o milho crescer (que só isso é que se planta na cidade - e acabou sendo a única opção para que extraterrestres fizessem seus agroglifos em 2008) e ir visitar o velho ermitão louco que tentou ser o prefeito da cidade e ainda acredita (ACREDITA) no crescimento da cidade.


Pobre velho... Ele ficou louco!

(em breve mais detalhes sobre a invasão alienígena)

Serviços

Hããã.. Ainda eles não tem telefone de serviço