Polígono

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Relógio nerd.JPG Este artigo é relacionado à matemática.

Cquote1.svg A ordem dos fatores não altera o produto. Cquote2.svg
Sua professora do primário sobre multiplicação.

Cquote1.svg Meu instrumento de tortura Cquote2.svg
Professor de geometria sobre polígono

O polígono é uma figura plana formada por três ou mais segmentos de reta que se intersectam dois a dois.

Cquote1.svg Um Póligono de 56.645 lados é um Pentakismyriohexakisquilioletracosiohexacontapentagonalis Cquote2.svg
Matemático sobre Polígono

Cquote1.svg O quê? Cquote2.svg
Você sobre polígono

Um polígono invisível

Se você não for nerd, superdotado (na cabeça), ou simplesmente é uma pessoa normal, nunca conseguiria entender isso. Resumindo para os burros normais, um polígono é um desenho com linhas. Apenas um desenho com linhas.

O motivo da invenção disso[editar]

Na Grécia antiga, as pessoas mais velhas começaram a ficar super putas com os mais jovens (adolescentes e crianças). As crianças só pensavam em brincar, desenhos animados, dormir e viver na vagabundagem. Tanto os desenhos violentos como os mais retardados irritavam os adultos, que não podiam descansar com o barulho. Os adolescentes só pensavam em vagabundagem, sexo, punheta, esporte e punheta. Isso quando não se divertiam irritando os vovôs.

Diante dessa situação, todos os adultos reuniram-se num conselho para discutir como proceder com esses jovens vagabundos. Movidos pela raiva, chegaram em uma mesma decisão. Lembrando do local mais odiado por esses seres (a escola), pensaram em criar uma nova matéria em

Para que serve isso?

matemática. Com certeza daria certo. Fizeram uma vaquinha e contrataram os serviços de Aristóteles, Sócrates, Platão e outros 6 "gênios" para pesquisar e inventar uma matéria complicada.

A criação[editar]

Andando pela cidade, perceberam que encontrar algo complicado era impossível. Até que um pensou em pegar algo simples e complicar. Então desenharam uma figura e bolaram dezenas de "regras" que deviam ser usadas para "compreender" os desenhos. Para piorar, tiraram de algum lugar o nome "Polígono" e botaram sendo o nome da nova matéria. E para terminar, pensaram no nome mais difícil possível para nomear coisas idiotas. Surgiu "convexo", "diagonal", "vértice" e outros palavrões.

Impressionados com a nova matéria, o conselho de adultos rapidamente aprovou a criação e instalou em todas as escolas de toda a Grécia. E divertiram-se muito com o sofrimento das crianças em tentar compreender o incompreensível. Com o sucesso da missão, os polígonos espalharam-se por todos os colégios de todos os países, para a infelicidade dos baixinhos até os mais altinhos.

Uso[editar]

Saber que o polígono tem isso e aquilo não tem utilidade nenhuma. Por isso, quem perdeu parte do seu tempo decorando coisas sobre polígonos se ferrou. Além de não aprender nada.