Palácio de Westminster, Abadia de Westminster e Igreja de Santa Margarida

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Palácio de Westminster)
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Palácio de Westminster, Abadia de Westminster e Igreja de Santa Margarida é um trio de edifícios políticos importantíssimos e cafonas em Londres onde seres estranhos habitam vestidos em togas que ficariam sensuais na Megan Fox, mas lá só tem tiozinhos.

Palácio de Westminster[editar]

Palácio de Westminster na época que o drácula habitava lá.

Este famosíssimo palácio feito por góticos tem formato de palácio por fora e por dentro, e algumas coisas góticas como um cemitério onde os lordes são enterrados após enfrentarem a guilhotina da Revolução Inglesa.

Por séculos o controle do palácio foi exercida pelo Grande Lord Camareiro, uma entidade ectoplasmática carregadora de correntes que vagueava pelos longos corredores do palácio conferindo se todos os 200 banheiros estavam abastecidos com papel higiênico com a pontinha dobrada para melhor. Mas ele foi demitido e o controle do palácio passou para os lordes em 1965.

O local está cheio de tiozinhos usando perucas ridículas que ninguém sabe direito o que fazem ou como se reproduzem. Eles ficam num enorme salão conversando sobre a última rodada do campeonato inglês, sentados em cadeiras desconfortáveis afim de evitar o cochilo durante os tediosas palestras feitas.

O turista pode visitar a Galeria dos Estranhos, um espaço reservado a visitas, um cercado onde qualquer cidadão pode entrar e morrer de tédio ao assistir os discursos dos aristocratas.

Abadia de Westminster[editar]

Lordes preparando-se para o ritual da Cúpula do Trovão.

A Abadia de Westminster é onde a Família Real Britânica se casa com algum plebeu ou plebeia. Ao seu redor está uma plantação de ameixas, o famoso fruto utilizado pelos aristocratas e bispos da Casa dos Lordes para colocarem na boca para falar corretamente durante os discursos.

É também ali que está a Torre onde fica o olho de Sauron observando todo movimento dos súditos da coroa, até os canadenses e australianos. Soltando um raio laser em quem ousar fazer coisas francesas como passar batom por exemplo.

Igreja de Santa Margarida[editar]

Uma monge chamada Benedita criou esta igreja. Colocou alguns vitrais com uns desenhos gozados, sendo o mais famoso o vitral da Margarida, a namorada do Pato Donald, homenageada da igreja.