Siren (jogo)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Siren (Jogo))
Ir para navegação Ir para pesquisar

{{#logotipo:http://images.uncyc.org/pt/7/78/Konamipedia2.png}}

Virtualgame.jpg Siren (jogo) é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Sonic corre através de algum loop.

Sirene
Siren-capa.jpg

A capa mostra os efeitos do LSD após os produtores terem misturado a droga com um pouco de uísque.

Informações
Desenvolvedor Sony Computer Entertainment
Publicador Sony Computer Entertainment
Ano 2003
Gênero Survival Horror
Plataformas Celular, Polystation e Playstation 4
Avaliação 0.666
Classificação indicativa +3

Cquote1.svg Você quis dizer: Silent Hill Cquote2.svg
Google sobre Siren (jogo)
Cquote1.svg Seus xenofóbicos! Cquote2.svg
Bush sobre ele mesmo Siren
Cquote1.svg Parece que agora é moda plagiar os próprios jogos, não é? Cquote2.svg
Alguém muito esperto sobre Siren plagiar Silent Hill
Cquote1.svg Vamos evocar mais alguns Shibitos alessa! Cquote2.svg
Dono do culto de Siren sobre evocar os shibitos do demônio
Cquote1.svg Huuua! Cquote2.svg
Shibito tendo um orgasmo
Cquote1.svg Hãããã! Cquote2.svg
Shibito comendo um hámburguer
Cquote1.svg Droga! Meu carinha morreu! Cquote2.svg
Você sobre algum protagonista que morreu
Cquote1.svg Não se preocupa, tem mais 9 sobrando! Cquote2.svg
Mensagem do Siren dando uma sugestão
Cquote1.svg Aiii! Vem pega a minha rola gostoso! Cquote2.svg
Você chamando a atenção de um shibito

Siren é um jogo criado pela Konami, que conta a história de mais uma cidade rural que foi tomada pelo capeta e passa 3 dias de maldições e mais algumas enrolações que "inovam" o jogo.

Uma coisa que muita gente pode ter notado no jogo a grande semelhança com Silent Hill, pois ambas contam histórias que envolvem cultos, que sempre tem algo de macabro na cidade, que depois pode ser chamada de maldita e sempre a Samara aparece no final do jogo para levar todo mundo pro poço.

Acho que todos sabem o significado dessas estranhas ligações.

História[editar]

Um cidadão comum da ilha Hayabusa e seu amável sorriso
Um dos protagonistas dando um olá para uma criança habitante da vila Lánoku

A história de siren acontece em uma ilha chamada Hayabusa (em língua de japa, くそったれ再生サイレン) que fica isolada do japão e que as pessoas ficam isoladas para manter sua cabeça no lugar, e não ficarem loucas por causa do stress que esse país tem atualmente.

Claro, que graças a isso a pequena ilha foi alvo fácil para o culto de siren dominar a região usando alguns comprimidos de LSD disfarçados de aspirina. E através desses comprimidos, o culto conseguiu se alojar e implanetar sua cultura na ilha no maior estilo guerra do iraque.

Mais tarde, após a ocupação do culto na ilha, seus habitantes começaram a ser conhecidos e serem xingados de xenofóbicos pelas cidades vizinhas. Eles devem ser chamados desse jeito por cuasa da certa influência que o jogo teve dos EUA e de bush consequentemente... Mas mesmo xenofóbicos seus habitantes também eram tradicionalistas demais e acabavam muito apegados a suspertições e outras besteiras do gênero. Então, por serem tradicionalistas, eles acabavam queimando todos os gatos pretos de lá, além da ilha não ter espelhos e estar repleta de ferraduras.

Agora além de tradicionalista e xenofóbica, a ilha Hayabusa ganhou a fama de ter uma população "paranóica" e muito "cri-cri".

Mas claro! A konami não queria cometer o mesmo erro do jogo Silent Hill e liberou a resposta do porquê a população ser tão estranha, teria sido algum ritual secreto que fazia as pessoas ficarem desse jeito e além de tudo, a ilha fica presa no espaço-tempo e no lugar das montanhas fica um mar vermelho infinito.

