Phantom Antichrist

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
DesBoleros em Ingrêis.png Este artigo trata de um álbum

E já teve milhares de cópias vendidas! (ou não).

Conheça o resto da playlist clicando aqui.


Cquote1.svg A phantom is scouring across the land... Cquote2.svg
Phantom Antichrist sobre Phantom Antichrist
Cquote1.svg One thousand voices sing... Cquote2.svg
From Flood Into Fire sobre Phantom Antichrist
Cquote1.svg We are legion! Cquote2.svg
United In Hate sobre Phantom Antichrist
Cquote1.svg Let there be darkness! Let there be blood tonight! Cquote2.svg
Civilization Collapse sobre Phantom Antichrist
Cquote1.svg Embodiment of all demise, the whole human race shall die! Cquote2.svg
Death To The World sobre Phantom Antichrist

Phantom Antichrist é o décimo terceiro álbum do Kreator. Mille pegou a melodia do new wave of British heavy metal e juntou com uma pegada thrash e deu nesse álbum melódico aí.

Até a capa é foda!

Antecedentes[editar]

Depois de voltado ao trono do thrash teutônico (alemão, seu idiota!), Kreator decidiu fazer mais um álbum de figurinhas só pra manter os fãs e as groupies. Mais do que nunca Mille decidiu, com seu miguxo finlandês, dar um Ctrl+C Ctrl+V nas guitarras "gêmeas" do Iron Maiden. Por sorte, como as duas bandas são ricas e famosas ninguém ligou. Foi lançado em 2012.

Produção[editar]

MUITO FODA! Eu disse foda? Eu quis dizer super foda! Ouvir essa sonzeira é como... é como... tirar dez na prova de Matemática, é como levar seu cachorro pra passear, é como ganhar uma passagem pra Acapulco... você ainda não entendeu? A produção é tão boa quanto meter (preciso dizer onde?), como ter seu "amiguinho" molhado pela boca molhada e sedutora de uma fêmea (ou macho, dependendo de preferências...)

Recepção[editar]

O álbum recebeu o Troféu Estrume da Globo Rural, o Troféu Mensalão, do PT; o Troféu Pancadão, do MC Créu e o Troféu Rio de Janeiro de maior "arrastão" musical de 2012. Os fãs do Airon acusaram Mille de ser um plagiador, mas daí ele mostrou sua "bandeira do ódio" e esses fanzinhos enfiaram o dedo no cu rabo entre as pernas.

Conteúdo lírico[editar]

Motins, revoltas, metáforas e conceitos abstratos.

Músicas[editar]

  1. Mars Mantra/Pano de Chão - Uma introdução para encher linguiça.
  2. Phantom Antichrist/Gasparzinho - O fantasminha camarada!
  3. Death To The World/Morte Ao Word - Por todas as vezes que o corretor te enganou!
  4. From Flood Into Fire/Foi Fogo Na Espada - Conta aventuras de um "nobre guerreiro que lutava contra dragões e salvava donzelas em perigo na Europa medieval."
  5. Civilization Collapse/Admiravél Mundo Novo - Um cover da Pitty.
  6. United In Hate/Amor No Coração - "Só o amor... muda o que já se fez, e a força da paz junta todos outra vez..."
  7. The Few, The Proud, The Broken/O Porco, O Espinho, A Aranha - Conta as aventuras de Homer Simpson e Homem Aranha em uma história só.
  8. Your Heaven, My Hell/Sua Esposa, Minha Amante - Você sabe o que isso quer dizer...
  9. Victory Will Come/Derrota dos Vitoriosos - Conta a história militar do mundo.
  10. Until Our Paths Cross Again/Até Que Seu Pau Endureça Novamente - Fala das dificuldades que sua namorada tem contigo.

Ingredientes Integrantes[editar]

  • Milho Pedro Rosa - Guitarra rítmica e vozes do além.
  • Sami Yli-Sirniö - Guitarra solo e robô.
  • Christian Giesler - Baixo e alto
  • Ventor - Latas de suvinil.