Takeda Shingen

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Samurai x.gif Este artigo é sobre um samurai!

Tire a honra dele vandalizando seu artigo
que ele o retalhará!

Takeda Shingen depois de ser chifrado pela esposa. Repare nas pontas saindo da cabeça dele.

Cquote1.png Meu maior rival Cquote2.png
Uesugi Kenshin sobre Takeda Shingen
Cquote1.png Quem é esse cara? Cquote2.png
Você sobre Takeda Shingen
Cquote1.png Foi mal, papai Cquote2.png
Filho de Takeda Shingen depois de perder várias batalhas e levar seu clã à falência
Cquote1.png Aprendi sobre estratégia com ele... Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Takeda Shingen

Takeda Shingen (ou (武信田玄田信田玄) foi um personagem da História do Japão, ou se preferir, mais um dos daimiôs que brigaram pelo poder durante o período Sengoku, usando seus capangas para sair matando qualquer um que esteja na frente. Ele consegue vitórias, mas depois perde definitivamente. É conhecido como General mais poderoso do Japão. Assim, ele faz guerras a vida inteira apenas para seu filho perder tudo em 1 só dia (trabalho de mais de 30 anos jogado fora em 1 dia). Foi só papai sair de perto que a casa desmoronou.

Nome[editar]

Takeda Shingen não nasceu com esse nome. Quando ele veio ao mundo, seus pais lhe deram o nome de Tarō, mas fala sério quem sairia na rua com um nome desses. Os historiadores não conseguem compreender como é que o garoto foi batizado com esse nome. Se ele fosse de uma família pobre, tudo bem. Mas Tarō Takeda Shingen nasceu em uma família rica, e não uma que fingia ser rica. Ele era ridicularizado pelos colegas por causa desse fardo, até chegar a um ponto em que ele decide trocar de nome, então mudou seu nome para Sun Tsu, mas devido a problemas com direitos autorais acabou se tornando Takeda Shingen.

Vida[editar]

Infância[editar]

Shingem e seu rival brigando e fazendo poses esquisitas. O da esquerda parece até um dos Power Rangers.

Takeda Shingen era o primeiro filho do chefe do clã Takeda, que dominava uma província do Japão. Isso era praticamente uma garantia de uma vida sem esforços, onde ele não precisaria estudar que nem um nerd para passar no vestibular e ser alguém, pois ele passaria seus dias lutando e guerreando, ou melhor, mandando seus subordinados lutarem para ele, enquanto o rapaz via a batalha, e de as vezes entrava nela também.

Na juventude, ele vira um poeta, e em vez de pegar numa katana e dilacerar seus inimigos ou espiar as gueixas tomarem banho, ele passa os dias fazendo porra nenhuma olhando a natureza para escrever poemas. Seu pai, com medo de que isso o tornasse gay, o obriga a ajudá-lo nos deveres de daimiô. Aparentemente ele tem sucesso, porém seu filho, como todo adolescente cheio de espinhas, se revolta contra o pai porque ele não aceita suas opiniões[1].

O pai de Shingen, vendo que não poderia deixar seu clã ser controlado por um jovem rebelde, planejou passar sua herança para o filho mais novo. Mas Shingen não queria perder a herança do pai para um pirralho, então ele entra com um processo na justiça. Ele ganha e recupera os bens da família. Seu pai teve que dar o controle do clã para o filho, que agora era o chefão da família.

Ainda durante a sua juventude foi influenciado por um livro de um chinês que escrevia sobre guerras e achou que isso poderia lhe ajudar no seu posto de daimô, mas acabou sendo acusado de plágio e quase levou a família a falência.

Guerras[editar]

Japoneses anônimos fazendo cosplay dos soldadinhos de Takeda.

Takeda Shingen adorava War, e quando tomou o controle do clã Takeda, a primeira coisa que fez foi fazer uma partida com outros daimiôs. Como naquela época todos matavam todos, ele também quis entrar nesse jogo. Usando seu exército de puxas-sacos[2], o cara destruiu os exércitos adversários e conquistou vários territórios graças ao seu domínio da arte da estratégia, tendo como seu maior discipulo um capitão do BOPE cujo nome não me lembro.

Uesugi Kenshin, outro jogador experiente de War, se tornou o maior rival do Takeda. Então, começa uma alucinante aventura com uma galerinha da pesada que vai aprontar muita confusão, com os dois se desafiando a todo momento para ver quem tinha a armadura mais ridícula legal. Shingen ganha as batalhas, mas o mais importante foi o entretenimento do público que assistia a disputa. Há relatos de que João Havelange começou sua carreira durante estas batalhas vendendo plaquinhas patrocinadas de Miojo e vendendo churrasco de gato para os que ficavam para assistir.

Morte[editar]

Segundo os relatos oficiais, Takeda Shingen morreu doente. Mas especialistas em conspirações dizem que ele foi morto a mando de Kenshin. Depois da morte dele, seu filho herda o clã, mas ele faz muita besteira, perdendo várias batalhas e ferrando com sua família e com o trabalho do pai, que provavelmente virou um fantasma para assombrar o filho perdedor. Outra versão sobre a suposta morte de Shingen é que ele teria assasinado um ninja e tomado seu lugar, ao chegar na aldeia onde o ninja vivia teve que treinar um pirralho e para surpresa de todos ele consegue ensinar alguma coisa a ele, a história fez tanto sucesso que originou um mangá e um anime, que ele queria que fosse chamado de "Shingen e seu discípulo" mas como ele estava disfarçado acabou ficando Naruto mesmo.

Notas[editar]

  1. crise de adolescente
  2. Como ele era de um clã famoso, muita gente queria ganhar a simpatia dele para ter alguma influência
v d e h
Samurai Warriors logo.jpg