Rebeca Linares

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Jenna Haze.png
Rebeca Linares
Rebeca Linares.jpg
Nascimento 13 de Junho de 1983
Espanha
Ocupação Aparecer naqueles spans toscos de sites pornô de quinta
Altura 1,57
Signo Gêmeos
Cabelo Preto

Cquote1.png Você quis dizer: Aquela atriz pornô que aparece em 11 de cada 10 spans de site pornô Cquote2.png
Google sobre Rebeca Linares

Rebeca Linares é uma famosa puta paga que faz espanhola. Atualmente, Rebeca Linares é considerada uma lenda do mundo da putaria, pois, além dela ter feito mais de 352 filmes pornográficos, quantidade nunca antes na história feita por nenhuma outra atriz, ela também aparece em uma porrada de spans de sites pornô de quinta.

Antes de mais nada, um anúncio dos nossos patrocinadores[editar]

Passado[editar]

Cquote1.png PARE!! Se quiser olhar, fique à vontade. Mas, se quiser tocar, aí tem que pagar... E muito!! Cquote2.png
Rebeca Linares

Rebeca Linares nasceu em San Sebastián, uma cidadezinha pequena, quase do tamanho de Nova Iorque, que fica no interior da Espanha. Filha de Milton Neves com uma profissional do séquiço qualquer, Rebeca Linares aprendeu desde cedo que, se quisesse ter sucesso na vida, deveria fazer duas coisas: Trabalhar no cinema pornô, pois este gera uma renda assustadoramente grande, e fazer merchandising, pois este, além de aumentar a fama, mantém o bolso saudável. Como é uma menina obediente, Rebeca Linares seguiu o conselho de seus pais à risca, e, quando entrou na adolescência, se mudou para Barcelona, para tentar conseguir algum emprego.

Pouco tempo após ter chegado em Barcelona, Rebeca Linares já conseguiu a sua primeira oferta de trabalho: Um sujeito misterioso perguntou se ela queria trabalhar em uma requintada casa de massagens local. Como Rebeca Linares sabia que o seu destino era trabalhar nesses lugares mesmo, ela aceitou imediatamente, e logo conseguiu se adaptar ao ofício.

Após ter ganhado bastante exepriência nesse ramo, Rebeca Linares recebeu o convite que ela tanto esperava: Um empresário perguntou se ela queria trabalhar no cinema pornô. Obviamente, Rebeca Linares aceitou, e estava pronta para gravar filmes e tornar o traseiro conhecido no mundo todo.

Para manter a qualidade do artigo, mais um anúncio dos nossos patrocinadores[editar]

Carreira[editar]

Rebeca Linares pronta para bater para em você.

Apesar de ter grande expectativas, Rebeca Linares não conseguiu muito trabalho na Espanha, pois o povo local estava mais interessado em louvar o Tio1.jpg do que homenageá-la. Por conta disso, para não morrer de fome, Rebeca Linares foi trabalhar em outras partes da Europa, em especial na Alemanha e na França, pois a quantidade de punheteiros era muito grande. Mesmo assim, a quantidade de trabalho era muito pequena, e ela não ganhava nada, NADA, ABSOLUTAMENTE NADA!!. A pobre e pequena garota de família vivia somente do leite de mastruço que lhe era fornecido de graça ao final de quase todas as suas cenas dos filmes em que participava.

Por conta disso, Rebeca Linares resolveu tentar a carreira na América, pois nesse continente sim ela encontraria uma grande concentração de punheteiros. E ela estava certa: Em muito pouco tempo, ela ganhou grande fama, e conseguiu fazer, até os dias de hoje, mais de 300 filmes, para a alegria geral da nação.

Atualmente, Rebeca Linares continua fazendo diversos filmes, porém, ela se concentra mais em aparecer em revistas pornográficas, e em canais de televisão, contando como foi a sua carreira. Ela também assinou um contrato infinito com empresas sombrias que atuam no ramo de aumento peniano. Por conta disso, ela sempre aparece em todos os spans que essas empresas colocam nos mais diversos sites pornô.

Prêmios[editar]

Ver também[editar]

Para finalizar, uma palavrinha dos nossos patrocinadores[editar]