Tomacco

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Fazendo mingau.jpg Este é um artigo gastronômico.

Léo Stronda garante: "Lê esse artigo que cê vai se dar bem, confia no monstro!"


Htret.JPG Tomacco dá um tapa na pantera!

Por isso ninguém entende o que ele(a) diz!

Clique aqui se você quiser dar um tapa também.

Veja, caro leitor, como esta mierda vicia.

Tomacco, também conhecido como tabate (do inglês tomacco, mistura de tomato com tabacco) é um fruto de uma planta da espécie Tomaccus fumantis. Tem por principais características viciar as pessoas que comem-na, deixando-as dependentes fruto-tabacais.

Surgimento[editar]

O Tomacco surgiu em meados dos anos 90, sendo criado por um pesquisador "nucleonar" e filósofo norte-obesiano chamado Homer J. Simpson de forma totalmente acidental. Depois de fugir à luta contra um varão que o havia desafiado em Springfield, fugiu para uma pacata fazenda no doce lar do Alabama, que pertencia ao seu pentavô.

Nessa fazenda, após sofrer alguns desentendimentos com tratores, Homer decidiu que iria plantar no seu vasto terreno maravilhosos tomates. Percebendo que a monocultura nunca levou o homem à nada, plantou também empolgantes tabacos, para produzir um fumozinho esperto.

Vendo que suas plantações cresciam tão rápido quanto o valor dos dólares zimbabuanos, Homer se decepcionou a ponto de querer voltar para Springfield, onde o tal varão provavelmente não estaria mais esperando pelo duelo. Porém, avisado pelo bigodudo idiota, Simpson ficou sabendo que o varão ainda esperava pelo obeso na porta da casa deste. Assim, tornava-se inviável o retorno para a cidade natal.

Após conversas e um pouco de cópula com sua esposa Marge Simpson, o gordo lembrou-se que era um engenheiro nucleonar, e assim poderia bolar alguma solução para que suas plantações crescessem. Afinal, era a sua sobrevivência que estava em jogo (apesar de Homer ter muita comida reserva dentro de seu organismo.). Pesquisou junto com Lenny e Carl maneiras possíveis de fazer crescer as malditas plantas. A resposta era óbvia: barras de plutônio! O sucesso é tão grande que Até a Cindy Campbell Come essa Merda

Ver também[editar]