Sonic Generations

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Sonic Generations é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Flandre Scarlet destrói mais um sol em Touhou 6


Sonic: Crise nas Infinias Gerações
Sonic Generations capa.png

Capa do jogo com as duas gerações de Sanics

Informações
Desenvolvedor Cega/pingas entertainment
Publicador Time Sônico
Ano 2011
Gênero Correr pra caralho Plataforma
Plataformas PlayStation 3, X-Box 360, 3DS, PC, Mega Drive, Microsoft Ruindows, Master System, Sega-Genesis-Lock-On
Avaliação O mesmo de 20 anos atrás
Idade para jogar +18(contem cenas de assasinato de robos, maltrato de animais, escravição de animais, mortes, etc...)

Cquote1.png Você quis dizer: Sonic de volta as origens Cquote2.png
Google sobre Sonic Generations
Cquote1.png Experimente também: Sonic 2D + 3D Cquote2.png
Sugestão do Google para Sonic Generations
Cquote1.png Eu era feio a vinte anos atrás... Cquote2.png
Sonic (hoje) sobre ele mesmo
Cquote1.png Pelo menos os meus jogos compensavam. Cquote2.png
Sonic (de vinte anos atrás) sobre ele mesmo
Cquote1.png Mas dois Sonic não podem habitar no mesmo espaço temporal! Cquote2.png
Einsten sobre Sonic
Cquote1.png Pra mim é tudo a mesma coisa... Cquote2.png
Gamer sobre Sonic
Cquote1.png Pois pra mim não é não!! Cquote2.png
Seguista sobre Sonic
Cquote1.png Mais um jogo que só tem o Sonic jogavel... tsc, tsc! Cquote2.png
Fã do Tails sobre Sonic Generations
Cquote1.png Mas esse jogo não tem o Sonic Preto? Cquote2.png
Noob sobre Sonic Generations
Cquote1.png Eu cansei de dizer seus retardado: O MEU NOME É SHADOW!!! Cquote2.png
Shadow sobre comentário a cima
Cquote1.png Já reparou que todo jogo do Sonic tem que ter Green Hill como fase? Cquote2.png
Caçador de Mensagens Subliminares sobre Sonic Generations
Cquote1.png Mais isso é 3D ou 2D Cquote2.png
Nerd jogando Sonic Generations
Cquote1.png ARGH! Finalmente poderei jogar este jogo comemorativo no meu Ruindows sem pagar nenhum real! Cquote2.png
Pirata informático sobre a versão pirata (de PC) deste jogo

1zg3meo.gif

Sonic Generations é um jogo comemorativo do Sonic, criado pela da Sega, que conta com a participação tanto do Sonic atual como do Sonic Clássico; logo, são dois Sonics em um único jogo do Sonic (?). Tudo isso só mesmo para comemorar os 20 anos do Sonic (nossos parabéns por duas décadas de puro fracasso sucesso).

Olha os dois ai fazendo a sua famosa pose clássica

Sobre o jogo[editar]

Midna é humana! ALERTA DE SPOILER GAMÍSTICO!

Este artigo gamístico pode conter spoilers que revoltam os nerds, como o fato de que:
Soma Cruz é a reencarnação do Conde Drácula!!

Portanto, leia com cuidado.

Aqui além do clássico Sonic, como também surgirá o clássico Tails gay para fazer a dupla como eram nas antigas, ou não

Nesse jogo, para alegria de fãs da velharia e também frustrados da nova geração, tanto o modelo clássico como o moderno serão jogáveis, cada qual correndo pra caralho no seu próprio estilo de plataforma (para os fãs de 20 anos atrás, o 2D, e para os noobs da atualidade, o 3D). No momento, só Green Hill Zone é a unica fase confirmada para o jogo(para os dois Sonics). Ainda não foi confirmada nenhuma outra fase em relação a Sonic the Hedgehog 1, sendo que todo mundo já sabe que o jogo ficará entupido de Zonas Velharias do Merda Drive. Certamente nessa suruba até fan-games do Sonic são capazes de entrar.

Jogabilidade[editar]

Como foi o reencontro do passado e do presente

Como já foi dito, o jogo apresenta níveis de jogabilidade derivados a partir de 20 anos de pobre história do Sonic, espalhando-se em três eras: Era classica , Era 128 bits e finalmente (mas não muito excitante) Era moderna. Cada nível pode ser jogado tanto com o Sonic gordinho, baixinho e marrendo da década de 90 com também com o Sonic realista magrão de olho verde desenfreado, cada um tendo suas próprias rotas ao longo do nível. Os níveis do Sonic Classic são estritamente compostos por duas fases de deslocamento lateral dimensional, usando só o velho e tosco girinho e aquela outra bostinha de Spin Dash (o que é o máximo pros fãs da velharia). Já os níveis do Sonic Moderno, tem tanto jogabilidade 2D como 3D copiando os medelitos dos últimos títulos recentes, como o Sonic Umlixo e Sonic "Restart", contando com mais de 8000 ataques diferentes teleguiados, Quick Step e aquela mania de acelerar pra dedeu e correr desenfreadamente pipocando tudo a sua frente.

