Porto Belo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikify.png Por favor, alguém arrume este pobre artigo segundo as diretrizes estabelecidas no livro de estilo antes que alguém infarte lendo esse artigo mal formatado...
AVISO: NÃO REMOVA ISSO ANTES DE TER CERTEZA ABSOLUTA QUE O ARTIGO JÁ FOI COMPLETAMENTE "WIKIFICADO", SENÃO VOCÊ PODERÁ SOFRER AS CONSEQUÊNCIAS!
Dica: não sabe como wikificar um artigo? Então leia AGORA o nosso Tutorial Wiki! Ou peça ajuda para os usuários mais experientes...
Ponte-HLuz.jpg Se quésh quésh, se non quésh, dish!

Este artigo é catarinense! Já entrou em coma alcoólico na Oktoberfest, sabe o que é boi-de-mamão, tem um poster do Guga e pensa que é alemão!

Venha para o lado barriga-verde da força você também!

Cquote1.png Porto Belo? Só se for das mulheres nessa cidade, pois no resto é apenas lixo! Cquote2.png
Morador de Porto Belo sobre Porto Belo

Porto Belo é um município brasileiro situado no Estado de Santa Catarina. Localiza-se no lixão Vale do Itajaí. É conhecida apenas por ser passagem obrigatória para chegar em Bombinhas e por ser próxima de Balneário Camboriú, dois grandes pontos turísticos na temporada infernal. É dominada por pescadores e fugitivos da favela que fica na cidade vizinha, Tijucas.

A sua história

O que esse gato tem a ver com a cidade? E o que "Porto" tem a ver com uma cidade sem Mar?

Provavelmente os primeiros a ocuparem a área foram pequenos grupos de filhos da puta, carinhosamentes chamados de coletores e caçadores provenientes do Vale do Rio Uruguai, que penetraram no território catarinense em torno de 3000 AC. Em torno de 1000 AC formaram-se os primeiros núcleos tribais, denominados Jê, sendo que no litoral estavam os índios da nação Tupi-Guarani, denominados Carijós.

Em 1504 o navegante francês Binot Paulmier de Gonneville fez a primeira descrição do índio catarinense, que os homens de lá tinham pênis menores do que os dos Europeus, mas as indias eram muito mais peitudas e gostosas do que existentes na Europa; A partir da fixação dos primeiros brancos no litoral, os grupos indígenas foram desaparecendo em decorrência de doenças trazidas pelos brancos e pelas bandeiras paulistas que mutilavam vilarejos e matavam tudo o que eram indios naquele litoral, um verdadeiro banho de sangue, o que fez com aquela cidade por 3 meses seja chamado de Porto Extermissista (ou não).

A criação definitiva daquela cidade

Em 1818, o povoado da enseada das Garoupas foi elevado à condição de colônia com o nome de "Colônia Nova Ericeira" (para não serem mais lembrados por matarem tantos indios naquela região), pois 101 pessoas entre homens e mulheres foram trazidas de uma colônia de pescadores de Ericeira - Portugal, para darem iní­cio à atividade pesqueira ilegais e matanças de baleias na região. Pouco a pouco a povoação foi progredindo, de forma que foi elevada a freguesia em 1824. A grande concentração de moradores na região das Garoupas, a existência de duas escolas, um cirurgião, um posto militar e de igreja fez do local um importante centro entre São Francisco e Desterro, principalmente por possuir um dos melhores portos da região, fator de grande importância, pois grande parte do deslocamento era feita pelo mar. O nome Nova Ericeira não chegou a se consolidar facilmente, continuando o local a chamar-se Enseada das Garoupas até 13 de outubro de 1832, quando passou a denominar-se Vila de Porto Belo, nome que surgiu devido à beleza das mukheradas gostosas por lá e à tranqüilidade dessas águas para aproveitar elas. Em 13 de dezembro do mesmo ano foi criado o municí­pio de Porto Belo, desmembrado de São Francisco após muitas mortes, como eram feitos em cidades iundepedentes em eras passadas.

A sua infra-estrutura

A infra-estrutura hoteleira de Porto Belo é de excelente padrão, com oferta de 3.000 leitos para poder jogar tudo o que for de lixão a vontade. Pousadas e campings e moteis baratinhos são outras opções de hospedagem. Há intenso comércio, com destaque para os quatro centros comerciais e grande número de bares e restaurantes onde a prostituição corria solta nela, pizzarias, churrascarias, self service e lanchonetes, além de várias casas noturnas de sexo, a estrada de pereque com buracos de 3 metros de diametro a cada 5 metros, somente tratores podem passar, um otimo lugar para arrebentar os amortecedores, Porto Belo conta com um plano diretor excelente, Vereadores Perfeitos, inteligentissimos, e na bela estrada esburacada,a cidade conta com prédios altos, hospitais, parques, cinemas, um plano diretor ótimo, excelente, que a cidade esta crescendo muito, só que de tras para frente, um povo inteligente, um povo de ONG que querem ver Porto Belo crescer, ONG para quem não sabe aqui é Otarios na Grota, Perequê, o bairro que cresce para trás.