Tarquin Fin-tim-lin-bin-whin-bim-lim-bus-stop-F'tang-F'tang-Olé-Biscuitbarrel

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Biscuitbarrel na noite em que foi eleito prefeito de Luton.
No Wikipedia.png QUEBRARAM A CARA!

Os espertalhões da Wikipédia NÃO têm um artigo sobre Tarquin Fin-tim-lin-bin-whin-bim-lim-bus-stop-F'tang-F'tang-Olé-Biscuitbarrel.

Tarquin Fin-tim-lin-bin-whin-bim-lim-bus-stop-F'tang-F'tang-Olé-Biscuitbarrel é um político inglês do Partido Bobo (Silly Party) que, após um curto período como prefeito da cidade de Luton em 1970, largou tudo para viver como vendedor de SPAM na costa do país. Durante seu governo foram implantadas medidas polêmicas, como a instalação de dentes nas caixas de correio para evitar roubos (o que fez com que muitos cidadãos levassem mordidas ao depositar uma carta) e o programa Adote um Elefante, para acabar com os elefantes abandonados na cidade (e, realmente, jamais foi encontrado nenhum durante todo o governo de Biscuitbarrel, fazendo com que o programa fosse considerado um sucesso).

Biografia[editar]

Biscuitbarrel (ao centro) na escola, com alguns de seus cabos eleitorais.

Único filho de Hannah Paul e Paul Hannah, Tarquin Fin-tim-lin-bin-whin-bim-lim-bus-stop-F'tang-F'tang-Olé-Biscuitbarrel nasceu em Luton, na região central da Inglaterra, em 1934. Segundo seus pais, desde cedo ele tinha grande talento para a liderança, tendo sido eleito representante de turma nove vezes consecutivas entre o jardim de infância e a alfabetização. Seus planos de ser novamente reeleito foram interrompidos pela diretora da escola, que o expulsou de lá por achar que um garoto de 13 anos não poderia mais estar na classe de alfabetização.

Apesar desse duro golpe, Biscuitbarrel não se abalou. Em sua nova escola, voltou a trabalhar na política estudantil e, ao sair de lá, em 1964, ficou sem saber o que fazer, já que não havia mais turmas que representar. Pouco depois, no entanto, foi convidado por seu antigo colega Garry Larry Barry Harry Terry Merry Christmas and a Happy New Year para se filiar ao Partido Bobo, que começava a crescer na Inglaterra. Assim, depois de um treinamento rápido em Política Aplicada, Tarquin Fin-tim-lin-bin-whin-bim-lim-bus-stop-F'tang-F'tang-Olé-Biscuitbarrel candidatou-se a prefeito de Luton em 1970.

Campanha[editar]

Imitação de baleia feita por Tarquin Fin-tim-lin-bin-whin-bim-lim-bus-stop-F'tang-F'tang-Olé-Biscuitbarrel que lhe rendeu, além da eleição, uma proposta para trabalhar no Sea World.

Tendo como vice Dennis Moore, Dennis Moore, Dennis Moore, lá lá lá lá e concorrendo contra Alan Jones, do Partido Sensato, e Kevin Philips-Bong, candidato independente da facção Levemente Boba, Tarquin Fin-tim-lin-bin-whin-bim-lim-bus-stop-F'tang-F'tang-Olé-Biscuitbarrel conduziu o que chamou de Campanha Limpa: toda vez que via um partidário dos outros candidatos, jogava neles um balde de água com sabão. Dessa maneira, Biscuitbarrel conseguiu convencer muita gente a mudar de voto. Seus opositores até pensaram em protestar, mas como corriam o risco de perder a calma se o fizessem, preferiram manter a linha.