Sonic Clássico[editar]

Gensonic1.jpg

Este é aquele Sonic láááááá do tempo da Velha Casta dos Games: gorducho, baichinho, marrento, de olhos pretos, infantil, feio, limitado e com os pés desproporcionais ao corpo (motivo que os faz girar toda santa vez que ele corre). Só sabe correr em linha reta, possui língua, mas assim como o Dunga, não sabe falar, adora acenar com o dedinho (talvez para dizer que o jogo não é dele ou por ser doutros especialista em exame de prostrata) e ter sempre a companhia baka de Tails que o ajuda a "avuar" pelas fases. Suas (únicas) técnicas utilizadas são:

Sonic Moderno[editar]

Gensonic2.jpg

O mais conhecido atualmente: alto, bem magro, descolado, de olhos verdes, ultra-Sonicô, da hora,galã, praticante de Le Parkour e explodindo no nitro logo no início do jogo. Esse aqui já consegue segurar as pernas presas ao corpo mesmo quando está a mais de 10.000 por hora. Sabe correr em todas as direções possíveis, fala como qualquer outro furry da cultura popular (dispensando a vez em que ele esteve em Super Smash Bros. Brawl, já que lá ninguém sabe falar) e sem mencionar que aprendeu a correr tão rápido que até mesmo dispensou a companhia de seus amigos ficando com todo o crédito só pra ele por ter salvo o dia. Seus principais ataques (todos descendentes do Le Parkour) são:

OBS:. Apesar do diferencial, muitas coisas ainda se mantem entre o Sonic clássico e o moderno, como por exemplo ambos continuam tão rockeiros quanto antes.

Figurantes[editar]

O jogo tambem contara com a participação de alguns amiguinhos do azulão, entre os quais temos:

  • Miles "Tails" Prower - O velho parceiro de aventuras do azulão só vai fezer uma tosca aparição secundário ao seu lado umas poucas de vezes e nada mais;
  • Knuckles the Echidna - O maloqueiro de mão fechada quase não vai querer conversa com Sonic; se tiver a fim de conversar com ele o papo sera curto e grosso;
  • Amy Rose - A putinha esfolada só está aqui mais uma vez para dar pra você; converse com ela e você tera duas horas de hentais no jogo;
  • Cream the Habbit - A coelhinha fofuxa tambem só está aqui pera ser assediada;
  • Blaze the Cat - É a versão feminina de Knuckles; tambem só está aqui para promover uma suruba com o azulão;
  • Rouge the Bat - Certamente é ela quem organiza e mais participa das turnês de orgia e promovimento de hentais por aqui (até mais que todas as outras garotas);
  • Chaotix - Fazer aparições secundárias sempre foi o forte desse time, principalmente se tomarmos Espio como o maior referencial;

OBS:. Durante o jogo ainda é possível ver cartazes de "procura-se" de antigos personagens demitidos da Sega, como Fang, Mighty e Ray, dos quais não temos noticia de vida até hoje.

Fases[editar]

originalidade é o ponto forte da Sega

A rumores muito mal desenvolvidos por um grupinho de nerds alienados pelo assunto, que encheram tanto o saco do pobre Yuji que ele resolveu listar logo quais serão os estágios desse jogo. Até agora só foram constatados os seguintes lugares:

Green Hill (Sonic the Hedgehog 1)[editar]

A clássica e pra lá de velha Green Hill; certamente a fase que você já está mais do que enjoado de tanto ver.

Uma fase que é obrigatório ter em quase todos os jogos do Sonic; Cansamos de ver no começo de cada santo game do ouriço esse estúpido cenário repleto de árvores coqueiros, campo gramado, flores transgênicas, pedras, mato pra todo lado e claro, uma porrada de loops. Assim como em 20 anos atrás aqui tanto o clássico como o moderninho terão mais uma vez de sair pulando e rolando por todos os cantos dessa floresta montanhosa até chegarem no dito final do cenário, sempre repleto de robôs com animaizinhos kawaiis dentro dos mesmos. Certamente é a fase que você mais está enjoado de ver e rever nessa budega.