Se você achou isso estranho, é apenas a cereja do bolo! Pois se a konami escolheu os roteiristas de silent hill para fazer a história de siren, então significa que ainda pode sair muita merda sem-sentido na parte dos personagens.

Sim, mas assim como o silent hill, existe uma líder (oh! Que coincidência...) da estranha religião... Aliás, estranha religião para não dizer culto certo? O nome da líder é Hisako yao que após ter visto na sua TV a reportagem da record em que um et quase devorou o repórter cristiano. Hisako logo viu que aquilo era um sinal e que finalmente achou um sentido para sua bizarra religião... Agora que ela havia achado a divindade dela, começou a reunir esforços para entrar em contato com o ET Bilu em uma cerimônia secreta com os membros (ui1) de sua religião.

Assim como o ET Bilu é indiscutivelmente um extraterrestre também é possível percerber os efeitos que o LSD fez com os habitantes da vila Lánoku, sentissem a presença do ET Bilu tato nos rituais quanto na cidade.

O clímax do jogo vem quando a líder do culto faz um ritual para ressuscitar os antigos residentes da vila Lánoku que saem do macabro mar vermelho. Hisako (a líder do culto) manda os shibitos, uma versão de samara e inimigos do silent hill 1, que te atacam e depois levam seu corpo para o ET Bilu se alimentar e ser recussitado finalmente... Mas isso apenas se eles te matarem, é claro.

Os shibitos tem como missão matar todas as pessoas estrangeiras ou que não acreditam no ET Bilu da ilha para assim, quando o Bilu ressuscitar poder finalmente ter um bom lar para morar e receber de vez em quando os repórteres da record e seu grande amigo, o Et do panamá.

Gameplay[editar]

Cquote1.svg Será que ele me achou bonita? Cquote2.svg Pensamento de uma garota de 16 anos tentando seduzir um habitante da vila Lánoku

Ao contrário do que você deve estar pensando, siren não se qualifica como um jogo de survival horror, ele na verdade é do gênero terror psicológico. Resumindo: A konami só criou siren para expandir o seu "gênero privado" que nem é reconhecido atualmente.

Outra coisa muito interessante do siren é que ele foi eleito pelos idiotas jogadores dele como o jogo mais imprevisível do survivor horror pois ele faz de tudo para foder você. Mas e os motivos? Claro, sempre tem que ter alguns...

Primeiro, o siren é aquele típico jogo que quando você termina ele uma vez e pensa em terminá-lo de novo, você sente uma dor de barriga forte lembrando-se de todos os "bons momentos" que você teve com os shibitos, com os malucos do culto e com o ET Bilu.

Depois, a maior puta falta de sacanagem da história: Todos nós sabemos que os shibitos são mortos-vivos, e o siren leva ao pé da letra a palavra "morto-vivo". Dizem os criadores que os shibitos renacem o tempo inteiro e em cada faze um tipo de chibito diferente aparece para piorar a visão do inferno jogador. Enquanto alguns shibitos renascem 10 minutos após ter sido morto outros levantam um minuto depois de terem sido "despachados" por você. Quando você menos notar você já terá matado mais de 30 vezes o mesmo inimigo e assim fazendo com que perca mais munição e tempo se borrando todo.

Vamos ver mais um pouco da jogabilidade desse fracasso fantástico jogo.

Armas[editar]

Um habitante da pacata vila te cumprimentando com um grande abraço

Algo muito plagiado recentemente é as armas que o siren usa...

Bem, nós não podemos dizer que ele plagiou dos outros, mas sim acabou sendo plagiado pelo Dead Rising e pelo Resident Evil que pegaram o exemplo do siren para fabricar e inovar suas franquias.

O siren se baseia em você pegar armas espalhadas pelo cenário e poder usar praticamente tudo que você encontra no chão, seja um pau, uma pedra ou até merda. O céu é o limite! A única coisa que você tem que fazer é impedir que aqueles shibitos te peguem e levem para o et bilu comer você. Outra coisa sobre as armas é que algumas missões você pode ter a sorte de começar com elas e outras você pode simplesmente não ter ela e andar desarmado por aí, e então aparece aquele inimigo com uma navalha na mão para te barbear e você não puder fazer nada... Culpa do jogo, oras!

