Pandemia de COVID-19

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Pandemia de Covid-19)
Ir para navegação Ir para pesquisar
Cuco Pica Pau.gif
Este artigo ou seção trata do presente. As besteiras apresentadas aqui estão acontecendo e podem mudar rapidamente, ou serem só apagadas mesmo...

Cquote1.svg É TUDO CULPA DOS CHINESES!!! Cquote2.svg
Donald Trump sobre Pandemia de COVID-19
Cquote1.svg O que nós vamos fazer???? Cquote2.svg
Alguma pessoa qualquer sobre Pandemia de COVID-19
Cquote1.svg A culpa sempre será dos chineses!! Cquote2.svg
Algum médico que esteve no Domingão do Faustão sobre Pandemia de COVID-19
Cquote1.svg Eu com meu histórico de atleta, se eu pegar não passa de uma gripezinha. Cquote2.svg
Bolsonaro sobre Corona Vírus
A Pandemia do COVID-19 ou Pandemia do Coronavírus é o maior acontecimento negativo da história do mundo, pior que a Segunda Guerra Mundial, "digassi de passagi", tudo por causa de um tal de COVID-19. Não sabemos por que ela existe e por que o mundo está em perigo por conta desse tal vírus. O vírus, como todo mundo sabe, começou na Terra do pastel de flango, e se espalhou pelo mundo, colocando mais terror que qualquer filme de terror do Zé do Caixão (pena que ele morreu, poxa vida).

História da pandemia[editar]

A origem[editar]

Chinês tendo os primeiros sintomas da Covid-19.

Todo essa história dessa doença exorcista começou no ânus ano novo, em uma cidade qualquer do interior da China chamada Wuhan (Tradução: Uma rã), quando um chinês qualquer que mora naquela cidade se inspirou no Plague Inc. e em um surto de malária para criar um vírus tão poderoso que matasse toda a humanidade, então, ele ligou seu PC, entrou no tal jogo e criou o tal vírus. Sua missão: matar toda a humanidade (se Jesus Cristo não deixar). O chinês, com esse plano maléfico, decide criar um gene tão poderoso que colocaria a humanidade em perigo (Ui!), então, manda uma cobra e um morcego fazerem sexo, para criarem o tal gene. Não sabemos se essa história existe ou se é invenção do Jimmy Neutron, mas tenho que que dizer, que o negócio vai piorar "mermo".

As primeiras mortes[editar]

Dias depois da criação da arma mortal contra a humanidade, foi registrada a primeira morte por conta da doença (Justo no ano novo!), não sabemos se é homem ou mulher, jovem ou idoso, enfim, ninguém se importa com quem morreu, mas depois disso a coisa começaria a desandar de vez, foi morte atrás de morte, parecia o 7x1 da Alemanha sobre o Brasil na Copa do Mundo de 2014, só que de uma forma bem pior.

Os primeiros casos fora da China[editar]

Ainda na Ásia, foi confirmado os primeiros casos fora da China, na Coréia do Sul e no Japão (Deve ser porque os infectados estavam escutando músicas de um certo grupo de K-Pop para afeminados e não perceberam que havia um vírus em fase inicial de destruição mundial), depois disso, vocês já sabem, né?

Próxima vítima: é um país da Europa[editar]

Velho cuzão que voltou da Itália com seus familiares infectados de quarentena.

Chegou a vez da Europa sentir a fúria do vilão em forma de doença, o primeiro caso foi registrado em um país qualquer daquele continente, depois disso, só foi tiro, porrada e bomba, morte atrás de morte, perigo e caos no continente. Até o futebol de lá foi fodido por causa do Corona, os campeonatos e até a Liga dos Campeões da Europa foi adiada por causa dessa merda do Coronavírus.

Até o Brasil entrou nessa brincadeira[editar]

No final de fevereiro, o Brasil entrou na lista de países que entrariam na zona de destruição mundial e intergaláctica do Coronavírus, e foi tudo culpa de um idoso qualquer que chegou da Itália e decidiu contaminar todo mundo ao seu redor, fazendo o país de bobo.

Anúncio da pandemia[editar]

Foi então que a Organização Mundial de Saúde não teve outra escolha, a não ser declarar pandemia, e ao mesmo tempo guerra ao Adolf Hitler em forma de vírus, achando que é uma ameaça aos judeus à humanidade.

Reação da China[editar]

Cansando dos casos de Coronavírus, a China decidiu que ia mandar o vírus (que começou justamente na China) pro quinto dos infernos, depois disso, a China reagiu e conseguiu (finalmente) controlar o Corona.

Ver também[editar]