  • Sonic Clássico: Jogando com o gordinho baixinho, você só fará exatamente a mesma porra de 20 anos atrás, ou seja, nada de novos vai acontecer; é só ficar correndo em linha reta, girando nos loops, virando uma bolinha pra acabar com os inimigos até finalmente encontrar a maldita plaquinha com a cara feia do Dr. Ovoman Fuckyounik.
  • Sonic Moderno: Já com o moderno, você sai correndo desenfreado feito a ferrari do Schumacker com direito a algumas pirações a mais como deslizar em corrimãos (em Green Hill tem corrimãos? lol!), entrando numa caverna secreta localizada dentro de uma cachoeira e ainda tendo que fujir de um peixe mecânico gigante que engoliu o Jonas e agora quer fuder comer você tambem.


Chemical Plant (Sonic the Hedgehog 2)[editar]

Afinal essa zona é pra lembrar Sonic 2 ou Sonic CD?

Um lugar que mais parece uma usina nuclear toda fudida; Certo que todo mundo que jogou Sonic 2 vai se lembrar dessa maldita fase e como quase perderam sues preciosos polegares tentando sair daquela água nojenta emprestada do Tietê, daquelas plataformas FDPs que ficavam virando pra te fazer cair nesse mesmo líquido estomacal roxo, daquelas bolinhas azuis de merda que eram na verdade veneno disfarçado e do Dr. Balofo tentando jogar um baita caldo corrosivo em ti. Aqui, no entanto é onde será realizada a velha corridinha entre o azulão e seu clone mal feito Metal Sonic plagiando o penúltimo chefão de Sonic CD.

  • Sonic Clássico: Será tão chato exitante quanto em Sonic 2; É só sair correndo pelos altos e baixos se desviando das bombinhas que os badniks ficam soltando e tambem se presando para não ser acochado pela maldita aranha-trepadeira FDP. Na hora do mergulhinho nas águas do Tietê, sair o mais rápido da água para não morrer em 5... 4... 3... 2... 1... 0! Glub! Glub! Glub! Glub!!.
  • Sonic Moderno: Assim como na fase anterior, o moderninho magrelo vai sair na disparada como se fosse uma bala de revolver passando por uma série de pistas suicidas onde qualquer deslize é fatal, sendo que como já é de se esperar com ele a coisa vai ser bem mais puxada, descendo em tobogãs, tuneis de ventilação, canos quebrados e tubos cheios de bolhas assassinas, sendo que assim como o clássico ele não escapa de ter uma morte súbita por afogamento.


Sky Sanctuary (Sonic & Knuckles)[editar]

Sonic prestes a aniquilar uma frota de clones do Dr. Balofo nas ruinas aéreas de Sky Sanctuary

Se você ainda se lembra de como fez as passes com ManoKnux e como o maloqueiro te ajudou a chegar nessa zona, pode considerar meio caminho andado pra passar dessa fase. Contando com as mesmas ruínas chulés e todos aqueles monumentos gregos toscos recheados de plantinhas mucosas e robôs noobs pra todo o canto, assim também será nessa joça, só que felizmente, o clone emo de Sonic (o Mecha Sonic) ainda está em reforma no ferro velho, logo mais uma vez é o titio Ovo que lhe fará as retribuições finais dessa budega. Uma coisa é certa: Vai rolar muita treta nesta fase... ou não.

  • Sonic Clássico: Mais uma vez, o baixinho vai dar de cara com os velhos robôs-clones do cientista pansudo bem como os troços de teletransporte que vão mandá-lo para locais muuuuuuuuuuuiiiiito mais altos, sendo que assim como foi nos jogos clássicos, um simples passo infalso é sinônimo de morte súbita.
  • Sonic Moderno: Jogar com esse Sonic nesse estágio é um verdadeiro suicídio, já que ele é um trem desenfreado correndo num pedaço aéreo de terra flutuante, o que quer dizer que uma freada após um milésimo antes do momento é resultado de... AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!! Claro que suas novas técnicas milenares podem encobrir qualquer queda feia e fatal.


Speed Highway (Sonic Adventure)[editar]

Correndo sem parar pelas ruas malucas do mundo do contra.

A fase preferida dos nerds... depois de Green Hill, é claro! É aqui onde finalmente os gamer sonicistas se lembrar de como Sonic deixou sua rotina de correr só em linha reta (e por acaso ele já correu em linha torta?), malhou a barriguinha e ficou muito mais hyper ativo do que de costume, isso porque essa fase é a prova viva que Sonic nasceu pra correr feito o cão, passando por loopings de estradas localizadas em lugares praticamente nunca compatíveis com as leis da física, alem de descer um prédio pelo lado de fora correndo pelas paredes do mesmo; haja mentira pra uma zona só!

