Roberto Bulhões

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
SBTTV.JPG Este artigo é coisa da ex-vice maior audiência do mundo! Seu programa é chato e ruim, dá menos audiência que o Vídeo Show e usa os produtos Jequiti. Se vandalizar, você será forçado a ver briga de pobre no Teste de DNA e no Casos de Família. Conheça outros plágios mal-disfarçados clicando aqui.
Nascimentoproctologista.JPG
Este artigo pode levar-te para o Lado Azul da Força!

Este artigo é cabra omi e foi aprovado por Clint Eastwood, então leia-o até o fim para virar homem e passar a gostar de bocetas. Se você vandalizar, será proibido de assistir Ursinhos Carinhosos!


Darth vader.jpg I find your lack of images disturbing!
Este artigo possui poucas imagens, e Darth Vader não está nada feliz com isso. É melhor colocar mais imagens, senão o Darth Vader vai te enforcar usando a Força

Cquote1.svg Você quis dizer: Roberto Colhões Cquote2.svg
Google sobre Roberto Bulhões
Cquote1.svg Faz um garrote aqui no meu braço! Cquote2.svg
Bulhões após tomar um tiro de fuzil no braço

Roberto Bulhões é um jornalista nordestino conhecido por sua bravura, uma vez que até tiro mas não larga o microfone. Em suas reportagens já aconteceram todo tipo de bizarrice e excentricidade, as pessoas que conheceu se parecem mais com personagens de missões paralelas do GTA V ou do Red Dead 2.

Reportagens[editar]

Bulhões tem bastante coisa para colocar em seu currículo. Durante suas aventuras ao redor do nordeste nos anos 90, conheceu uma macaca de rua que queria se tornar jogadora de futebol, um maluco que tentou enfrentar a polícia com um pedaço de pau após tentar matar um argentino, uma velha de 91 anos que ficava o tempo todo armada com uma espingarda, filmou o Theo Becker He-Man do nordeste lutar contra e espancar 35 homens no ringue e chegou até mesmo a tomar um tiro de fuzil no braço enquanto cobria uma abordagem policial a traficantes da capim em Juazeiro do Norte, e só não ficou sem braço por causa de um grupo de magos e alquimistas que trabalharam juntos para regenerar o braço de bulhões, confirmando que o SUS é motivo de orgulho desse pais.

Arquivo[editar]

Nota: o trecho seguinte está "compactado" de modo a despoluir visualmente o contexto da página toda.

A macaca rabininha
Valentão enfrenta polícia de porrete na mão
Velhinha de 91 anos atira de espingarda e revólver
He-Man do nordeste espanca 35 homens de uma só vez
Faz um garrote aqui no meu braço!