Lonomia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Taturana)
Ir para: navegação, pesquisa
CUIDADO CONTEÚDO CABELUDO


Leia o temos pra depois dizer que morreu do coração


O conteúdo que você está prestes a ver foi identificado como contendo material para adultos, que pode não ser apropriado para todos os usuários. Antes de exibir esta página apresentando conteúdo para adultos - você deve ler e concordar com o seguinte:

1. Você tem 18 anos ou mais e leu e compreendeu este Acordo de conteúdo para adultos da taturana assassina

2. Você está ciente que é proibido exibir este conteúdo às crianças e adolescentes, nos termos da Lei 8.069/90 - Estatuto da Criança e do Adolescente;

3. Você compreende que as discussões e postagens em uma comunidade com Conteúdo para adultos podem envolver linguagem, conteúdo, imagens e temas de natureza polêmica, que somente pode ser lido por adultos;

4. Você compreende que todas as publicações refletem os pontos de vista dos autores e não são os pontos de vista do site; taturana assassina



Uma coburana cabeluda


Cquote1.png Ai socorro uma tarutana me sapecou Cquote2.png Cquote1.png O amor hoje quero comer sua taturana! Cquote2.png Cquote1.png Que bigode feio é esse? Cquote2.png Cquote1.png Não é bigode é uma taturna Cquote2.png Cquote1.png Que isso? Cquote2.png Cquote1.png É um pedaço de pau peludo andando! Cquote2.png Cquote1.png Não, é o cabelo do meu sovaco raspado Cquote2.png

Uma espécie comum de suvacorana selvagem brasileira

Introdução[editar]

A taturana é uma bicha preta e cabeluda, elas tem um formato roliço e bem peluda e preguiçosa, as taturanas são muitos manhosas quando estão no seu período de acasalamento, fazem maior reboliço quando chega o orgasmo total, no final a de seis dias à fêmea Taturana engravida do Taturano macho e nasce um monte de taturaninha sapeca.

Outra coisa que a taturana faz é sapecar o cabelo dela nos outros bichos, quando atacam outras espécies, sua defesa é um poderoso entra em ação; “o sapecador” o sapecador da taturana exala um veneno poderoso que vaza de seus lindos cabelos... igual aos cabelos da índias e seus cabelos.

Evolução[editar]

Um bigodurana indiana muito famosa em tele-novelas

Sua evolução foi dolorosa, isso porque as primeiras taturanas da era mezarcadoica ainda eram carecas e passavam muito frio, metade de sua espécie foi extinta na era glacial devido a mudanças climáticas.

Cquote1.png Curses! Let's Smurf! Cquote2.png
Smurf

A descoberta de uma espécie rara e extremamente venenosa de taturanas numa residência localizada no Brasil, na amazoniana , deixou as autoridades sanitárias do Estado em alerta. Segundo os especialistas, taturana provoca sapecadeira quando encosta na pele humana,geralmente as queimaduras são de 5º e 6º graus deixando a pele igual torresmo suíno o registro das taturanas assassinas na região comprovaria que o desequilíbrio ambiental e é responsável por problemas sérios, como a proliferação da temida espécie, mas isso é mentira, pois a taturana nunca sai de dentro da calcinha quando a gente que vê-la


A lenda da Taturana Cabeluda e sua buceturana bem da cabeluda!

A lenda da Taturana Cabeluda[editar]

A lenda da Taturana Cabeluda surgiu em Recife,Pernambuco, na década de 1970, sem que ninguém saiba precisar quando isso realmente aconteceu. Afinal de contas, lenda é lenda, não tem pai, nem mãe, nem certidão de nascimento, nada, afinal, que possa comprovar quando, onde e como começou a ser falada. Apenas aparece, vai aos poucos se tornando conhecida de mais e mais gente, e quando menos se espera lá está ela incluída no folclore de algum lugar. Pois a história da Taturana Cabeluda passou pelo mesmo processo de divulgação popular, foi mencionada em letras musicais, serviu de tema em literatura de cordel e filme, comentada em rádio e serviços de alto-falante, ganhou fama e tornou-se conhecida. Resumindo, caiu na boca do povo.

Muitas são as explicações sobre a origem da lenda. Uma a vincula ao achado de uma prexeca humana cabeluda que se encontrava boiando no rio Capibaribe, caso que por não ter sido solucionado pela polícia transformou-se em prato cheio para a imprensa. Que inicialmente alimentou a esperança de encontrar alguém capaz de clarear o assunto, e por isso perguntou em suas páginas: De onde veio a prexeca? De quem era ela? Como foi parar no rio? Quem a amputou? Mas em vão...

Surgiu então a proposta da criação de versões fantasiosas, sensacionalistas, porque, afinal de contas, o jornal precisava atrair a atenção de alguma forma, para poder vender seus exemplares. Foi quando se começou a dizer que a perna mal-assombrada corria atrás das pessoas nas ruas da capital pernambucana, tudo avalizado pelo depoimento de “testemunhas” que afirmavam terem sido perseguidas por ela. E assim continuou sendo feito por algum tempo, até que a brincadeira cansou, e com isso os relatos sobre a perna cabeluda foram suspensos. Mas o povo não a esqueceu a grande taturana cabeluda que na verdade era um prexeca ambulante de uma antiga puta que cobra 5 paus o boquete!

um belo dia um cliente passou pimenta na rola sapecando a taturana por completo, depois disso ela passou assombra a comunidade.

"Este esboço é fraco. Você pode ajudar o artigo
dando Biotônico Fontoura a ele .

Ver também[editar]