  • Sonic Clássico: Correr com os velharia nessas pistas malucas não será nem um pouco empolgante, já que o máximo que pode acontecer nessas pistas é o Sonic dar uma voltinha nos loops, já que nessas ruas do contra não passa nenhum carro assassino ou gangues de motos. É só correr em linha reta que não tem perigo de se perder pegando a mão errada.
  • Sonic Moderno: Como esse aqui a fase vai ficar mais parecendo um borrão visto pelos noticiários das noites muito loucas pelas ruas de Los Angeles, pois Sonic vai sair virado no tetéu dando piruetas nessas estradas suicidas que nem um bêbado no volante, alem de ainda voar das mesmas e começar a correr pelas paredes dos edifícios e participar de uma perseguição policial por exerço de velocidade.


City Escape (Sonic Adventure 2)[editar]

Sonic mais uma vez sai fugindo do caminhão de mudança assassino

Dando uma voltinha na cidade de São Franscisco, aqui Sonic vai fazer exatamente a mesma coisa que fez quando a galera estava confundindo ele com o Sonic Preto...

Cquote1.png Que merda! Eu já disse que meu nome é SHADOW, CARALHO! Cquote2.png
Shadow the Hedgehog

Passando por uma cidadizinha menos absurda que a de cima, o azulão sairá esquiando pelas ruas num pedaço fudido de metal, só que o clássico já aparece correndo mesmo sem fazer essa puta vergonha; a fase continua a mesma cidade devassa de sempre, onde tanto um como o outro vão sair praticando Le Parkour até dizer chega, afinal depois que o azulão pegou o jeito da coisa não conseguiu parar mais que nem todos os demais vagabundos que descobrem essas técnicas doidas. Mas como já é lei em City Escape, haverá uma hora em que os dois vão acabar tendo que fugir de uma carreta assassina, cheia de geringonças que só quer retalhar o azulão em mil pedacinhos; Faz parte, né?

  • Sonic Clássico: Com esse aqui você já não terá sossego logo de início, pois logo que sair da pracinha e por os pés na rua, o caminhão doido já vai tentar te atropelar de frente, de lado e covardemente pelas costas, ferrando com tudo quanto é de carrinho que aparecer pelo caminho; vai ficar parecendo mais um Time Attack do que um passeio alegre pela cidadezinha tosca.
  • Sonic Moderno: Vai ser exatamente do mesmo jeito que foi em Sonic Adventure 2: sair feito um pirado varrido surfando pela ladeira numa prancha esquisita de lâmina enferrujada, passando pela praça e Shopping Centre onde vai praticar um pouco de Le Parkour e por fim ser perseguido pela carreta cheia de motocerras que quer te transformar em sushi. Loucura pura!


Seaside Hill (Sonic Eroooooooooooes)[editar]

A boa fase do carrinho tambem está presente em Seaside Hill, agora com nitro acima de 2000 km/h

A famosa fase numa praia paradisíaca tão clichê quanto à primeira; Se você achou difícil ter que ralar feio pra fechar essa fase com três personagens com os elementos vitais Speed/ Fly/ Power, imagine como será fazer isso só com a boa e velha arte de correr pra caralho. Tanto o Sonic moderninho quanto o clássico vão ter que agüentar o rojão de sair dessa sem nenhum noob pra ajudá-los a voar ou meter porrada nos robôs. Com as mesmas ruínas, os mesmos monumentos, as mesmas torres, o mesmo mar e a mesma areia de sempre, sendo que aqui a água é mais do que letal e é o que vale a um buraco infinito em câmera lenta, alem daquelas pedras gigantes que ficam correndo atrás de ti no finalzinho só pra te transformar em panqueca.

  • Sonic Clássico: Com esse aqui não tem dificuldade nenhuma... ou não. É só seguir em frente que logo logo você vai passar a praia, o templo, os spas e a roda gigante sem dificuldade; aqui também terá tantos loops quanto em Green Hill, então prepare-se para rodar, rodar e rodar até sair zonzo ao ponto de vomitar.
  • Sonic Moderno: Depois que dispensou Tails e Knuckles, as coisas ficaram pretas para o ouriço moderno (embora mais leve por não ter que ficar carregando pesos mortos pra lá e pra cá). Daí é só sair destruindo os robôs noobs com ataques seqüenciados, abusar dos Sonic Booms nas pistas e correr desesperadamente pra caralho quando as rochas gigantes vierem atrás do magrelo, issso sem contar com as parte do carrinho em que você usa e abusa do nitro sem aqueles dois bakas na tua frente.


