Postal 2

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Postal 2 é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, um nerd bota cheat no Pokémon Ruby pra capturar um Missingno.

Ruth ronce.jpg I M A G E N S|||F O R T E S

Neste artigo são exibidas imagens fortes. Caso você possua doenças cardíacas ou seja menor de 18 anos, idoso, gestante, fresco, patricinha ou emo, não leia este artigo.


Postal 2
CapaPostal2.png

Capa do jogo, com o Nicolas Cage Postal Dude na capa.

Informações
Desenvolvedor Running with Scissors (muito conhecida, por sinal...)
Publicador Running with Scissors e Whiptail Interactive (???)
Ano 2003
Gênero FPS
Plataformas Ruindows, Lixux e Maçã-Podre
Avaliação Não passa de 4
Idade para jogar Mais de 8000 18


Postal 2 é um jogo pra computador, e é uma sequência do primeiro Postal, que é uma merda total. Foi criado por alguma empresa de fundo de quintal americana. O jogo é conhecido pela internet por ser maravilhosamente violento. Foi proibido em alguns países frescos e politicamente corretos, como Austrália, Austrália 2, Malásia, Nazismolândia, e outros.

Jogabilidade e história[editar]

Postal 2 é conhecido pelas suas possibilidades maravilhosas, como tacar gasolina nas pessoas da cidade e botar fogo (até nos cães), pegar arma e sair matando todo mundo, invadir casas, desmembrar pessoas, usar gatos como silenciador pra suas armas...

Além disso, tem a melhor coisa do jogo, que é soltar um mijo, mijar nas paredes, mijar nos cães, mijar nas pessoas, mijar nas pessoas mortas, mijar nas pessoas mortas depois de serem queimadas vivas, mijar nas pessoas mortas depois de tomarem um headshot na cabeça e serem queimadas vivas (tá indo longe demais), mijar pra cima e se molhar com o mijo, entre outras coisas totalmente possíveis na vida real sem que você seja preso, espancado e morto.

O jogador controla o "Postal Dude", que é O CARA. O jogo se divide em dias da semana, de segunda á sexta. No começo do jogo, ele sai da casa dele, e aí mostra as coisas que o personagem tem que fazer, assim como desejos do personagem (por algum motivo, não tem sexo).

O propósito (ou era pra ser) é de terminar as tarefas em qualquer ordem escolhida, e aí entra a exploração do cenário. As tarefas são tipo comprar leite, confessar pecados e etc, coisas normais que qualquer um faz no dia-a-dia, mas que é só encheção de linguiça pra o jogo de verdade, que é sair matando tudo e todos.

Armas (sem as expansões)[editar]

Mijando em corpos desmembrados em um campo de treinamento terrorista. Mais um dia normal na vida de Postal Dude.
  • Tazer
  • Soco Inglês
  • Cacetete
  • Pistola
  • Shotgun
  • Machine Gun
  • Gasolina
  • Fósforo
  • Granada
  • Coquetel Molotov
  • Tesoura
  • Cabeça de vaca com doença (???)
  • Hunting Rifle (sniper)
  • Rocket Launcher (lança-foguetes)
  • Napalm Launcher (evapora qualquer um)

Expansões e outros lançamentos[editar]

Precisa de ajuda, moça?
  • Share the pain: (em português: "Compartilhe a Dor", o que é meio estranho, mas enfim) Essa expansão adiciona o multiplayer ao jogo, pra você poder mijar no seu amiguinho de escola ou botar fogo nele, ou então matar, queimar e mijar em alguém juntos.
  • Apocalypse Weekend: Apocalypse Weekend (em português: "Fim de semana apocalíptico" ou algo assim) é uma grande expansão que adiciona mais armas, inimigos, mais missões e aumenta a violência num nível nunca visto, além de continuar a bela história do final do Postal 2.
    A expansão adiciona sábado e domingo para o jogo, que o Dude tem que lutar com hordas de zumbis, o talibã (???) e a guarda nacional, entre outras insanidades.
  • Postal 2: Corkscrew Rules!: É um spin-off do jogo e expansão de Postal 2, e foi lançado em 2894, em uma base secreta soviética. O jogo é sobre um homem chamado Corkscrew (belo nome), que acorda em um belo dia e percebe que, de alguma forma, o seu pênis foi amputado, e vai em uma missão pra encontrá-lo. Normal, todo mundo passa por isso. O jogo foi desenvolvido na Rússia, e os malditos não fizeram uma tradução pra inglês ou outra língua. Mas que cyka blyat!
  • Paradise Lost: É uma expansão pro Postal 2, lançada em 2015, muito tempo depois do jogo ser lançado, porque eles precisavam de uma grana, já que Postal 3 foi odiado por todo mundo. Paradise Lost se passa 12 anos depois de Apocalypse Weekend. Postal Dude acorda depois de 12 anos em um coma, fazendo referência ao tempo entre o lançamento de Postal 2 e o lançamento de Paradise Lost, que é 12 anos (ninguém deve se importar, mas enfim).

O objetivo dele agora é encontrar o cachorro dele, o lendário Champ, que está desaparecido (ou até morto), mas Paradise agora é uma cidade pós-apocalíptica. Postal Dude se alia com algumas facções que encontrou nos jogos anteriores, como por exemplo a Al-Qaeda (Alahu Akbar!), e eles acabam ajudando o Dude á encontrar o Champ.

  • Postal 2: Eternal Damnation: É uma conversão total do Postal 2, mudando quase tudo, mas deixando a base do gameplay e tal e fazendo um jogo novo. O tal do plágio (ou não). O protagonista é John Murray, internado em um hospício mental, depois de matar um cara que tava tentando agredir a namorada dele por algum motivo que eu não sei. O cara também aparece na expansão Paradise Lost como um ovo de páscoa.

Requerimentos do sistema[editar]

  • Ruindows:
    • Mínimo: Torradeira com Ruindows 85 instalado
    • Recomendado: Computador Pentium I 0.25 Ghz, placa de vídeo de 16 KB, 69 MB de memória ram, e de fonte pode ser um pirocóptero.
  • Lixux:
    • Mínimo: Foda-se, ninguém usa essa merda mesmo
    • Recomendado: Foda-se, ninguém usa essa merda mesmo
  • Maçã-Podre:
    • Mínimo: Mac OS modelo Rouba-Troxa
    • Recomendado: Mac OS modelo EssaMerdaÉSóParaImbecisSeExibirem

Notas[editar]

  • Foi lançado em 2011 o Postal 3, que dizem que é uma merda (mesmo se tratando de Postal).
  • Não deixe o seu irmãozinho jogar Postal 2.
v d e h
Postal logo.png