Tales of Innocence

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Tales of Innocence é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Lara Croft consegue mais uma relíquia.


Tales of Innonence of Shotacons
Tales of Innocence.png

Capa do jogo

Informações
Desenvolvedor Alfa System
Publicador Manco
Ano 2007
Gênero RPG com muita conversa
Plataformas Nintendo DS
Avaliação 4/10
Idade para jogar Livre

Tales of Innocence (língua portuguesa: Contos da Inocência) é um jogo de RPG desenvolvido por uma empresa de fundo de quintal chamada Alfa System e distribuído pela Namco, que integra o catálogo de jogos da série Tales of, famosa por abordar temas polêmicos, neste jogo não fugiu dessa temática e fala sobre pedofilia e dúvidas da puberdade, trazendo um elenco de garotinhos e garotinhas juvenis ao lado de velhos pervertidos.

Jogabilidade[editar]

Seguindo a tendência de qualquer outro jogo da série, Tales of Innocence consiste em você controlar um shotacon e explorar cenários incrivelmente mal renderizados evitando ser estuprado por animais selvagens que perseguirão seu cu até o inferno se for possível. Uma vez que tais animais consigam encoxar o personagem principal abre-se uma tela de combate onde será concedido ao jogador a chance de se defender do estupro.

O combate é simplificado, você precisa apenas ficar apertando repetidamente o mesmo botão e todos os monstros serão mortos automaticamente. Como os inimigos são infinitos os produtores não viram sentido em haver muito desafio nos combates, embora seja possível escolher dificuldades mais desafiadoras para o caso do jogador estar querendo testemunhar seus shotacons serem impiedosamente sodomizados por corujinhas, peixinhos, slimes, pintinhos e uma pouca variedade de inimigos fofos.

Enredo[editar]

O jogo conta o drama de um shotacon de nome Luca Milda que vive numa ilha repleta de pessoas de mente doentia e pervertida (o Japão) que graças ao espiritismo agora conseguem colocar a culpa de todos os problemas do mundo e também da solução de todos os problemas do mundo na reencarnação. Agora pedófilos podem usar o argumento de que suas vítimas na verdade tem uma alma antepassada de centenas de anos de idade que viveu num outro mundo de libertinagem e putaria chamado Divaloka e que portanto não há mal algum em abusar de garotinhos juvenis ainda nem pelos pubianos ao redor de suas joviais genitálias. Luca Milda chega a ser mandado para um show funk onde pessoas estão rebolando até o chão na frente de crianças inocentes, mas ele e mais dois amigos conseguem fugir dali. A partir de então Luca e seus amigos vão viajar por um mundo repleto de pedófilos, precisando desvendar muitas malandragens de pedófilos, desde o singelo docinho oferecido até o inocente colo do Papai Noel pauzudo, escapando de todas armadilhas. Um jogo altamente educativo.

A grande vilã é uma dominatrix chamada Mathias. Ela é uma sádica com altíssimo fetiche por bumbuns branquinhos de jovens crianças e está sempre carregando um dildo de 2 metros que usa para abusar de suas crianças. Mas ela acaba eventualmente vencida e capturada pela Polícia Federal.

Personagens[editar]

  • Luca Milda - O shotacon protagonista e fio condutor de toda história, ele está cansado dos constantes abusos aos quais shotacons de todas espécies são submetidos. Ele não tem culpa de ter um bumbum lisinho e um pênis que ejacula com relativa facilidade, ele sonha em ser respeitado e por isso vai partir numa jornada de extermínio de pedófilos. Em determinado momento ele percebe que só vai conseguir extirpar o mal desse mundo se fundir o mundo real ao mundo da fantasia, e com a ajuda dos amigos ele consegue o feito.
  • Iria Animi - Lolicon vinda da roça que nunca foi abusada por ninguém porque é chata demais até para isso, mas ela simpatiza por Luca e seus ideais, por isso decide ajudar, embora seu antepassado seja o de um traidor ela resiste ser uma filha de uma puta no final.
  • Spada Belforma - Shotacon trap cujas duas espadas que carrega simbolizam o fato de que ele corta para os dois lados. Ele é a reencarnação de um brinquedo sexual utilizado por Asura, por isso ele é o mais sequelado da equipe.
  • Ricardo Soldato - Adulto que inicialmente tenta estuprar Luca Milda a todo instante, até que acidentalmente pingou no próprio pênis o Lico de Cair Pinto e agora não pode mais usufruir de sua genital, por isso se torna outro homem e passa a ajudar Luca.
  • Ange Serena - Uma tímida amante de shotacons que precisou recorrer ao plano mais ardiloso possível para se rodear de menores de idade. Ela virou dona de um orfanato e age acima de qualquer suspeita, resgatando garotos de rua, rodeando-se de garotinhos juvenis.
  • Hermana Larmo - A garota tomboy que para sobreviver como mendiga se comporta feito um garoto a todo instante.
v d e h
Tales logo.png