Crisis City (Sonic the Hedgehog 2006)[editar]

Prova que até o cenários se fuderam tando em 2D quanto em 3D

Cquote1.png Esse tornado está carregando um carro! Cquote2.png
Sonic sobre Crisis City
Uma fase do capeta! Vale lembrar quantas vidas Sonic teve que perder só pra chegar ao final dessa zona? Se você já sente raiva só de se lembrar daqueles capirotos voadores querendo torrar o seu rabo e daquele chão mutante suspenso no ar onde qualquer deslize te faz cair no magma dos infernos, é recomendável pular pra próxima fase... se puder. Aqui terá os mesmo cães dos diabos cuspindo bafo de pimenta em ti, alem daquele furacão de fogo destruindo tudo atrás dos Sonics enquanto deixam a cidade de Soleanna Nova Jersey toda fudida pronta para a gravação de um filme do Resident Evil ou até do Jason. Em fim, é mais ação, suruba e fogo, muuuuuuuiiiiiiiiiito fogo pra agradar o capeta e seus seguidores.

  • Sonic Clássico: Não será tão apavorante quanto no 3D, já que com o baixinho buchudo vai ser tão prático quanto passar de Lava Reef, ou seja, você só cai no fogo se quiser. Daí é só dar uns spins nas crias do Capeta e se desviar dos destroços que ficam na tua frente ignorando o cenário fudido ao fundo e ir atrás da placa de fim de ato que fica te trollando voando pra mais longe ainda.
  • Sonic Moderno: Com o moderno se prepare para logo de cara sair fugindo e se borrando de medo do Furacão Catrina que vem logo atrás de ti, tendo logo em seguida que praticar Le Parkour nas picapes voadoras e nos pedaços arrebentados da estrada que se fudeu todinha. Depois é só sair que nem homem-aranha pulando de um prédio pra outro.


Rooftop Run Day (Sonic Umlixo)[editar]

Uma corridinha nas ruas carnavalescas de Salvador!

Mais uma fase na cidade, só que bem menos constrangedor que Crisis City, menos exagerada que City Escape e menos amalucada que Speed Highway. É basicamente uma fase na cidade tranqüila e sem graça de Veneza, mas é sempre bom não subestimar a mente doentia dos produtores da Sega, que sempre colocam algum trem do cacete pra dificultar a coisa. Da primeira vez, o Lobisonic suou muito para passar nessa fase, então vamos ver se o Sonic normal fará coisa melhor... ou se ficará tão deprimente quanto foi antes.

  • Sonic Clássico: Pra quem se lembra das partes em 2D dessa joça é só nelas que esse azulão aqui vai passar (se te consola era a grande maioria no Unleashed). Como isso aqui parece mais uma fera do rolo do que uma cidade pode sair pulando nas barracas e arruaçando com tudo, metendo bronca nos badniks e pintando os sete enquanto os manes daqui não tão nem ai.
  • Sonic Moderno: Jogando com Sonic da geração frustrada, voltamos à velha correria desenfreada de sempre, só que pelo menos aqui você não terá a companhia irritante do viadinho do Chip e nem a maldita maldição de Gaya para virar um Lobisomem, logo é só sair arrebentando tudo e curtindo o carnavalzinho de boa nas Ruas do Rio (em Veneza? Paciência! Mandem a Sega tomar naquele lugar...).


Planet Wisp (Sonic "Restart")[editar]

Já não bastava a Death Egg ainda mandaram o azulão de volta pra esse planetinha gay

Lembra daquele planetinha fuleiro cheio de bichinhos coloridos e gays que te dão (em ambos os sentidos) poderes cósmicos e felomenais? Sabemos o que você deve estar pensando...

Cquote1.png Mais que merda! Por que colocar uma justa fase que foi estreiada a pouco tempo atrás? Cquote2.png
Você sobre Planet Wisp em Sonic Generation

Mas já que essa foi à última fase decente que já apareceu recentemente no último trabalho de porco da Sega, o jeito é mostra ao Sonic Clássico que até que a era moderna não está assim completamente fudida. Mas é uma pena que esses afeminados wisps retornaram nesse jogo, onde até mesmo o clássico Sonic terá que usa-los para poder passar nas suas fases, mas que pelo menos eles só aparecerão na penúltima fase desse jogo.

  • Sonic Clássico: Será quase como ter passado em Green Hill, só que numa Green Hill mais alegre, devastada e com aliens aboiolados no lugar dos flickys furries. Assim como o moderno, o gordinho da velharia também usará os wips para se transformar em super aberrações genéticas e alcançar itens localizados noku do universo... tudo em linha reta.
  • Sonic Moderno: De volta ao planeta do Lado Restart da Força, o azulão magrelo brincará novamente com esses trocinhos ao mesmo passo que estraçalha robôs noobs, coleta anéis vibradores e vandaliza monitores do Ruindows, isso sempre a mais de 8000 km/h sem freio e sem empecilho (ou não); pelo menos aqui os riscos de se cair num buraco infinito é 0,1 entre 99,9 (se não mais).


OBS:Pra completar ainda tem um DLC que será na zona de Casino Night.

