Street Fighter EX3

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Virtualgame.jpg Street Fighter EX3 é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Marisa Kirisame lhe lança mais um Master Spark em Touhou 4


Street Fighter EX3
Street Fighter EX3 cover.jpg

Capa do jogo

Informações
Desenvolvedor Larika
Publicador Capcom
Ano 2000
Gênero Luta, Porrada, Cacete
Plataformas PS2 e só
Avaliação 3/10
Idade para jogar Livre

Street Fighter EX3 é um jogo de luta entre bonecos leprosos. Com este jogo fica bem claro e evidente como quando a Capcom põe algo na cabeça vai até o fim com aquela ideia não importa o quão ridícula seja. A Capcom já havia deixado uma empresa de fundo de quintal chamada Larika Games fazer o Street Fighter EX Plus Alpha e o Street Fighter EX2 Plus, viu claramente que aquilo estava uma bosta tantos em questões gráficos como em questão de jogabilidade, e também que ninguém ligava para aquela pá de personagens desconhecidos e desprovidos de carisma, mas mesmo assim a Capcom insitiu e autorizou a criação deste terceiro jogo.

Jogabilidade[editar]

E já existia Tekken 4 nessa época. O jeito que a Larika Games encontrou para tornar esses gráficos toscos atrativos foi deixar a Sakura só de calcinha atochada na buceta.

A desenvolvedora do jogo, a Larika Games, esqueceu-se completamente que em 2000 já existia o PlayStation 2, e acabou sem querer desenvolvendo um jogo de PS1 que precisou ser adaptado às pressas para o PS2. Por isso a jogabilidade de Street Fighter EX3 vai lembrar a de qualquer jogo podre de luta de PS1, tipo um SoulCalibur 1 ou Tekken 2, onde os bonecos quadrados (gráfico de Play1) vão ter uma movimentação imprecisa muito similar à vista no Mineirinho Ultra Adventures.

A novidade é a possibilidade de haver batalhas de dois contra dois. O problema disso é que como há apenas Ryu, Ken, Guile e Zangief de personagens carismáticos nesse jogo, o mais normal é sempre ter 4 personagens idiotas ali. Um movimento que pode ser utilizado é a Apelação, chamada no gameplay de "Critical Parade", quando você chama o parceiro pra cair no dois contra um no adversário.

Personagens[editar]

Os personagens de Street Fighter EX2 estão todos de volta, e a Blair Dame aparece apenas nas versões pirateadas com o nome "Sex Shop Owner Leona Heidern". Os personagens novos mantém o padrão da Larika Games em ter criado apenas uns bostas sem carisma nenhuma, como o Ace que nada mais é que um figurante de Streets of Rage, o Vulcano Rosso que nada mais é que a Rose após mudança de sexo, a Area que é a primeira personagem feminina feia dos jogos de luta e exatamente por isso ninguém a conhece ou se importa com ela, e o Bison branco.