Interação[editar]

Cquote1.svg SURPRESA!!!! Cquote2.svg
Shibito dando um susto em você e te matando

A interação com o cenário é também outra inovação do siren que (ainda) não foi plagiada por nenhum jogo da era playstation 2.

A interação permite que o jogador possa se esconder feito um idiota atrás da cortina e depois descobrir que os inimigos estavam do lado dele ou então ela permite que você se enterre na lama e seja pisoteado pelos inimigos para depois ficar no estado danger e não ter paramédico para se curar.

Como se isso não bastasse, o jogo permite que idiotas como você possam usar algum pedaço de ferro ou então algum caco de vidro paa tentar suicídio e adiantar ainda mais o trabalho dos subordinados do ET Bilu e assim eles não precisarem matar você... Mas e daí? Tem mais 9 protagonistas para irem pro "saco".

Outro modo de "interação" é a visão alheia. Mas o que diabos é isso? Simples: Quando estavam drogados, os produtores de siren decidiram que o jogador poderia ver os inimigos se aproximarem pela visão deles. Na verdade, é só uma versão piorada e confusa do clássico radinho do Silent Hill que faziam barulho quando algum monstro vinha. Mesmo sabendo que quase ninguém usa essa visão alheia, pois a maioria não gosta do que vê com a ferramenta.

Essa é para os jogadores malucos: Existe um tipo de interação em que você grita para o shibito vir em sua direção e que em consequência te dar um game over. Geralmente o protagonista grita, "EI! Vem me pegar gostosão! Tem uma rola bem quentinha aqui pra tu pega!"... E a maioria das vezes funciona, pois todos os inimigos são gays assumidos (menos o ET Bilu que é inrustido).

Batalhando[editar]

Outra ideia "magnífica" dos criadores do jogo é que durante algumas missões você não usa a lanterna (porque é de dia... O RLY?) e nas missões noturnas você usa.

Pois bem, o jogo ensina a você não enfrentar os shibitos e apenas a se esconder feito um covarde até que aprenda que você ganha mais enfrentando aqueles fantasmas do que se escondendo e cagando de medo deles.

Como o ET Bilu pediu para os shibitos destruírem tudo que se move quer dizer que eles não são muito pacífico (vai me dizer que só notou isso agora?) e eles agem como mulher feia em boate: Quando uma avista o alvo chama as outras para persegui-lo. Quando um shibito conseguir ver você, a tela vai ficar vermelha por causa do LSD que eles tomaram no café da manhã. A tela vai ficar normal quando você conseguir enganá-los ou quando conseguir ser morto por eles e aparecer "You die" na tela.

A coisa pode ficar diferente e ir de mal a pior quando for contra um shibito com alguma arma de fogo. Ele diferente dos outros não vai gritar para perseguirem você e sim vai atirar em você... Acho que você não contava com isso.

Figurantes Protagonistas[editar]

Um dos protagonistas mostrando que ama a namorada

Durante o jogo você controla incríveis dez figurantes protagonistas que vão contar tudo que acontceu na ilha durante os três dias de evocação do ET Bilu, eles contam desde como está o clima até seus desejos sexuais para você.

Kyoda suda[editar]

Kyoda é um adolescente inexperiente sexualmente e sem vida social. Por não ter vida social, Kyoda pesquisa sobre lendas urbanas na internet e decide viajar até a ilha Hayabusa para investigar a fundo uma lenda urbana que dizia que uma fantasma dava uma mãozinha pra você. E como Kyodo era um adolescente tarado também, já tinha fantasias com a fantasma que iria tocar uma para ele.

Chegando na ilha, forma uma dupla com miyako uma menina de 17 anos com a qual ele tem segundas intenções caso não consiga achar de fato a mulher fantasma ou o ET Bilu que é seu grande ídolo.