Chefões[editar]

Uma verdadeira salada de antigos e novos chefões foi feita pra agradar tanto aos gordinhos da velha casta quanto os frustrados da nova geração. Aqui estão os pé-no-saco dos Sonics durante toda essa suruba:


Cuidado que ele sabe a técnica do Bola de Fogo!

Sonic Robô

O primeiro rival mortal de Sonic irá novamente confronta-lo a fim de provar pra todos que só existe um Sonic ! (já que aqui colocaram logo dois); Assim como a vinte anos atrás, pancadaria vai rolar no velho estilo de Sonic CD, ou seja, corrida assassina num cenário suicida. Tudo que é preciso fazer é correr, correr, correr, correr e... CORRER!! Até finalmente chegar no final dessa joça, e claro que enquanto você corre, todo o cenário atrás de Sonic vem sendo destruído (pra dar um clímax mais foda no jogo) e Metal Sonic fica te atacando covardemente por trás toda santa vez que o azulão estiver na dianteira; é só usar e abusar dos nitros no tênis do Sonic que ele vence essa joça e no final dá um roundhouse kick na fuça do clone metaleiro acabando com a raça do miserável. Você o enfrenta com o Sonic crassico.

Fique ligado, senão quiser ser mais uma vitima infeliz do Chaos... CONTROL!!!

Sonic Preto

O ouriço emo que é diariamente chamado de Sonic Preto vai querer revanche da última luta que terminou empatada; Você o enfrenta em Speed Highway naquela velha estação espacial (exatamente a mesma do Sonic Adventure 2). Pra derrotá-lo será também do mesmo jeito que antes: Shadow vai ficar correndo pau-a-pau com Sonic, só que diferente da luta que você teve com o Metal Sonic, aqui o teu objetivo é sair metendo a pancada o emouriço; atinja-o com todos os tipos de técnicas que te vier a cabeça: Spin Dashs, Homing Attacks, Sonic Booms, Light Speed Dashs e se puder até com o Chaos Control (sendo que ele sempre vai usar essa ultima técnica para fuder contigo toda vez que você estiver na dianteira. Depois disso é só deixá-lo todo arrombado no chão e comemorar sapateando em cima do cadáver do infeliz. Voce o enfrenta com o sonic modinha.

Nem toda técnica jedi do mundo é párea para um simples Spin Dash

Sonic Branco

O ouriço jedi vai querer vingança depois de ter sido onwado com um roundhouse kick de Sonic em sua primeira aparição; Diferente da briguinha que você teve com ele em Sonic 2006, aqui até o Silver entrou na onde de briga de rival tem que ser correndo e ele vai ficar o tempo todo te perseguindo num corredor todo fusilado catando lixo e atirando em você com aquele tal golpe Força Jedi Telecinética. Basta ficar se desviando dos trabolhos que ele fica jogando o tempo todo e assim que ele abaixar aquilo que a gente chama de guarda bunda, é só meter porrada nele sem dó e piedade. Assim como da primeira vez ele também vai tentar usar a Força para aplicar um Darth Vader's Force Choke Hold; nessa hora é só revidar com um Sonic Boom na fuça do palhaço e logo depois o azulão vai sambar mais uma vez no túmulo desse desgraçado. Você o enfrenta em Crisis City com o Sonic modinha tambem.

Depois de ter apanhado em Sonic 2, 3 e 4, ela voltou para levar uma nova surra!!!

Ovo da Morte Robô

LOL! Pela primeira vez uma fase virou chefão!! Na verdade as coisas vão ser só o velho repeteco do chefão de Sonic 2, quando Eggman aparece em seu velho megazord clássico que tem a sua cara feia estampada e vai tentar novamente destruir o rato de gel com suas velhas bugigangas de sempre. Primeiro é só ficar se desviando das garras anabolizadas de Wolverine que ele vai usar pra tentar te fuder bunitinho, depois ele tentará pular em você; vá para detrás dele e acerte-o bem no meio do cu. Depois que ele se cansar de tomar naquele lugar, irá tentar te atingir numas plataformas muito tronchas, só que ai vai ser mais moleza ainda; fique em cima de um troço elétrico e quando ele te atacar é só subir no braço do infeliz e acerta-lo no cabeção anormal, que ele logo vai pipocar e virar sucata. Onde você o enfrenta? Adivinha Leia o nome da fase, idiota!

Será que Sonic vai conseguir vencer esse troço sem as esmeraldas?

