Pierre Fermat

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Pierre de Fermat)
Ir para: navegação, pesquisa

Pierre Fermat foi um Matemático conhecido como o "Príncipe dos amadores". Apesar de haver seguidores de Fermat e de Gauss um brigando com o outro por causa desse título. Fermat é conhecido por ser um dos maiores matemáticos do mundo mas, por ser muito preguiçoso, ele só mandava as obras dele por cartas, sendo assim ele nunca fez um livro e ainda deixou que os outros o fizessem por ele.

Infância[editar]

Apesar de ter cara de bicha, Fermat era um Coral.

Fermat não nasceu. Ele já apareceu grande Seria muito simples eu pular já para a parte interessante que seria a parte das obras e do Pascal e Descartes seus amantes mas prefirimos fazer desde o começo.

Fermat já brincou na lama e comeu insetos como todo mundo sabe. Na ida da escola o professor começou a temer ele pois, realmente, ele era um prodígio e sabia ler Russo. O professor questionou a mãe perguntando se ela tinha feito alguma coisa na cabeça do garoto ou tinha feito um pacto com o Chifrudo, não o teu pai.

Fermat acabou sendo direcionado para um colégio religioso e de freiras. Passou a achar que o sexo feminino era ruim, assim como o masculino. Então Fermat ficou conhecido como "Coral" pelas freiras pois estava Indiferente com ambos os sexos, podia passar sem notar por um homem e uma mulher nu.

Ele nem olharia. Fermat cresceu e se tornou matemático... Nas horas livres ainda.

Vida de matemático[editar]

Gostei ais desse quadro full HD!

Fermat ficou conhecido por nunca arranjar um emprego e viver só dos trocados e da pensão que a academia francesa dava à ele Pierre não tinha emprego e mesmo assim fazia matemática só nas horas livres (?), ou seja, quando ele não estava passeando ou dormindo estava escrevendo teoremas. Por esse estilo de vida tão "zen" ele só escrevia cartas.

Logo, Fermat já estava entre a panelinha dos Matemáticos e as suas cartas foram endereçadas para eles. Os matemáticos amadores então passaram a mandar todas as obras para Fermat que sempre tinha tempo para eles e apresentá-las ao público, ganhando mais prestígio que os próprios criadores.

O incrível é que eles nunca reclamaram. Galois foi um dos pobres coitados que mandou a obra para ele, mas Fermat ficou gripado e se esqueceu da obra de Galois. Fermat e Pascal e Descartes e Fermat elaboraram trabalhos matemáticos entre si. Mas por cartas.

Então descobrimos nessa parte que Descartes era o vilão pois ele conseguiu se apossar de uma das obras de Fermat e ele nem ligar. Já Pascal teve que dividir com Fermat mesmo. Fermat também escreveu uma teoria muito louca dos números primos que você nunca vai usar.

Contribuições[editar]

Ele e descartes contribuíram com o famoso "Plano Cartesiano", ambos acabaram trocando cartas sobre o assunto e como descartes apresentou primeiro Fermat não teve o devido conhecimento... Ou não. Já Pascal e Fermat trocaram cartas sobre a "matemática do acaso".

Seria algo como eu dizer quais as chances de seu pai pegar a tua mãe com outro homem na cama. Então você leva em conta variáveis, os dias da semana, os horários e em que dias ele poderia encontrar ela se pegando com outro homem, se ela trabalha de segunda a sexta se esfregando em homens, seu pai trabalha de segunda a sexta e a sua mãe só faz ponto à noite as chances são de 60%

Como eu calculei isso? Eu sei la. Só sei que se o seu pai for procurar uma mulher na rua da vergonha vai acabar achando a tua mãe. O que não vai ser muito bom pra ele.

Morte[editar]

Fermat deve ter morrido naturalmente e não por suicídio. O que é bem comum entre os "famosos" e que não rima com ele já que ele é bem Indiferente.

Hstfig22.JPG
Matemágicos Matemáticos, geômetras e outros nerds
v d e h

al-Khwarizmi, o impronunciável - Alan Turing - Albert Einstein - André Weil - Bombelli - Bhaskara - Cantor - Manuel Bento de Jesus Caraça - Euclides - Euler, our king! - Fermat, o príncipe - Ferrari - Fibonacci - Galileu - Galois, o rebelde - Goldbach - Gauss, o príncipe - Newton - Inácio do Amaral - Lambe Humberto - Tio Laplace - Tio Omar do Quibe - Veneno Poisson - Pitágoras, o largo - He Man Riemann - Tartaglia, o gago - Jacques Tetas - Recorde - Pascal - Abel, o azarado - Arquimedes - Paul Anônimo - Cardano, o mais azarado - Tales, o pioneiro - Filho duma tenda - Neumann, o atômico - Erdös, o sociável - Cauchy