Miyako Kujiro (ui!)[editar]

Cquote1.svg Se acalma! Eu já devolvo seu vibrador! Só deixa eu terminar de usar! Cquote2.svg
Protagonista de siren sobre vibrador da enfermeira

Miyako é uma garota de 17 anos que se diz descendente do deus Nibiru que vai acabar com o mundo em 2012. A família de nibiru foi amaldiçoada a ficar na escuridão como maldição. Miyako é uma muito notável "menina especial" (não no sentido que você está pensando) e ela é pega pela dona da religião para oferecer para o ET ela de comida. Mesmo assim, as doses de drogas que os produtores tomaram fizeram eles deixarem ela acompanhar Kyoda em sua jornada "rumo ao suicídio ET".

Tamon takeuchi[editar]

Tamon é um professor fracassado de folclore de 34 anos. Ainda é virgem e estava presente na ilha quando um primeiro ritual para falar com o ET foi feito. Por alguma puta falta de sacanagem o ritual deu errado e ainda mais, ele perdeu seus pais ainda criança... Sim o ritual foi feito quando ele era criança.

Também ser um lunático virgem tem suas vantagens: Tamon carrega o tempo inteiro um revólver para proteção (Proteção? Sei...) que os outros personagens podem achar nos cenários durante o jogo. Sim, talvez ele carregue uma mochila inteira desses revólveres e ele comande o tráfico de armas e ele que dá armas de fogo para shibitos!

Yoko Onno Yoriko Anno[editar]

Um shibito sodomizando outro protagonista de siren

Cquote1.svg Você quis dizer: Yoko de resident evil outbreak? Cquote2.svg
Google sobre Siren (jogo)
É o típico protagonista que recebe esse nome e é uma estudante de bom coração e blá, blá, blá... Yoko tem 22 anos e é apaixonada por tamon, seu professor, e insiste em ir com ele até a ilha Hayabusa.

Claro, enquanto ele é um lunático que tem ataques de histeria, ela tenta acalmá-lo várias vezes, mas mesmo assim se separa dele o jogo inteiro e em algum final obscuro, ela resgata tamon e ainda por cima espanca os pais zumbis dele com um taco de baseball... E depois chamam ela de carinhosa!?

Key Makino[editar]

Padre psicótico da religião local, tem um relacionamento muito ruim com seu irmão Shiro. Alguns (dos poucos) jogadores de siren atribuem isso ao fato de shiro ser um filho da puta filho de mais adorado pelo seus pais e ter recebido muita mais atenção do que ele, além de que enquanto seus pais quiseram bancar a faculdade de Shiro não sobrou nenhum dinheiro para a faculdade de Kei e assim ele teve que virar padre e viver do dízimo e dos alimentos que traziam para a igreja dele.

Key finalmente é morto pelo seu irmão, mas ao invés de deixar explícito o fato, os produtores de siren preferiram que na vedade parecesse suicídio... Entendeu o que eu disse? Não? Muitas dorgas manoooo!!!

Shiro Mimatta[editar]

Cquote1.svg SEU FDP! Devolve a minha lanterna! Cquote2.svg Observe a compaixão que os protagonistas de siren tem um com o outro... Não é bonito?

Irmão gêmeo de Kei, shiro é um doutor do hospital da vila e você o encontra perto do túmulo do Tio. Kei teve um relacionamento com uma enfermeira, e após descobrir que ela cobraria pelo serviço que fez a ele, DR. Shiro acabou estrangulando ela e a enterrando no cemitério.

Para o azar de Shiro, a enfermeira revive por causa da maldição e começa a procurá-lo no hospital, querendo cobrar dele o dinheiro. Shiro mais tarde mata seu próprio irmão gêmeo e para escapar da enfermeira assume a identidade do irmão e suas roupas. No final ele se suicída e é revivido para uma apresentação pessoal para o ET.

Risa onda[editar]

Risa onda é a irmã gêmea de Mina onda, a enfermeira que foi morta por shiro e que queria cobrar as despesas pelo "Blowjob". Risa começa a andar com shiro pois precisava de alguém para ajudá-la a achar a irmã. Mais tarde, risa acaba virando um zumbi também e ela se junta a irmã para perseguir shiro.

Mina onda[editar]

Mina é irmã de risa e que após conhecer o DR. Shiro e fazer um serviço completo para ele, ela cobra dinheiro dele e ele se recusa a pagar, matando ela. Depois de morta e revivida por causa da maldição, ela ronda pelo hospital procurando Shiro para cobrar dele a dívida que ele ainda não pagou. No fianl ela e a irmã buscam shiro para se vingar dele... Confraternização em família, né?