Monstro do Lago Ness

Sim! Esta aberração está de volta para dar o troco em Sonic por este ter ferrado com ele em sua primeira suruba totalmente 3D; Você irá entrenta-lo novamente na velha e tosca cidade toda fudida e inundada. Para derrota-lo é só se desviar dos ataques com tentáculos estupradores bem como manter a distancia toda santa vez que esse bicho usar um tornado molhadinho; suba nas áreas mais altas que puder encontrar e depois é só mirar e acertar essa aberração na cabeça até ele explodir de tesão. Certamente você, gamer, deve estar pensando: Eu ralei feito um condenado pra tentar matar esse troço na forma de Super Sonic no jogo do Sonic Adventure e agora a Sega me bota pra lutar com esse bicho na minha insignificante forma normal? MAS QUE PORRA É ESSA??!! Se te consola, desta vez Perfect Chaos não está lá essas coisas como chefão, tento que até o Tails poderia vencê-lo, razão porque ninguém vai sentir necessidade das Chaos Emeralds pra derrotar essa desgraça...

Esse não é o Bakugan do Dan e muito menos um Digimon do Megaman… ou será que não?

Ovo Dragão

Como sempre, Eggman será um chefão nada convincente dentro de um trambolho voador de última geração (mas que é muito sensivel a Spin Dash's e Sonic Boom's); Aqui ele aparece em um novo megazord no formato de um dragão metaleiro (não, não é o Metal Overlord) que fez Lobisonic ter que apanhar pra caralho em Sonic Unleashed pra conseguir vencê-lo. Se você achou difícil derrotar esse treco com o Werehog, imagine com o Sonic em sua forma normalzinha e insignificante, mas assim como nos demais casos (e também como já virou mais do que lei em todo santo jogo de plataforma) para vencê-lo é só atingi-lo bem na telinha onde Eggman aparece que logo logo ele vai virar uma pilha de lata velha. Você o enfrenta em um dos tuneis mecanizados da pseudo-metrópole de Rooftop Run Day.

SPOILER! SALVE-SE QUEM PUDER!!!

Final Boss: Comedor do Tempo

É o último chefão dessa budega, ou seja, daqui só será Game Over (claro, praqueles pobres desgraçados que não souberem usar a famosa técnica de correr pra caralho). É aqui que haverá o aparecimento do Super Sonic, para ambos os Sonics... ou não; Ninguem sabe ainda como é que essa suruba vai acontecer, já que a Sega não fez nenhum Spoiler dele até então. O jeito é ter que esperar o jogo sair pra ver como é que a coisa vai rolar, embora pelo que a gente vê, os Tails estarão aqui para dá uma forcinha nessa luta final. Você o enfrenta em The Doomsday no Last Story dessa bagaça.

Versão 3DS[editar]

Eis a versão pra portátil, onde tanto o Sonic do passado quanto o do presente só sabem correr em 2D (até mesmo em fases modernas... embora essa fase seja das antigas)

Diferente de tudo o que você viu até agora, que só mostra como o jogo é para PS3, X-bOX 360 e PC, a versão para Não-intendo 3DS é completamente diferente de tudo isso que foi citado acima (ou nem tanto assim...). Pra começar todas as fases com excessão de uma ou duas foram mudadas! Não é precisocatar as tais moedas vermelhas pra acionar o Special Stage; é só jogar os dois medíocres atcs pra desbloquea-lo. Os dois Sonic só sabem andar em 2D (até mesmo o moderno, que ó se diferenciou do clássico porque sabe dar um Boost) e claro que os gráficos estão mais fudidos que os clássicos do Mega Drive. Sabendo-se que a história é praticamente a mesma, sendo que agora só aparecem Sonic, Tails, Eggman e Time Eater nuns diálogos bem estúpidos que nem os games de Pokémon, vamos ao que realmente interessa: as fases e os chefões!

As Fases[editar]

Os gráficos com certeza superaram as expectativas dos fãs... isso se você for um fã só do tempo do Mega Drive!
  • Green Hill (Sonic 1) - É a mesma porra que já citamos a cima, então nem vamos perder tempo falando dela.
  • Casino Night (Sonic 2) - Aqui o que era um minigame de pimball virou uma fase jogavel que nem no Sonic 2. Como os dois Sonic só estão andando em linha reta, não tem nada mais a dividir nessa joça... Só o fato que ela está no lugar de Chemical Plant.
  • Mushroom Hill (Sonic & ManoKnux) - Pois é! Enchotaram Sky Santuary e no lugar dele você vai reviver a alucinante aventura no reino dos cogumelos trangênicos, só que agora sem Knuckles pra te encher o saco que nem em Sonic & Knuckles.
  • Emerald Coast (Sonic Adventure) - Como tem fase de praia bem mais interessante tosca que Seaside Hill, resolveram transformar a primeira fase de Sonic Adventure em uma pista de corrida, onde ao invés de rochas gigantes rolando pra tentar te esmagar, você vai ter que fujir da maldita baleia Free Willy.
  • Radical Highway (Sonic Adventure 2) - Fase que em Sonic Adventure 2 você só conseguia jogar com Shadow, mas agora que o rato de gel aprendeu a arte do Homing Attack e do Chaos Control pode conseguir passar sem problema (para frustração do emouriço).
  • Water Palace (Sonic-na-hora-do-Rush) - Em respeito aos games portateis do Sonic, resolveram colocar uma fase aquática de Sonic Rush pra galera não ficar reclamando de falta de dificuldade (já que os demais gamers tem uma fase no fogo dos infernos).
  • Tropical Resort (Sonic "Restart" prá LSD) - Como Sonic Colors teve uma versão pra DS, só diremos que será exatamente a mesma porcaria de antes, com os Wisps e tudo de mais gay que você conseguir se lembrar.

