Shujinko

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
PokeRyu.PNG Este artigo é sobre um(a) lutador(a)!
Se você ofender este fodão estragando este artigo, ele vai te encher de porrada!
Knux Smash.jpg

Cquote1.svg Você quis dizer: Sujinho? Cquote2.svg
Google sobre Shujinko
Cquote1.svg Me diga: você destruiu tanta coisa... Mas o que você construiu, exatamente? Cquote2.svg
Onaga sobre Shujinko ter o matado e ter acabado com as kamidogus
Cquote1.svg Não é bem uma Genki Dama, mas também é uma ótima técnica que ele aprendeu. Cquote2.svg
Goku sobre as habilidades de pegar o Chi dos guerreiros de Shujinko
Cquote1.svg Só pode ter UM velho decrépito nesse jogo! Cquote2.svg
Shang Tsung sobre Shujinko

Shujinko puto da vida ao saber que ele foi ele foi usado pelo Onaga e que nunca na vida conhecerá o lendário Pai Mei verdadeiro

Shujinko é um reles lutador do time dos bonzinhos da rinha humana chamada Mortal Kombat e a estrela principal do Mortal Kombat: Deception, único jogo em que não é um simples peso de porta, e um dos poucos que ele aparece, na verdade. É o sock puppet favorito de Onaga, servindo como uma marionete de carne a vida inteira. Apesar de passar muitos anos fazendo merda e ajudando na ressurreição do antigo imperador da exoterra inconscientemente, Shujinko aprendeu e masterizou todos os estilos de artes marciais existentes e não-existentes durante sua jornada por todos os mundos de Mortal Kombat, podendo fazer um pot-pourri de todos eles para criar estilos novos imprevisíveis. Algum estagiário bebeu todas no bar e decidiu que ele seria o protagonista do até então novo jogo do MK, lááá no PlayStation 2. Já sabiam que ele seria uma decepção e colocaram isso no nome do jogo.

Sim, apesar de ser um velho de pau mole, Shujinko é um dos mais competentes lutadores do universo de MK, perdendo apenas para os chefões hackeados, como o próprio Onaga com todos os pedaços de kamidogus e com o amuleto de Shinnok. Porém, Shujinko não tem nenhum poder exclusivo dele, por isso é o Ditto da série Mortal Kombat e não é um personagem amado nem pelos fãs e nem pelos desenvolvedores, que parecem odiar esse véio.

História[editar]

Shujinko depois de tomar um doce fica vendo luzes estranhas e acha que tá falando com deuses

Em Mortal Kombat: Deception, Shujinko era apenas um jovem pimpão e melequento quando achou por aí uma bola de energia falante chamada Damashi, que disse a ele que ele era O ESCOLHIDO para a tarefa de juntar as seis esferas do dragão chamadas kamidogu, que foram organizadamente espalhadas por Deus nos seis reinos do mundo, e trazer pra Damashi. Pra quê isso? Porque sim e é porque tem que ser, oras. E o coitado nem suspeitou de nada, esse seria corno facilmente.

Claro que pra isso ele precisaria de uma ajudinha, senão no primeiro inimigo que aparecesse ele iria levar um fatality na fuça e morreria, então Damashi deu o poder da máquina de fax de copiar os movimentos dos outros e usá-los contra eles, coisa de quem não tem criatividade de inventar poder do próprio cu... Aí, Shujinko começou sua jornada de imigrante ilegal à procura das kamidogus em todos os reinos, ajudando uns coadjuvantes merdas que apareciam no caminho precisando muito de ajuda, como Hotaru e Raiden, pela glória do script dos jogos eletrônicos.

Shujinko dando um soco LGBT em Onaga.

Quando ele finalmente conseguiu reunir as bolas, depois de décadas e de ter ficado mais velho que uma múmia, Onaga, o rei dragão que um dia já foi moderador malvado da Exoterra e queria voltar pra seu posto, saiu do armário e revelou que tinha colocado um líquido engraçado no café do Shujinko pra ele ver coisas psicodélicas, e que era tudo uma grande pegadinha do Mallandro. Quando Onaga ia dar uns cascudos no véio, Shujinko acabou fujinko por um portal. Onaga voltou a mandar na porra toda na Exoterra com as kamidogus, que são mais fodas que as joias do infinito do Thanos. O Sujinho não ia deixar isso barato, pois a vingança é um prato que se come fervendo enquanto toma um suquinho feito com o sangue de inimigos. Onaga se fodeu dando poderzinho pra Shujinko, pois isso o tornou em uma máquina de fax destruidora de lares que mata qualquer um que estiver no roteiro como "inimigo". Shujinko reuniu um exército de manés, e com seu poder de protagonista, chutou a bunda gorda de dragão do Onaga e destruiu as kamidogus. Por esses feitos foi tratado como uma celebridade nível ator da Globo.

Depois dessa participação deveras gorda em Deception mas que ninguém deu muita bola, Shujinko foi posto no freezer pra descansar e só é visto em bicos nos especiais de fim de ano, como na maratona de escalada da pirâmide do Egito do jogo Armageddon, mas rapidamente levou um tapa na orêia da Sheeva. Depois disso, se aposentou e está vivendo às custas do governo.

Shujinko nos cinemas

Fatalities[editar]

  • Novo Suporte Para Minhas Espadas: Shujinko gentilmente retira sem consentimento a cabeça do inimigo com duas peixeiras, e em seguida enfia as espadas no ombro do inimigo, fazendo ele servir de suporte pras lindas espadas dele.
  • Corte Tramontina: Ele fatia e passa o inimigo, mas mesmo fazendo picadinho do inimigo, ele precisa chutá-lo pra ele se dividir em pedaços, igual os açougueiros fazem com carnezinhas de segunda.
  • Hara-Kiri: Auto-Cotoco: O idiota tenta fazer malabarismo no farol com suas peixeiras, achando que ia pegar de boa as facas, mas elas acabam cortando seus braços e ele falece. Acontece nas melhores famílias e nas melhores fábricas sem condições boas de trabalho.