Simeon Denis Poisson

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Os peixinhos de Poisson, a maioria confundem com este cara.

Cquote1.png Experimente também: coisas de poisson Cquote2.png
Sugestão do Google para Simeon Denis Poisson
Babel fish.gifTraduzindo: Veneno
Babel Fish sobre Simeon Denis Poisson

Simeon Denis Poisson era um matemático francês que inventou várias fórmulas com seu nome. Apesar de tudo seu forte não era a Matemática mas sim a crítica. Afinal é a coisa mais fácil do mundo mas ser criticado ownando as pessoas como ele já fez várias vezes? Além disso ele tem "Veneno" no nome o que contribuiu para sua fama.

Infância[editar]

NÃO GALOIS! NÃO OLHE NOS OLHOS DELE!

Tudo o que fez Poisson ser o que era foi por culpa de professores e coleguinhas. Poisson era o mais comportado da sala enquanto o restante explodia o mundo, acontece que esse comportamento frágil fez com que o professor pensasse que ele podia gastar toda a angústia de ser um Corno manso no menino.

Por isso Poisson sempre foi menosprezado pelo professor que o culpava pela sua mulher ter fugido com outra mulher (?).

Já os coleguinhas ele era puxa-saco de um também, ficava sempre ao lado dele e achava que eles teriam uma amizade. Ele achava que ele era o amigo dele mas na verdade só o usava para as coisas, além de que quando ele estava por perto ele nunca falava com ele mas ele se sentia na conversa e pensava:

Cita3.pngLegal! Eu sou um grande amigo do monssieurCita4.png
Poisson

De qualquer jeito, um dia, quando ele imaginava ter sido convidado para uma festa do seu amigo ele acaba sendo enxotado e fica com muita raiva.

Pelo menos ele tinha aprendido Matemática e jurou vingança para a França e para o Mundo que negou a ele a atenção. Assim como os juízes do American idol.

Matemático[editar]

Esta pobre vítima de falta de atenção acaba crescendo e se tornando um matemático, cujas fórmulas sempre levaram o seu nome para suprir a necessidade de atenção, pois assim imaginava que eles notariam. Como sempre, quase não interagia com ninguém e morreu sem comer ninguém.

Ele acabou se tornando presidente da academia francesa de matemática e lidou com vários nomes, eles vieram para apresentar fórmulas para Poisson pois achavam que ele seria compreensivo.

Galois foi uma das pessoas que teve que encarar Poisson, e Poisson acabou com a vida e chances matemáticas de Galois que acabou indo a um bar encher a cara depois do falatório de Poisson que leu somente duas linhas do trabalho de Galois. A pior parte é que Galois tinha refeito o trabalho 3 vezes, na primeira esqueceram do trabalho, na segunda o trabalho foi pra Puta que Pariu e na última ele encarou Poisson.

Por isso, os amadores ignoravam Poisson e mandavam cartas para Fermat que sempre tinha tempo e tinha o título de "Príncipe dos novatos".

Alguns teoremas[editar]

Ele fez vários teoremas, os parenteses de poisson, a fórmula de poisson, o Pênis de poisson (essa fórmula sempre resultava em 5) e algumas outras coisas de Poisson, mas a amior contribuição foi as histórias de Abel e Galois para a matemática.

Morte[editar]

Morreu sozinho "envenenado"... Ou não.

Blaise Pascal.jpeg
Matemágicos Matemáticos, geômetras e outros nerds
v d e h

al-Khwarizmi, o impronunciável - Alan Turing - Albert Einstein - André Weil - Bombelli - Bhaskara - Cantor - Manuel Bento de Jesus Caraça - Euclides - Euler, our king! - Fermat, o príncipe - Ferrari - Fibonacci - Galileu - Galois, o rebelde - Goldbach - Gauss, o príncipe - Newton - Inácio do Amaral - Lambe Humberto - Tio Laplace - Tio Omar do Quibe - Veneno Poisson - Pitágoras, o largo - He Man Riemann - Tartaglia, o gago - Jacques Tetas - Recorde - Pascal - Abel, o azarado - Arquimedes - Paul Anônimo - Cardano, o mais azarado - Tales, o pioneiro - Filho duma tenda - Neumann, o atômico - Erdös, o sociável - Cauchy