Os Chefões[editar]

O velho pé no saco do final de Sonic 3 é quem irá substituir a Estrela Ovo da Morte.
  • Metal Sonic - Nessa versão você não precisa mata-lo, que nem mensionamos nas versões pra PS3, 360 e PC; Basta ganhar a corrida contra ele que você o derrotará (Putz!).
  • Big Arm - Eggman aqui decidiu reviver a mesma merda do Final Boss de Sonic 3. Se você já jogou essa velharia, é só repetir a mesma bosta de antes que essa lata velha se fode.
  • Shadow - A mesma porcaria que você fez com Metal Sonic, só que agora você pode usar o Boost! É... melhorou.
  • Biolizard - Resolveram trocar o lagartão aquatic pelo lagartão especial. Pra mata-lo você tem que surfar pelos tubos do bicho e caceta-lo bem no meio da coluna do infeliz.
  • Silver - Versão mais apelona da corrida contra Shadow, só que agora você enfrentá o Silver, é lógico (dã!).
  • Egg Empereito Empire - Ao invés de colocarem um dragão mecânico que nem na outra versão, aqui você terá de enfrentar aquele megazord final de Sonic Heroes, só que sem a ajuda do Tails e do Knuckles.
  • Time Eater - A mesma porcaria que já foi dita...

Archie Comics[editar]

A própria capa já é uma afronta ao jogo (imagine como sera o lixo da história)

Como se já não bastasse todo o estardalhaço da Sega para criar esse jogo, a ainda não falida Archie Comics, com sua nóia por desenhar quadrinhos baseados nos games do rato de gel, já foi logo tratando de publicar o mangá de Sonic Generations só que como sempre sem nenhuma ligação exata com o jogo, tanto que colocaram até os Lutadores da Liberdade e os outros Cânons no meio só pra fazer volume nessa budega.

Como já era de se esperar pra uma porrinha mais voltada pro Sonic SatAM, o Sonic dispensou o Tails pra ficar de tocaia no mato com a Sally, enfrentando os mesmo chefões clássicos só que com o triplo do tamanho normal, com a aparição dos Robotniks anteriores (alem do clássico e do atual), com Sonic virando Deus Super Saiyajin entre outras bostas que só mesmo sairia da cabeça (oca) do diretor da Archie Comics.

O Veredicto[editar]

Depois de quase 10-fuck-anos produzindo uma porrada de jogos do azulão que no final só vinham recebendo criticas negativas, uma frustrada tentativa de "volta as origem" pra continuar Sonic 3 & Kunckles, aturando uma mídia-paga-pau-de-Mário que só sabe falar mal da concorrência, alem de meia-duzia de fanboys classicistas querendo comer o rabo da Sega por só produzir jogo do Sonic em 3D, eis que o mundo ficou puto pasmo com o novo título do rato-de-gel, com o Metacritic dando notas que estrapolavam de entre 11/10 á 999/10, fazendo Sonic receber novamente toda fama e fortuna que ele sempre mereceu... ou não.

O jogo saiu pra todos os consoles possiveis, tanto da nova geração quanto das antigas (motivo pelo qual você encontra versão dessa caceta até pra Atari 2600 e Odyssey), e até chegou a concorrer no seu ano de lançamento ao Prêmio Jogo do Ano, mas perdeu pro The Legend of Zelda lançado naquele mesmo ano (afinal, competir com Zelda é foda). No tocante é um jogo que todo gamer-fanboyzista tem em casa, sendo que estes pagaram bem mais caro pra tê-lo que outros gamers, isso porque fizeram questão de pegar a Edição Especial de Colecionador que nada mais é do que o mesmo jogo, só que numa caixa maior e que vem com um bonequinho action figure do Sonic que você hoje em dia pode comprar no Mercado Livre por menos de 10 contos R$ 1,99.

O principal objetivo desse jogo é mostrar a involução evolução de Sonic ao decorrer dos anos
Sonic Generations ganhou o Trofeu Gamístico na categoria Título que salvou a franquia do Sonic Venceu