Rosa de Saron

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Passarinho.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Wikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Rosa de Saron.

Cquote1.png Filhos da ****! Nos plagiaram! Cquote2.png
Oficina G3 sobre Rosa de Saron
Cquote1.png Triste Imperfeição. Cquote2.png
Fã de rock sobre Rosa de Saron

Rosa de Saron (perdoe-nos por termos feito você ler isso) é uma pseudo-banda de rudimentos de rock católica. Nasceu em 1988, no meio de um tumulto no Movimento de Renovação Carismática (ou não) lá na periferia de Campinas. Formada por Guilherme de Rá no vocal, Eduardo Faro de Toupeira na guitarra, Rogério Felpudo no baixo e Wellington Tô de Greve na bateria, essa joça ficou famosa pelas músicas emo que lançava, tais como "Noite Fria", "Sem Você" e "Incompletude" (argh!).

História[editar]

A inspiração do nome da banda, um sabonete lançado pelo pai do Guilherme

Depois do surgimento da bandinha, logo ficou claro de qual lado da força eles pertenciam. Compondo músicas de quinta categoria, iam aos trancos e barrancos se sustentando como podiam. Participavam de festivais e concursos de música emo e dopavam os juízes, para se beneficiarem e ficarem nos primeiros lugares. De tanto trapacearem nas disputas, acabaram tendo algum prestígio entre mongoloides de 17 anos que frequentavam saunas gay, fato que contribuiu para a gravação do primeiro (de muitos) desastre da banda: " Posers da Cruz" (ver Discografia), cheio de músicas emocore e estilo guria retardada.

E nos anos seguintes, a banda foi lançando sucessivamente os álbuns, até porque o empresário deles era um jegue e estimulava o lançamento desses lixos.

O símbolo da banda

Discografia[editar]

Lista de álbuns dos Rosinhas de Saron
Ano Nome
1994 Posers da Cruz
1997 Modinha Suprema
2002 Depois do Plágio
2005 Casa dos Posers
2007 Poseragem Acústica
2008 Poseragem Acústica e Ao vivo
2009 Cristianismo Distante
2010 Cristianismo Vivo Distante
2012 O Agora e o Inferno
2013 Esse álbum foi excluído da discografia
2014 Cartas ao Tchelão
2015 Poseragem Acústica e Ao Vivo 2/3
2017 Desnecessária
2018 Gran Bosta

Músicas[editar]

Guilherme do Rá quando se candidatou a Jesus Cristo

Quase sempre suas músicas têm muita frescura e tolice irritantes, que faz um fã ficar na dúvida se é católico ou emo. Veja um exemplo:

Cquote1.png Na noite friaaa/Começo a pensar em quem eu sou... Cquote2.png
WTF??

Saca só o estilo!

Você entendeu alguma coisa?? Parece mais aquelas bandinhas fracassadas emo que não conseguem compôr uma música decente, que faz oX SeUXX fans (não sei falar emês) chorarem feito bichas desmioladas. Músicas como "Invernia", "Dias Assim" ou "O Mestre dos Magos Ventos" são puta viadagens, que irritam qualquer ser humano normal fã de rock. Eis um maldito trecho de "Invernia":


Sinto-me traído por mim mesmo
Quando o reflexo no espelho não retribui o sorriso que eu lhe dou
E se ouven sons
De vidroos ao chão... buááá!

Ver também[editar]

Links Externos[editar]