Tebas (Egito)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Tebas, primeira cidade no mundo aonde surgiram as piriguetes.

A Antiga Tebas e sua Necrópole é como são chamado hoje um conjunto de ruínas e areia que foram uma antiga e bem sucedida cidade localizada em algum local misterioso no deserto egípcio.

História[editar]

A cidade deserta em ruínas de Tebas fica localizado em um ponto secreto do Rio Nilo, estrategicamente posicionado para fazer do Egito a potência mundial, a cidade era local ideal de discrição para ocultar as práticas de escravidão de hebreus que muito ocorria e era proibida pois o Império Romano estava com políticas liberais em pauta e podia dar problema.

Durante muito tempo foi a capital do Egito, e Tebas era o local aonde o faraó ficava vadiando abusando de servos. Na época da regência de Tebas, a construção de pirâmides estava em baixa, então ao redor da cidade se encontram apenas estátuas faraônicas que desafiam a lógica da arquitetura e túmulos ornamentados com escaravelhos.

O Portão do Deus Amon, alinhado com o solstício de inverno e o equinócio de primavera em relação ao Cruzeiro do Sul e a Ursa Maior respectivamente.

A cidade homenageia o Grande Deus Amon, o deus da força criadora da vida vida, ou seja, o deus da putaria. Tebas no Egito foi o precursor dessa cultura na África (faltou inventar a camisinha). Tebas foi a cidade aonde havia as primeiras casas aonde mulheres ganhavam a vida de modo fácil em toda a África e até mesmo em todo o mundo (estudos credenciam que já haviam puteiros no Japão, na República Checa e no Brasil nessa mesma época apenas).

Tebas com o tempo foi sendo desabitada a medida que o povo egípcio que é nômade e avançava para o norte, ia abandonando as ruínas. Tebas já deserta foi descoberta e habitada pelo grupo de bandidos tuaregues liderados por Homer, o Poeta, que durante muito tempo assaltavam nas localidades egípcias.

Atualmente surgiu uma cidade das dunas ao lado de Tebas, de nome Luxor.

Patrimônio Mundial[editar]

Necrópole[editar]

Tebas ainda é uma cidade macabra, cheia de tumbas espalhadas e assombrações. Apesar do grande número de esqueletos, a proporção de maldições é baixa, pois essa técnica de benzer os mortos na época de Tebas ainda não era muito difundida.

Necrópoles Reais[editar]