Palácios e Parques de Potsdam e Berlim

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Cquote1.png Mas são apenas umas pracinhas e uns prédios velhos Cquote2.png
Qualquer um sobre Palácios e Parques de Potsdam e Berlim
Cquote1.png Isso é uma injustiça Cquote2.png
Algum prédio velho sobre o fato dele não ser também um patrimônio mundial

Os Palácios e Parques de Potsdam e Berlim são meramente um monte de gramados e algumas construções velhas que tiveram a sorte de serem incluídas na Lista de patrimônios mundiais, diferente do parquinho próximo à sua casa. Para se tornarem um patrimônio, os caras simplesmente pegaram todos os parques de Berlim e outra cidade desconhecida chamada Potsdam e os juntaram, assim eles ficaram grandes o suficiente para se tornarem 1 patrimônio inútil da humanidade.

Partes[editar]

Algum dos trilhões de parques que fazem parte desse patrimônio.

Como ele é formado por milhares de parques que nem merecem um pouco de atenção num artigo da Desciclopédia, só poucos serão citados com critérios de escolha baseado em subornos.

Schloss Charlottenhof[editar]

Schloss Charlottenhof é um palácio com nome complicado que era a casa do príncipe prussiano durante o mês de Julho. Ele era tão fresco e rico que tinha uma casa diferente para morar a cada mês.

Hoje, para não ser demolido e dar lugar a construções mais úteis e importantes, ele é mantido pela Fundação dos Jardins e Palácios Prússios de Berlim e Brandenburgo, uma instituição destinada a preservar as construções mais inúteis e sem importância de Berlim e Branderburgo, lembrando os alemães para que estes nunca mais cometam o erro de realizarem obras grandiosas e inúteis. Tudo começou quando o filho do rei prussiano fez birra porque ele queria uma casa para ele, então o seu pai comprou um terreno e fez um palácio apenas pro filho parar de encher o saco. Novo Palácio de Potsdam

Novo Palácio de Potsdam[editar]

O "novo" no Novo Palácio de Potsdam foi colocado há pouco tempo, apenas a uns 500 anos atrás. Foi construído pela Família Real Prussiana só para ela causar inveja nas outras famílias reais. Como esse era o único objetivo na construção do palácio, os pedreiros não se preocuparam em instalar a fiação elétrica, a rede de água, etc. Apenas fizeram um prédio grande. Devido à sua inutilidade total e por ser muito tosco por dentro, ele ganhou o carinhoso apelido de "fanfarronada", palavra derivada de "fanfarrão".

Orangerieschloss[editar]

Como poucas pessoas possuem a capacidade de pronunciar corretamente a palavra Orangerieschloss, ele também pode ser chamado de "laranjal" pelas pessoas normais que não pronunciam "orangeri...". Isso porque ele foi feito no meio de um laranjal. Construído para servir de moradia a um latifundiário que plantava laranjas, a falta de criatividade é tanta que o projeto foi plagiado de palácios italianos.

Sanssouci[editar]

O Sanssouci é um prédio nada muito modesto aonde o rei passava suas férias coçando o saco e vendo novela e futebol. Por isso, a palavra "Sanssouci" é sinônimo de "vagabundagem". No fundo, o rei só queria fazer um palácio maior do que o Palácio de Versalhes, e assim dar inveja aos franceses. Só não foi derrubado porque os proprietários tiveram a ideia de lucrar com o turismo (sim, existem pessoas que gostam de ver palácios velhos).

Ver[editar]