Cquote1.svg Protestos não caem bem com chá Cquote2.svg
Alan Jones, do Partido Sensato, sobre reclamar das atitudes de Biscuitbarrel

Segundo os analistas políticos, a vitória de Tarquin Fin-tim-lin-bin-whin-bim-lim-bus-stop-F'tang-F'tang-Olé-Biscuitbarrel já podia ser dada como certa depois do debate na Universidade de Luton, onde ele fez a melhor imitação de baleia entre os três candidatos. A partir daí, seus assessores de campanha passaram a utilizar o vitorioso slogan "Se eles não sabem fazer nem uma imitação, você acha que vão saber fazer uma escola?", considerado por muitos uma das melhores peças de propaganda política da história.

Assim, em 3 de novembro, Biscuitbarrel foi eleito com 12.441 votos. Alan Jones ficou em segundo, com 9.112 e Kevin Philips-Bong, que mais tarde assumiu ter esquecido do dia da eleição, terminou com zero.

Governo[editar]

A ponte construída em Luton. Repare que ela tem rodinhas para que quem mora sob ela possa girá-la para melhor se proteger do sol.

Tarquin Fin-tim-lin-bin-whin-bim-lim-bus-stop-F'tang-F'tang-Olé-Biscuitbarrel assumiu o cargo em 2 de janeiro de 1971 já tomando uma série de medidas, pois queria um terno novo para desempenhar sua função. Assim que saiu de seu alfaiate, começou a elaboração de seu programa de governo, que ainda não havia sido concluído -- na verdade, o único programa que Biscuitbarrel tinha era um de auditório, o que foi também fundamental para sua eleição.

Assim, em março daquele ano, o novo prefeito começou a trabalhar fazer suas coisas: além do que já foi dito no primeiro parágrafo deste artigo e que não vou repetir aqui só por causa de gente preguiçosa como você, ele também tornou-se famoso por construir, no centro de Luton, uma ponte -- sendo que não há nenhum rio, lago ou mar por perto. Quando perguntado sobre o motivo da obra, Tarquin Fin-tim-lin-bin-whin-bim-lim-bus-stop-F'tang-F'tang-Olé-Biscuitbarrel disse que a ponte era parte de seu programa de moradias populares, que trazia para a região central da cidade as famílias que de outra maneira teriam que viver na periferia e fazer parte do programa da Regina Casé.

No Natal de 1971, Biscuitbarrel foi responsável, sozinho, por aumentar em 92% a população hospitalar da cidade, pois decretou que os sinais de trânsito passassem a piscar aleatoriamente para somar-se à decoração natalina. Para não prejudicar sua imagem, o prefeito distribuiu para todas as famílias uma cesta de café da manhã contendo panetones, rocamboles e um anão usando uma camiseta "Me Perdoa?" Os cidadãos, como não podia deixar de ser, ficaram comovidos com um presente tão fofo e desculparam o prefeito.

De como Tarquin Fin-tim-lin-bin-whin-bim-lim-bus-stop-F'tang-F'tang-Olé-Biscuitbarrel encheu o saco de ser prefeito e resolveu fazer outra coisa, que não será revelada neste momento para não correr o risco, já bem alto, de que esse subtítulo fique muito grande e cansativo de ler até o final[editar]

Menos de dois anos depois de ter sido eleito, Tarquin Fin-tim-lin-bin-whin-bim-lim-bus-stop-F'tang-F'tang-Olé-Biscuitbarrel desistiu de ser prefeito e resolveu fazer algo mais interessante. Num dia 1 de abril, convocou uma entrevista coletiva para anunciar que se afastaria do cargo e o deixaria nas mãos de sua vice e cobra de estimação Naja Comaneci, o que causou muita estranheza já que, como se sabe, cobras não têm mães mãos.

No dia seguinte, no entanto, Biscuitbarrel resolveu convocar nova entrevista para dizer que tudo havia sido uma brincadeira de primeiro de abril, mas a nova prefeita não permitiu, ameaçando envenenar seu antigo dono. Magoado, ele arrumou suas coisas e partiu para as praias da Inglaterra, onde pode ser até hoje encontrado vendendo SPAM e papagaios mortos no litoral. Ele se recusa a falar de sua carreira política, limitando-se a dizer que sua ex-companheira é "uma cobra".

Veja também[editar]