Pixies

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Arband.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Um dos componentes da banda

Cquote1.png Where is my mind? Cquote2.png
Frank Black sobre suas amnésias repentinas
Cquote1.png Eu vou pro céu! Cquote2.png
Macaco sobre música do Pixies
Cquote1.png Eles não cheiram mais a espírito juvenil, tão tudo velho... Cquote2.png
Kurt Cobain sobre Pixies
Cquote1.png Não comi. Cquote2.png
Frank Black sobre Kim Deal
Cquote1.png Nunca vi. Cquote2.png
Ray Charles sobre Pixies
Cquote1.png Na União Soviética, a onda mutila VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Pixies
Cquote1.png Hey! Cquote2.png
Frank Black sobre alguém passando na rua
Cquote1.png ...Chuck Norris é 7! Cquote2.png
Algum fã do Pixies sobre Chuck Norris
Cquote1.png Você está num fast food japonês... Cquote2.png
McDonald's sobre Pixies
Cquote1.png Isto ainda ecziste? Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Pixies
Cquote1.png Pi... o quê? Cquote2.png
Seu avô sobre Pixies
Cquote1.png Espero que seu inglês seja melhor que seu espanhol. Cquote2.png
Roberto Justus sobre Frank Black

História[editar]

Pixies é uma banda formada em Bosta, Massachusetts, nos anos 80 antes de Cristo (mesma época de clássicos emo como Gloria Gaynor e Village People), por um bando de universitários cansados de estudar.

Formada por Frank Black (irmão gêmeo do mal - e careca - de Jack Black) que por anos treinou arduamente com os monges chineses do México, onde aprendeu a antiga língua espanhola dos monges, e conheceu seu outro irmão gêmeo, Kuririn, que havia sido abandonado na porta do templo dos monges.

Após anos no monastério, cansado daquela babaquice toda, decidiu voltar a pé para a universidade onde estudava. No caminho, na fronteira entre México e Estados Unidos, conheceu um imigrante ilegal chamado Joey Santiago, o qual estava sendo comido vivo pelos lobos e foi salvo com um kamehameha do Frank.

Então foi neste momento que Buda veio até eles e lhes disse: "Formem uma banda". Eles pensaram em Nirvana, mas não acharam que cheirava a espírito adolescente, então pensaram em uma coisa mais popular. Joey disse que lá no México havia um desenho que era muito popular, e que por muitos era considerado demoníaco. Tal desenho era Digimon e, de um dos personagems amaldiçoados (o Piximon), eles nomearam a banda de PIXIES.

A banda só tinha dois componentes, que curiosamente tocavam apenas guitarras, e por anos eles tentaram se apresentar em bares, mas eram sempre linchados, e assim Frank sempre tinha que sair voando com Joey nas costas. Foi aí que, num belo dia, eles pediram ajuda a Buda, e então tiveram uma ideia: chamar uma mulher gostosa para integrar a banda, o que salvaria suas carreiras (ou pelo menos podiam dar umas bimbadas de graça). Então eles botaram no jornal local, na seção de encontros dos classificados: "Caucasiano, 1,90m, loiro, procura uma companheira para atividades". No mesmo dia que saiu o anúncio, ligou para eles uma tal de Dana Lovering, mas quando eles a encontraram, viram que era só um otário, chamado Dave Lovering, tirando onda com a cara deles. Humilhados, voltaram para casa. Dave, que não tinha porra nenhuma melhor para fazer, foi até a casa deles pedir desculpas, e xepar alguma comida... Então eles perguntaram se ele sabia tocar alguma coisa, ele disse que sabia tocar timbau. Daí, com uma hora e meia de treino, logo ele aprendeu a tocar bateria. Eles não conseguiram a puta gostosa para tocar, mas pelo menos conseguiram um otário que dava umas batucadas.

No outro dia, em uma esquina, eles focalizaram uma jovem prostituta que por 1,99 lhes masturbaram. Seu nome: Kim Deal (seu nome de profissão). Frank pensou: se ela tem essa habilidade com a mão, algo ela deve conseguir tocar. Então por mais 2,50, eles a levaram para casa, onde lhes deram um baixo. Inicialmente ela começou a bater um boquete no baixo, mas logo lhe foi explicado melhor o modo de usar o instrumento e, por mais 2,50 ela aprendeu a tocar e, de quebra, acabou entrando para banda dos caras. Pronto, estava formada a porra da banda.