Spotify

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Ptbosta.gif Este artigo tá uma bostinha.
Ele está pequeno, chato e sem graça. Será que teria alguma alma caridosa capaz de fazer uma boa ação, tipo a de editar e colocar coisas engraçadas, de forma que ele fique mais engraçado e menos idiota? Só tome cuidado porque o Moderador Malvado está de olho em VOCÊ!
Images2332.jpg

Este artigo é sobre mais um daqueles trecos que viraram modinhas na internet.
E as pessoas nem sabem porque usam isso.

Cquote1.svg Você quis dizer: MTV 3.0 Cquote2.svg
Google sobre Spotify
Cquote1.svg Você quis dizer: Espatifou Cquote2.svg
Google sobre Spotify
Cquote1.svg Puxa, até sem internet tem propaganda! Cquote2.svg
Pessoa que se achava esperta, mas se reparou com o capitalismo
Cquote1.svg Esses remix aí é mó bom hein! Cquote2.svg
Tiozão escutando remix do Legião Urbana pela primeira vez

Spotify, ou também "espotifai", é um serviço de streaming de "músicas", podcast, e vídeo, onde todos tem um qualidade bem... duvidosa (para não falar uma qualidade horrorosa ) Spotify é dito como um serviço "freemium", ou seja, um serviço "grátis". Só que não é bem assim, por causa que você tem que ficar ouvindo aquela propaganda ridícula enchendo seu saco para você pagar a bargatanha de quase 30 reais por mês, para uma "melhor experiência".

Logo do aplicativo, mais parecido com um escudo de um time de futebol.


História[editar]

Criado em 15 de maio de 1765, quando Mozart estava sob efeito de caganeira e precisava de que algo tocasse sons em seu banheiro enquanto soltava umas bufas. Então criou Spotify, sons que eram originalmente tocados quando apertava sua descarga eletrônica. Quando a caganeira chegou ao fim, ficou desnecessário o uso do Spotify, então, Mozart vendeu a ideia para uns suecos por um pedaço de pão. Assim, Spotify virou um aplicativo e Mozart padeiro.

Disponibilidade[editar]

Dísponivel em todas plataformas possíveis existentes, da Terra até Marte. Existe para celulares até videogames e televisões. Deve ser muito bom estar jogando e quando morre, passa o refrão o refrão de Bangarang do Skrillex, ou estar assistindo um jogo de futebol e quando o time rebaixa, passar Wrecking Ball da Miley Cyrus. De tantas plataformas, deve ter para torradeiras e fogões também. Tem para descargas eletrônicas, como já citado.

Músicas[editar]

Acessando as músicas mais tocadas no Brasil, tem literalmente Funk e Sertanejo. Dá pra ver como o Brasil está desenvolvido e arruinado bom de cultura. Mas o pior nem é isso, o problema mesmo é aguentar tanto que o Spotify recomenda essas seleções de música. Ainda diz que "provavelmente você vai gostar", e fala que são parecidas com as músicas que escuto, aham, sei.

Podcasts[editar]

cópia da rádio , geralmente possuem várias horas de duração, com uma estimativa de umas 56 horas ou até mais. São diversos assuntos como:

  • Nerd/Geek - feito por anti-sociais, que passam a noite discutindo sobre se a marvel vai lançar um filme sobre o porco-aranha, ou se a xiaomi vai lançar mais um desentupidor 5G com armazenamento de 64gb com uma inteligência artificial inserida, ou algo do tipo.
  • Futebol - geralmente falam sobre o brasileirão. Nele ocorre muita treta e xingamento pra algum jogador aleatório ou pro técnico. Mas isso é só uma parte. O mais engraçado mesmo são os nomes. Como: "JOGADOR X INCOMODA TÉCNICOS BRASILEIROS?", "TÉCNICO X DECEPCIONA, POSSÍVEL SAÍDA?". como percebemos, são sempre títulos onde O CAPS LOCK ESTÁ SEMPRE ATIVO, e sempre termina em interrogação.