Teia, rei dos ostrogodos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mafiapre.jpg PORCA MISÉRIA!!

Questo articolo è 100% made in Italia ed è sotto il controllo di Cosa Nostra! Perciò sta' bene attento a dove metti le tue manacce zozze o i nostri amici verranno a casa tua per spezzarti le gambine!

Este artigo é relacionado à história.

Lembre-se que a Igreja Católica fodeu o progresso durante 1000 anos.

40967074 nikita.jpg
Teia descendo o banhammer

Teia, rei dos ostrogodos, também conhecido como Theia, Teja, Teje preso meliante, Thila, Thela ou Tetéia, foi o último rei do que sobrou dos ostrogodos (o rly?), aquele povo imponente e impotente que preencheu o espaço na Itália depois dos romanos e antes dos bizantinos, mas que naquele momento já estava fazendo hora extra na Terra. Mandou nos carcamanos por um ano, porém sua teia mortal não foi páreo para Justiniano que o dedetizou de vez, conquistando assim uma vitória decisiva para o lado emo nas Guerras Góticas do século 5.

História[editar]

Filho do general Arachinidus, Teia desde pequeno já demonstrava seus poderes artrópodes. Quando adolescente, foi picado por uma aranha contaminada com a peste Opa isso foi clichê demais, vamos para o próximo parágrafo...

Teia era um mero oficial militar ostrogodo sob comando do rei Tetinha. Não era lá um belo fazedor de teia, apenas um projeto de aranha no casulo. Mas durante uma de suas guerras, Tetinha sofreu um peitinho em batalha e o ataque foi tão forte que ele acabou peidando pra muzenga e como não havia mais ninguém que se habilitasse a costurar uma saída, Teia foi escolhido como seu sucessor, finalmente ganhando sua roupa preta que o tornava um ostrogótico legítimo.

Infelizmente nessa época os bizantinos estavam a todo vapor na reconquista da península itálica, e Teia pegou a batata já assando. Encurralado, ele foi para o sul da Itália onde conseguiu apoio de +4 exércitos, porém, seu esforço não foi páreo para ampliar sua teia de contatos e foi engolido vivo.

Na Itália seu reino teve fim quando os ascendentes de Vacão deram fim ao seu reino. Teia foi desmembrado fio a fio pelos lombardos, continuando o massacre bizantino estacamáquio pinto.

Legado[editar]

Por ter sido o último dos reis aracnogóticos, seu legado foi um pouco triste. Os bizantinos e os lombardos dominaram todo o reino de Teia da mesma forma que um camaleão dominaria uma colônia de armadeiras, se é que aranhas formam colônia, mas a ideia é essa.

Seu legado foi tão destruído que até pra achar informação ou imagem sua em sites de busca é complicado, tamanha a danação da memória que os bizantinos e os lombardos deram em suas conquistas.

Ver também[editar]


Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!