Reiko taraddo[editar]

Reiko se preparando para enfrentar o ET Bilu

Cquote1.svg Aprenda a se defender PORRA! Cquote2.svg
Reiko falando para harumi aprender a se defender sozinha
Reiko é uma mulher com cara de homem que leciona na escola primária da vila Lánoku. As crianças tem medo dela e de seu rosto feíssimo que provocou a muitos anos atrás um acidente que matou sua filha.

Então reiko via a assistente dela na escola, Harumi, como uma nova filha mas a vantagem é que ela sentia desejos por ela e não poderia ser presa por isso (ou não). Reiko além disso, da a sua vida para salvar harumi diversas vezes, podendo até considerá-la uma mãe-coruja que mesmo após ter sido shibito morreu por ela.

Harumi Yomoda[editar]

Harumi é a assistente de reiko na escola primária e todos os dias era abusada pela professora. Até então ela conseguia uma coisa que todos os outros não tinham... Ela tinha "A VISÃO".

Cquote1.svg Nossa, o que será que ela via? Cquote2.svg
Você
Não sei, deve ser o seu pai jumento no banheiro enquanto tua mãe faz ele de corno! Ela previa o futuro, para simplificar, lembra aquela visão que os personagens tinham antes de ver os inimigos? Então é tipo isso.

Harumi previa tudo o que iria acontecer, no maior estilo nostradamus: Ela já preveu os shibitos antes mesmo de eles acordarem, já preveu quais personagens morriam no siren, além de prever o final da copa antes do polvo paul e também prever que a fumaça preta na verdade era o resultado das flatulências dos ursos polares da ilha de lost! Aparentemente é uma das únicas protagonistas que saiu viva da ilha e sem ser afetada pela água vermelha que a cerca.

Akira shimura[editar]

O único exemplo de protagonista velho em jogos no siren (ou não), ele viveu a vida inteira na ilha e com 70 anos não conhece nem o que é pornografia e internet. Akira sobreviveu a um terremoto de 1900 e lá vai pedrada e assim perdeu sua esposa e filho lá, e como não tinha terapeuta na ilha ele ficou até hoje angustiado com a perda.

Akira acaba se matando no jogo com seu rifle. E olha que ele era o único personagem com uma arma ralmente foda! Os americanos censuraram a parte em que eel coloca o rifle na boca (ui!) e atira.

Tomo noku[editar]

Tomoku é uma menina de catorze anos de idade que após ter brigado com os pais, acaba fugindo e ouvindo muito restart no rádio. Após ter ficado muito tempo ouvindo restart, isso fez o espaço-tempo distrocer-se e ela ficar presa na dimensão dos shibitos. Assim ela tenta procurar o caminho de volta para casa, mesmo mais perdida que cego em tiroteiro e surdo em bingo.

Então ela passa por um caminho da igreja, conhecido como o MAIS LONGO DO JOGO e demora quase um dia inteiro para chegar em casa. Quando ela chega, ela olha para o espelho e descobre que é um shibito. Seus pais veem ela e acabam virando shibitos só para viverem "felizes para sempre"... Até parece.

Conclusão[editar]

A conclusão, jogue o jogo para saber é esses itens:

  • Siren é um típico jogo que só fará sucesso no japão e nenhum outro lugar. Um exemplo disso é que os criadores de silent hill usaram o mesmo barulho das sirenes dele para colocar a passagem de dimensão.
  • E também, apenas 0,000001% da população joga siren, dificilmente você verá algum site de fãs. Aliás, achar fãs de siren é mais difícil que achar vários micos azuis em um só lugar.

Ninguém sabe aonde se pode achar o jogo, mas existem boatos de que eles estão a venda no mercado negro ou o fracasso no exteriror foi tão grande que jogaram todas as cópias do jogo para a dimensão de siren ou enterraram as cópias dele ao lado de todas as cópias do ET- Extraterrestrial, outro fracasso que deve ser esquecido.

v d e h
Siren logo.png