Palutena

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Samus cozinha.jpg Este artigo se trata de uma Hentai Girl

Ela é gostosa, mas nón ecziste. Ela participa de algum desenho, jogo ou quadrinhos e já teve que fugir de tentáculos.

Lady Palutena
Palutena.jpg
Nascimento Muito tempo atrás
Angel Land
Idade Aparenta ter 22, mas é imortal
Altura 1,76 m
Peso Desconhecido
Estilo de luta Divino
Arma preferida Báculo
Técnica Máxima Secreta Black Hole Laser
Religião Hã... Palutenismo?
Profissão Deusa
Característica marcante Cabelão verde
Comida favorita Pitanga
Frase favorita Cquote1.png Pit... Cquote2.png
Esporte Pedofilia
Mania Proteger a humanidade

Cquote1.png Sua intenção era pesquisar: Pau de antena Cquote2.png
Google dando uma de adivinho com a pesquisa de Palutena

Palutena é uma deusa hentai criada pela Nintendo para agradar aos fãs punheteiros e atrai-los para jogar Kid Icarus, um jogo bobinho e politicamente correto que acabou fazendo sucesso e virando uma franquia inteira de jogos gays.

Aparência[editar]

Basicamente, Palutena é um clone da Saori Kido (ou da Sasha, já que ela não usa batom), mas isso porque ambas são versões estilizadas e fajutas em estilo anime da deusa grega Athena, cujo nome completo é Pallas Athena. Como os japoneses têm uma péssima pronúncia em relação a palavras estrangeiras, o nome da personagem ficou essa porcaria aí.

A maior diferença entre Palutena e suas semelhantes de Cavaleiros do Zodíaco é a cor de seus longos cabelos, que são verdes, enquanto os das outras são roxos. O figurino é praticamente o mesmo: um longo vestido transparente branco e acessórios dourados, incluindo um báculo comprido que Palutena costuma enfiar no cu de Pit.

História[editar]

Kid Icarus[editar]

Palutena feliz, celebrando sua inutilidade e torcendo para ser comida pelo Pit.

Palutena é a deusa da luz, governante do reino místico Angel Land e muito adorada pelos habitantes locais, já que ela é uma criatura muito boa para todos eles.

Há muito tempo atrás, ela era auxiliada por Medusa em sua soberania, mas esta se rebelou contra a colega e tentou destruir a humanidade, transformando todos em pedra. Bem, esta pelo menos é a versão dos fatos considerada oficial, mas de acordo com nintendistas fofoqueiros de plantão, a verdade é que Palutena tinha inveja de Medusa, pois ao contrário da personagem mitológica, a de Kid Icarus era bem gostosa e rivalizava com a beleza da colega. Assim, para não correr o risco de perder o título de musa da série, Palutena transformou Medusa em um monstro horrível e baniu-a para o reino exilado de Underworld. Desde então, esta tornou-se uma vilã amargurada e assumiu o posto de deusa das trevas, jurando vingança contra sua agora rival e declarando guerra a Angel Land.

Mesmo tendo um exército inteiro à sua disposição para defendê-la, Palutena prefere explorar o anjo pirralho Pit, por quem nutre desejos sexuais em segredo. Assim, após libertá-lo da prisão, ela presenteia o pobre coitado com um arco sagrado que dispara flechas ilimitadas e o envia para Underworld para lutar contra Medusa.

Palutena é aprisionada por Medusa, enquanto a monstrenga malvada se apossa dos três tesouros sagrados de Angel Land junto com seu exército de monstros demoníacos. Aí, tal qual acontece com Athena em Cavaleiros do Zodíaco, o herói precisa se estrepar todo para fazer o sacrifício de libertar sua deusa protetora inútil e impedir que o mal triunfe sobre o bem.

Sendo a deusa de bosta que é, Palutena ainda consegue a proeza de ser vítima de uma possessão demoníaca e fica doidona, aprisionando o espírito de Pit (anjo tem espírito?) dentro de um anel por três anos. Esta foi uma tentativa furada da Nintendo de criar uma versão má da personagem no jogo Kid Icarus: Uprising, tipo o Dark Pit, a fim de torná-la mais interessante e menos chata. Ainda possuída, ela enfrenta Pit como subchefe, e não pode ser derrotada por ele senão o jogo acaba em game over. Claro, isso se o jogador for muito ruim, porque se for bom, vai conseguir reverter o efeito de Palutena e convertê-la em personagem de apoio na batalha final.

Super Smash Bros.[editar]

Nesta suruba que reúne diversos personagens de várias séries de jogos da Nintendo, Palutena retorna ao lado de seu amado Pit para descer o cacete no pessoal, já que SSB é uma franquia de luta. No primeiro jogo em que é introduzida, Super Smash Bros Brawl., ela continua sendo uma hentai girl inútil que presta apenas para dar uma enfeitada aparecendo no Final Smash do modo aventura de Pit e também na forma de troféu colecionável para o jogador. Porém, ela aos poucos foi tendo sua participação evoluída, e a partir de Super Smash Bros. 4 tornou-se uma lutadora selecionável para jogar, sendo considerada uma personagem iniciante de baixo nível, ideal para noobs.

Poderes e habilidades[editar]

Ela é uma deusa, logo, é imortal e pode fazer um monte de coisas fodonas, mas mesmo assim não é capaz de se defender sozinha. Isto porque ela foi criada para ser a típica donzela em perigo que precisa ser resgatada pelo protagonista.

Sua maior "habilidade" é ser a guardiã dos três tesouros sagrados: The Mirror Shield, The Arrow of Light e The Wings of Pegasus; mas nem para isso ela serve, já que vive sendo sequestrada e tendo os tesouros roubados.

Além de ficar aliciando Pit, Palutena concede a ele um poder de voo inútil que dura apenas cinco minutos, e conforme já demonstrou com Medusa e até com o próprio Pit, também tem a habilidade de transformar os outros em seres diferentes, o que deve ser bem divertido de fazer para espantar o tédio.

v d e h
Kid Icarus logo.png
v d e h
Super smash bros logo.png